fbpx

segunda, 04 de julho de 2022

Em sete anos, Codam tem investimentos, projetos e empregos recordes

As aplicações representam crescimento de 90% em relação aos R$10,5 bilhões aprovados nas reuniões em 2020 pelo Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam).

24 de dezembro de 2021

Compartilhe

Em sete anos, Codam tem investimentos, projetos e empregos recordes (Foto: Reprodução)

Em meio ao enfrentamento da pandemia da Covid-19, o Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) registrou, em 2021, R$19,97 bilhões em investimentos industriais, volume recorde na análise dos últimos sete anos. As aplicações representam crescimento de 90% em relação aos R$10,5 bilhões aprovados nas reuniões em 2020.

Os números foram apresentados na última reunião ordinária (293ª) do conselho do ano, realizada no último dia 15 de dezembro, conduzida pela Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), em dezembro.  

Conforme a Sedecti, na análise anual desde 2015, nos dois últimos anos os investimentos privados retomaram índices de crescimento ‘driblando’ os entraves decorrentes da pandemia. Nos anos de 2017 a 2019 os números registraram queda, retomando incremento em 2020 com aplicações de R$10,5 bilhões (88,2% em relação a 2019).

Número de projetos aprovados pelo Codam

Ao longo de 2021 o Codam aprovou 216 projetos, o que representa crescimento de 6,4% em comparação às 203 propostas submetidas ao conselho no ano anterior. Quando comparado aos 156 projetos registrados em 2015, o resultado deste ano aponta crescimento de 28% na análise de propostas de investimentos industriais ao modelo Zona Franca de Manaus (ZFM).

Mão de obra

A geração de emprego em 2021 também foi maior desde 2015. Nos últimos 12 meses os projetos industriais foram responsáveis pelo emprego de 8.480 trabalhadores, em indústrias na capital e no interior do estado. O número é 19,7% maior frente a 2020 (7.082) e 26% superior às 6.270 oportunidades geradas em 2015.

Resultados de 2021

Durante todo o ano o Codam manteve frequência de cinco encontros que totalizaram R$19,97 bilhões. O maior percentual de investimentos (R$14,5 bilhões) previstos em pauta foi aprovado na 289ª reunião ordinária, no mês de abril, quando ocorreu a primeira reunião do ano.

Entre os 216 projetos apreciados, 78 eram relacionados à implantação, 103 à diversificação e 35 de atualização industrial.

Os projetos aprovados viabilizaram a oferta de 8.480 postos de trabalho. As indústrias ainda remanejaram 6.109 vagas dentro da própria empresa. O número se refere ao reaproveitamento de profissionais dentro da indústria.

Para o titular da Sedecti, Jório Veiga, é importante manter os investimentos para o consequente crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. Ele destaca que somente por meio do PIB é possível melhorar a qualidade de vida da população amazonense.

“São números positivos para o nosso estado. Temos que manter esses investimentos para que possamos seguir com o crescimento do nosso PIB, só assim conseguiremos melhorar a condição de vida de uma série de pessoas que seguem vivendo abaixo da linha da pobreza. Acredito que 49% da população do Amazonas vive abaixo da linha da pobreza e sem que a gente aumente o PIB será difícil mudar essa situação”, destacou o secretário.

Empresas e maiores investimentos

Ao longo de 2021 as empresas que tiveram projetos aprovados e com maiores investimentos previstos foram: Samsung Eletrônica da Amazônia Ltda R$9,49 bilhões; LG Electronics do Brasil Ltda R$4,26 bilhões; Tec Toy S.A. R$921,2 milhões; Foxconn Moebg Ind. de Elet. Ltda R$460,4 milhões; Conipa Ind. e Com. R$320,7 milhões.

Destaques nos municípios

Para o interior do estado foram aprovados seis projetos industriais referentes à construção de embarcações, agropecuária, castanha do Brasil, colchões, farinha de mandioca e bebida láctea.

Os projetos foram destinados às cidades de Iranduba (3 projetos), Humaitá (1 projeto), Rio Preto da Eva (1 projeto) e Tefé (1 projeto). A previsão é que os projetos gerem 444 postos de trabalho por meio de R$53,87 milhões em investimentos privados.

Texto: Priscila Caldas

Leia Mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

BNDES reúne bancos de desenvolvimento globais na ExpoAmazônia

Tema sustentabilidade norteou boa parte das discussões ao longo dos objetivos principais da ExpoAmazônia sediada em Manaus.

3 de julho de 2022

Alta da Selic atrai investidores para renda fixa isenta de Imposto de Renda

Com a alta da taxa básica de juros, o mercado tem oferecido aos investidores títulos emitidos por grandes empresas, sem cobrança de impostos, com retorno real.

3 de julho de 2022

Petrobras tem trabalhadores e bancos como minoritários no Governo Bolsonaro

Acionistas viraram alvo de Jair Bolsonaro em meio à crise provocada pelas conturbadas trocas de comando na Petrobras, que resiste em elevar os preços dos combustíveis.

3 de julho de 2022

Infraestrutura de conectividade pauta palestra na ExpoAmazônia

Diretor de projetos do Ministério das Comunicações disse que leitos dos rios é a forma mais sustentável de implantar cabos subfluviais para conectar internet na Amazônia.

3 de julho de 2022

Receita Federal alerta para golpe do falso IOF antecipado via Pix

A Receita Federal informa que jamais fornece dados para recolhimento de tributos ou de taxas via transferência. Os fraudadores fornecem documentos falsos de notificação.

2 de julho de 2022

Aumenta o número de brasileiros endividados acima de 60 anos

Ao todo, o país tem 66,1 milhões de endividados – recorde da série histórica iniciada em 2016. Antes, o pico do endividamento foi atingido em abril de 2020, com 65,9 milhões.

2 de julho de 2022

Leis que beneficiam policiais e professores são sancionadas no AM

Governador do Amazonas beneficia policiais civis com equiparação da aposentadoria e professores da rede pública estadual de ensino com 14º e 15º salários.

2 de julho de 2022

Manaus vai sediar maior evento de networking de Tecnologia e Inovação

Estão abertas as inscrições para o ‘AATEC Day 2022’, evento gratuito voltado para gestores e profissionais de Tecnologia e Inovação. Evento vai acontecer em 23 de julho.

1 de julho de 2022