fbpx

sexta, 23 de julho de 2021

Estudo de mercado pode ditar rumo das exportações no Amazonas

Segundo especialistas, o surgimento da Austrália como principal comprador de motos do PIM, em maio, pode ser resultado de estratégias de mercado para a expansão comercial.

4 de julho de 2021

Compartilhe

Pela primeira vez, Austrália apareceu como principal comprador de motos (Foto: Reprodução)

Estudos desenvolvidos pelas fabricantes do polo de duas rodas, voltados à expansão a novos mercados, começam a apresentar resultados e consequentemente, contribuem para a diversificação nas exportações do Amazonas. Essa é a análise de representantes dos setores econômico e de relações internacionais, do estado.

A avaliação teve como base o resultado da Balança Comercial do Amazonas, divulgada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), que aponta pela primeira vez a Austrália como o principal destino para o envio de motocicletas, no mês de maio.

Nos períodos anteriores, a Argentina costumeiramente aparecia como o principal país comprador das motocicletas fabricadas no Polo Industrial de Manaus (PIM).

De acordo com o presidente do Conselho Regional de Economia do Amazonas (Corecon-AM), Martinho Luís Gonçalves Azevedo, a aparição da Austrália como o principal destino das exportações de motos pode ser justificada pela preocupação das fabricantes em traçar estratégias para expandir as comercializações.

“É um comportamento natural do mercado. As empresas sempre buscam melhorar seus produtos para serem cada vez mais competitivas e atingirem novos mercados. Possivelmente, as empresas, que são multinacionais, entenderam que deveriam concentrar produção e fornecimento a partir de Manaus, com foco em atendimento a nova demanda”, analisou o economista.

“Quem sabe se os produtos anteriormente não eram enviados a partir de outras unidades, instaladas em outros países? E após levantamentos, verificaram que seria mais vantajoso distribuir a partir do Amazonas”, completou.

Mercado em desenvolvimento

De acordo com o gerente executivo do Centro Internacional de Negócios da Federação da Indústria do Estado do Amazonas (CIN/Fieam), Marcelo Lima, o resultado da Balança Comercial do estado mostra que as empresas estão conseguindo diversificar os destinos das exportações, o que segundo ele, confirma que o mercado está em desenvolvimento.

“O resultado apresentado pela balança foi significativo. A Austrália sempre comprou motos, principalmente da Moto Honda, mas agora ocorreu em maior volume. Se trata de diversificação dos destinos das exportações das montadoras do PIM. É algo interessante porque mostra que o mercado está em franco desenvolvimento e há tendência de melhores resultados para os próximos meses para países da América do Sul”, disse.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

CNI: pandemia ainda afeta oferta e custo de matérias-primas da indústria

De acordo com pesquisa da Cofederação Nacional da Indústria, 68,3% das fábricas alegam que efeitos da pandemia de Covid-19 têm impactado a oferta de insumos para o setor.

23 de julho de 2021

Receita libera consulta a 3º lote de restituição do Imposto de Renda

De acordo com a Receita Federal, esse será o maior lote de restituição da história em número de contribuintes. Ao todo, 5.068.200 contribuintes receberão R$ 5,8 bilhões.

23 de julho de 2021

Seminário online discute bioeconomia e inovação na Amazônia

Evento será promovido pela AmazonProject e pelo Sebrae-AM e conta com uma intensa programação com master class, mini oficinas, apresentação de cases e painel de debates.

23 de julho de 2021

Amazonas Shopping inaugura 12 novos empreendimentos no 1º semestre

Até o final do ano, a expectativa é de inaugurar, no mínimo, mais cinco empreendimentos no Amazonas Shopping, entre lojas comerciais, de serviços e restaurantes.

23 de julho de 2021

Comércio espera faturar R$ 81,3 mi com vendas do Dia dos Pais

Caso a expectativa se confirme, o resultado poderá representar crescimento de 2,10% nas comercializações alusivas ao Dia dos Pais, em comparação a igual data do ano anterior.

23 de julho de 2021

Governo libera R$ 4,5 bilhões contingenciados do Orçamento 2021

A diminuição de diversas estimativas de gastos obrigatórios criou espaço no teto federal de gastos e fez o Ministério da Economia desbloquear todo o Orçamento de 2021.

22 de julho de 2021

Fluxo cambial semanal apresentou déficit de US$1,894 milhões

Na área do comércio exterior o saldo teve déficit de US$922 milhões, sendo contabilizadas importações de US$4,417 bilhões e exportações de US$3,495 bilhões.

22 de julho de 2021

Plataformas do Google movimentaram R$ 67 bilhões no Brasil em 2020

Esse aumento, segundo o Google, foi resultado da necessidade de empreendedores e organizações precisarem se reinventar para sobreviver em um momento de pandemia.

22 de julho de 2021