fbpx

quinta, 09 de dezembro de 2021

CNI também aponta desaceleração da indústria em setembro

Depois do IBGE, os Indicadores Industriais da CNI também apontam desaceleração da indústria, com queda em itens como faturamento e utilização da capacidade instalada.

4 de novembro de 2021

Compartilhe

Faturamento do setor caiu 1,5% (Foto: Reprodução)

No mesmo dia em que o IBGE divulgou queda de 0,4% na produção industrial na passagem de agosto para setembro, um levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI) indica uma piora no cenário da indústria em setembro, na comparação com agosto. De acordo com a pesquisa Indicadores Industriais, houve queda em itens como faturamento (1,5%) e utilização da capacidade instalada (0,2 ponto percentual) atingindo a marca de 81,6%. É o terceiro recuo seguido do índice.

Já o emprego da indústria da transformação, que apresentou, em agosto, crescimento de 0,1%, desacelerou, ficando estagnado em setembro. De acordo com a CNI, as horas trabalhadas na produção “cresceram em setembro pela primeira vez desde janeiro de 2021, recuperando parte da perda dos meses anteriores”.

A massa salarial real cresceu 0,2% em setembro, na comparação com agosto, quando havia apresentado alta de 0,7%. “Com isso, a massa salarial real retorna ao nível de fevereiro de 2021, mostrando estabilidade do indicador no ano, apesar da volatilidade”, disse a confederação.

O rendimento médio real ficou estável. No entanto, de acordo com a CNI, “apesar da estabilidade esse mês, o rendimento médio real vem sofrendo quedas sucessivas ao longo de 2021, e acumula queda de 2,6% entre janeiro e setembro”.

Na avaliação do gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo, os dados “ainda são positivos no acumulado do ano”.

“No recorte anual, o emprego cresceu 3,7%, a utilização da capacidade instalada continua acima de 80%, as horas trabalhadas na produção cresceram pela primeira vez desde janeiro de 2021 e a massa salarial real se mantém estável”, explicou.

Fonte: Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Segurança: concursos têm salários de até R$ 13 mil no AM; inscreva-se aqui

São ofertadas mais de 1,3 mil vagas para a Polícia Militar do Amazonas e mais de 450 vagas para o Corpo de Bombeiros. Incrições tiveram início nesta quarta-feira (8).

8 de dezembro de 2021

Feira do Polo Digital de Manaus acontecerá de 9 a 11 de dezembro

A feira terá entrada gratuita e acontecerá nas modalidades virtual e presencial. Para participar, é necessário garantir a inscrição no site www.feiradopolodigitaldemanaus.com

8 de dezembro de 2021

Expoagro inicia com festa e cuidados sanitários contra a Covid-19

A exposição será realizada no Kartódromo da Vila Olímpica de Manaus, no bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus. Todas as programações serão gratuitas.

8 de dezembro de 2021

Afeam investiu R$30 mi em financiamentos rurais, em 2021

Durante todo o ano a Afeam registrou geração ou manutenção de mais de 5 mil ocupações na produção rural por meio de 1.734 operações de crédito.

8 de dezembro de 2021

Setemp oferta 660 vagas para cursos profissionalizantes no interior

Os cursos cursos profissionalizantes ocorrerão na modalidade on-line e presencial, destinados aos municípios de Manacapuru e Itacoatiara.

8 de dezembro de 2021

Pequenos negócios foram responsáveis por 80% dos empregos gerados em outubro

Segundo o Sebrae, os pequenos negócios foram responsáveis por 79,7% das 253 mil vagas criadas no mês de outubro, com a abertura de 201,7 mil novos postos de trabalho.

8 de dezembro de 2021

Polo Digital do Amazonas é o 5º em faturamento do Brasil, destaca Codese

Em entrevista à TVRealTime1, o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus, destacou o faturamento do Polo Digital.

8 de dezembro de 2021

Comércio eletrônico no Amazonas movimentou R$39,6 mi na Black Friday

Apesar de as vendas do comércio eletrônico terem registrado crescimento em relação a 2020, ABComm afirma que desempenho foi afetado pela inflação.

8 de dezembro de 2021