fbpx

domingo, 26 de setembro de 2021

Fusão entre Solar e Grupo Simões vai expandir Coca-Cola a 70% do país

A incorporação ao Grupo Simões viabilizará atendimento a uma população de aproximadamente 75 milhões de habitantes nas regiões Norte, Nordeste e parte do Centro Oeste.

29 de julho de 2021

Compartilhe

Solar incorpora Grupo Simões e passa a cobrir 70% do país. (Foto: Reprodução)

A Solar Bebidas, segunda maior fabricante e engarrafadora da Coca-Cola no Brasil, assinou acordo para incorporar o Grupo Simões, também fabricante e engarrafador do sistema Coca-Cola, na região Norte. A fusão vai expandir a distribuição dos produtos, com atendimento a 70% do território nacional. O valor do investimento não foi informado.

A incorporação das operações do Grupo Simões viabiliza o atendimento a uma população de aproximadamente 75 milhões de habitantes nas regiões Norte, Nordeste e parte do Centro Oeste.

A Solar passa contar com 12 fábricas e 42 centros de distribuição que vão atender a mais de mais de 370 mil pontos de vendas. Anteriormente, a empresa contava com nove fábricas e 34 centros de distribuição. O quadro funcional aumentará de 12 mil para 15 mil colaboradores.

A Solar informou que as operações a partir das instalações anteriormente administradas pelo Grupo Simões acontecerão assim que os procedimentos de aprovações legais e regulatórias sejam concluídos.

“Esse é um acordo estratégico para a continuidade da trajetória de crescimento e expansão da Solar. A operação será efetivada após uma série de condições precedentes usuais neste tipo de acordo serem atendidas, bem como as devidas aprovações legais e regulatórias”, informou a empresa.

A Companhia estima que terá uma receita líquida combinada de aproximadamente R$ 6,5 bilhões e EBITDA de mais de R$ 1 bilhão, antes de sinergias, com base nos números das empresas em 2020.

Sobre as empresas

A Solar, fundada em 2013 como resultado da fusão das empresas Norsa, Renosa e Guararapes, é a segunda maior fabricante do Sistema Coca-Cola no Brasil e uma das 20 maiores no mundo, produzindo e distribuindo produtos em todos os estados do Nordeste, Mato Grosso e parte do Tocantins e Goiás. Com capacidade para produzir mais de três bilhões de litros de bebida/ano.

O Grupo Simões conta com 17 divididas em três segmentos: bebidas, gases e veículos. No setor de bebidas, o grupo fabrica e distribui produtos Coca-Cola desde 1970, à região Norte. O grupo atende a cerca de 50 mil clientes diretos, conta com três fábricas e sete centros de distribuição localizados nos estados do Pará, Amapá, Acre, Rondônia, Roraima e Amazonas, onde gera mais de 3 mil empregos diretos.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Municípios receberão R$ 423 mil como auxílio por desastres naturais

São Sebastião do Uatumã terá R$ 333,7 mil para a compra de alimentos e de kit de limpeza. Já Careiro da Várzea terá R$ 89,4 mil para serviços de limpeza em áreas urbana.

25 de setembro de 2021

Entenda o que vai mudar com a chegada da tecnologia 5G ao Brasil

Veículos autônomos, sensores de saúde, estações meteorológicas, fábricas remotas, cirurgias remotas, registros de água, luz, telefone serão realidade com a 5G.

25 de setembro de 2021

Concurso público para Caixa encerra as inscrições nessa segunda-feira

Caixa oferecerá 28 vagas para aprovados trabalharem em agências do Amazonas. Inscrições podem ser feitas no site da Fundação Cesgranrio na internet.

25 de setembro de 2021

‘Teto’ do Casa Verde e Amarela sobe 10% e dá ‘fôlego’ às construtoras

Segundo o Sinduscon, o reajuste destinado ao Amazonas não acompanha os custos das despesas na totalidade, mas minimiza uma distorção decorrente da alta dos preços.

25 de setembro de 2021

CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013

Para 2021, a expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento sazonal de fim de ano. Segundo previsão da CNC, as vendas deverão crescer 3,8% no Natal.

24 de setembro de 2021

Índice de Preços ao Consumidor tem variação de 1,14% em setembro

Com isso, o IPCA-15 apresenta a maior variação mensal desde fevereiro de 2016, quando encerrou em 1,42%. Variação mensal deste mês foi a maior para setembro desde 1994.

24 de setembro de 2021

Preços de mercadorias e combustíveis pressionam os pequenos negócios

De acordo com a 12ª edição da Pesquisa de Impacto da Pandemia nos Pequenos Negócios, realizada pelo Sebrae em parceria com a FGV, esses são os principais gastos das empresas.

24 de setembro de 2021

Mentoria ‘Gestão 4.0 Amazônia’ foca em empresários e executivos

Evento, que acontece nos dias 1° e 2 de outubro em Manaus, tem como objetivo elevar a capacidade técnica e as habilidades de empresários e altos executivos da cidade.

24 de setembro de 2021