fbpx

quarta, 17 de agosto de 2022

CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013

Para 2021, a expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento sazonal de fim de ano. Segundo previsão da CNC, as vendas deverão crescer 3,8% no Natal.

24 de setembro de 2021

Compartilhe

Expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento (Foto: Reprodução)

O comércio varejista terá a melhor contratação de trabalhadores temporários para o Natal desde 2013, de acordo com a previsão divulgada nesta sexta-feira (24) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). 

Segundo o economista sênior da CNC, Fabio Bentes, as contratações no comércio vinham crescendo desde o final de 2016, lentamente, embora sem alcançar o ritmo observado em 2013 (115,5 mil), até que veio a pandemia no ano passado e as contratações despencaram de 91,6 mil trabalhadores, em 2019, para 68,3 mil, em 2020. Esse foi o menor número desde 2015 (67,4 mil).

Para 2021, a expectativa é de mais de 94,2 mil vagas para atender o movimento sazonal de fim de ano. Fabio Bentes diz que, caso a previsão seja confirmada, essa será a maior contratação de temporários desde 2013. A previsão é de que as vendas deverão crescer 3,8% no Natal. 

O economista explicou que apesar do cenário de inflação elevada e juros mais altos, o que está fazendo com que as vendas e, em consequência, as contratações, evoluam, é o aumento da circulação dos consumidores, além do comércio eletrônico que tem registrado aumento de vendas de dois dígitos.

“Desde o final da segunda onda da pandemia, o que se tem observado é um crescimento consistente da circulação de consumidores no comércio. O avanço da vacinação de certa forma afasta o cenário de novas medidas restritivas. E se a circulação vai aumentar nos próximos meses, a tendência é contratar mais. Apesar da inflação e dos juros altos, o aumento da circulação foi o que ditou o ritmo do comércio ao longo da pandemia”, disse Bentes. 

O economista explicou que mesmo quando a inflação estava baixa, bem como os juros, as vendas estavam mal porque a circulação estava baixa. Por isso, reiterou que é a circulação dos consumidores que tem ditado o ritmo de crescimento das vendas, não só para o Natal, mas nos últimos meses.

Fabio Bentes argumentou que poderíamos ter um Natal com taxa de crescimento parecida com a de 2013, da ordem de 5%, mas isso não vai acontecer por conta da inflação e dos juros altos. “Mas, de qualquer forma, os 3,8% projetados são um crescimento razoável, na principal data comemorativa do setor”.

Segmentos

Os segmentos que vão concentrar a maior parte das contratações são vestuário (57,91 mil) e hiper e supermercados (18,99 mil), que vão responder, juntos, por mais de 80% das vagas a serem criadas. 

Segundo Bentes, o ramo do vestuário é o mais impactado pelas vendas de final de ano, que quase dobram na passagem de novembro para dezembro. É esse ramo que tem também um leque amplo de tíquetes médios, o que acaba favorecendo esse segmento. 

De acordo com a CNC, enquanto o faturamento do varejo como um todo cresce em média 34% na passagem de novembro para dezembro, no segmento de vestuário o faturamento costuma subir 90%.

Em relação a hiper e supermercados, o economista destacou que esse ramo responderá por 19 mil vagas, porque é o maior empregador do comércio ao longo do ano e, ainda, o que mais fatura. “Então, qualquer movimento, mesmo que sazonal das vendas, faz com que se produza um número absoluto de vagas ali bastante expressivo”. 

O ramo passou a oferecer um leque diversificado de produtos e deve ser o segundo que vai mais contratar para o Natal.

Fonte: Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Confirmado: rede de cinemas UCI vai assumir salas do Manauara Shopping

Serão 10 salas, sendo uma delas XPLUS, que conta com uma tela gigante e projeção digital 4K, além do sistema Dolby Atmos, que cria a ilusão de um campo de som infinito.

17 de agosto de 2022

Presidenciáveis têm planos opostos sobre trabalho e privatizações

Em geral, candidatos evitaram se comprometer com propostas e metas específicas e trazem conteúdo vago e sem detalhes sobre como projetos serão implantados.

17 de agosto de 2022

Entra em vigor lei que institui regras trabalhistas para períodos de calamidade

Entre as medidas estão o teletrabalho, a antecipação de férias, a concessão de férias coletivas, o aproveitamento e a antecipação de feriados, banco de horas, entre outros.

17 de agosto de 2022

Instituto de Desenvolvimento Tecnológico abre Curso de Programação Python

Além dessa capacitação, o ITT também irá disponibilizar dois novos cursos: o de Inteligência Artificial e o de Especialização em 5G, inéditos em Manaus.

16 de agosto de 2022

Novo decreto do IPI poderá tirar R$ 8 bilhões/ano do Amazonas

Informações de bastidores dão conta de que novo decreto será publicado nesta semana, preservando 95% de itens da ZFM. Mas os 5% restantes podem representar R$ 8 bi em perdas.

16 de agosto de 2022

Prefeitura de Manaus publica resultado final do concurso da Semsa

Prefeitura divulgou resultado final do concurso que ainda precisa ser homologado, mas já pode ser consultado nos sites da Semsa e FGV.

15 de agosto de 2022

Lei prevê ressarcir clientes por queda no sinal de TV paga e internet

Segundo a Lei sancionada pelo Governo do Amazonas, cliente com interrupção do sinal de TV e internet tem direito à compensação por abatimento ou ressarcimento.

15 de agosto de 2022

Afeam encerra nesta terça inscrição para concurso com salário de até R$ 6 mil

Concurso público da Afeam recebe inscrições até às 22h desta terça, para candidatos de nível Superior em diversas áreas e com salários que chegam a R$ 6,5 mil.

15 de agosto de 2022