fbpx

terça, 21 de setembro de 2021

‘Carro voador’ poderá ser realidade em até 4 anos, diz presidente da Azul

Americano anunciou que pretende investir US$ 1 bilhão no desenvolvimento de aeronaves elétricas, diminuindo o tempo e o custo das viagens de pequenas distâncias.

4 de agosto de 2021

Compartilhe

Veículos serão fabricados em parceria com a empresa alemã Lilium (Foto: Divulgação)

Maior mercado de helicópteros do mundo, o Brasil poderá ganhar concorrência de ‘carros voadores‘ até 2025. A promessa é do presidente da Azul Linhas Aéreas, John Rodgerson.

Em entrevista à Folha de São Paulo, o americano anunciou que pretende investir US$ 1 bilhão (R$ 5,1 bilhões) no desenvolvimento de aeronaves elétricas para aumentar a conectividade entre as cidades, diminuindo o tempo e o custo das viagens de curta distância.

Ainda de acordo com a reportagem, com capacidade para sete pessoas (seis passageiros e um piloto)os veículos serão fabricados em parceria com a empresa alemã Lilium. Até o momento, 220 unidades do ‘carro voador’ já foram encomendadas à fabricante alemã.

Segundo declarações do empresário à Folha, o serviço deverá custar um quarto dos preços das viagens de helicópteros. A autonomia do veículo eVTOL, da Lilium, é de até 240 quilômetros, com viagens ao custo médio de US$ 100 (R$ 514) por pessoa.

A expectativa, no entanto, é de que, no futuro, a empresa passe a oferecer aeronaves com capacidade para até 16 pessoas, o que poderá reduzir ainda mais o custo das viagens.

Além de mais baratas, as viagens com o eVTOL também prometem ser mais sustentáveis, já que não utilizam combustíveis fosséis, ao contrário dos helicópteros.

“A Azul tem o mais exclusivo e sustentável modelo de negócios do Brasil. Nossa presença de marca, nossa malha com exclusiva conectividade e nosso robusto programa de fidelidade nos fornecem as ferramentas para criar os mercados e a demanda para a operação com jatos Lilium no Brasil. Assim como fizemos no mercado doméstico brasileiro nos últimos 13 anos, esperamos novamente, agora com os jatos da Lilium, criar um mercado totalmente inovador nos próximos anos”, afirmou o presidente da Azul em comunicado à imprensa.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Segunda prévia do IGP-M aponta variação de -0,58% em setembro

O resultado mensal de setembro é o primeiro com variação negativa desde fevereiro de 2020. Dois dos três indicadores que compõem o IGP-M exibiram variação menor no mês.

20 de setembro de 2021

Manaus recebe 4ª edição da Feira Internacional da Gastronomia Amazônica

FIGA acontecerá em outubro, com objetivo de promover o intercâmbio entre chefs regionais, nacionais e internacionais e divulgar a Gastronomia Amazônica para diversos países.

20 de setembro de 2021

Estado arrecadou R$9,2 bi e cresceu 13,4% no ano, segundo Sefaz

Amazonas arrecadou mais de R$1,1 bi em agosto. Número representa crescimento de 1,75% em relação a agosto de 2020. Enquanto de janeiro a agosto o crescimento foi de 13,4%.

20 de setembro de 2021

A Importância da ZFM é tema do projeto Diálogos Amazônicos desta segunda

Participam do debate o reitor da Universidade do Estado do Amazonas, Cleinaldo Costa; e Juliano Assunção, professor da PUC-Rio e diretor do Climate Policy Initiative no país.

20 de setembro de 2021

EUA liberam a entrada de estrangeiros totalmente vacinados contra Covid-19

Medida entra em vigor a partir de novembro e vale para todos os países, incluindo o Brasil. Turistas terão que comprovar que estão completamente imunizados contra a doença.

20 de setembro de 2021

Governadores negam influência do ICMS na alta dos combustíveis

De acordo com nota assinada por 20 governadores, "nos últimos 12 meses, o preço da gasolina registrou um aumento superior a 40%, embora nenhum Estado tenha aumentado o ICMS".

20 de setembro de 2021

Vagas em home office: veja seleção de oportunidades para trabalhar de casa

Foram elencadas mais de 15 empresas que dispõem de vagas para quem quer garantir renda sem sair de casa. Na pandemia, home office ganhou destaque.

20 de setembro de 2021

Ministro do Desenvolvimento promete investir R$ 7 bi em mobilidade

Segundo Rogério Marinho, o transporte público é a alternativa mais importante para o deslocamento de pessoas. Afirmação foi dada durante abertura da Semana da Mobilidade.

20 de setembro de 2021