fbpx

terça, 09 de agosto de 2022

Amazonas tem etanol e diesel mais baratos do Norte em janeiro

Enquanto o itro do etanol custa, em média, R$ 5,358 nos postos do Amazonas, o diesel e o diesel S-10 são comercializados a R$ 5,445 e R$ 5,488, respectivamente.

24 de janeiro de 2022

Compartilhe

Pará foi o estado do Norte que apresentou o litro do etanol mais caro no período (Foto: Reprodução)

O mais recente levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL) apontou que o etanol comercializado nos postos amazonenses foi o mais barato no balanço da Região Norte, referente a janeiro de 2022. De acordo com a pesquisa, o litro do combustível custa, em média, R$ 5,358 nos postos do Amazonas. Em contrapartida, a Região Norte liderou ante as demais no que diz respeito ao preço médio do etanol comercializado nos primeiros dias do ano. No balanço nacional, o combustível da Região apresentou a maior média (R$ 6,109), se comparado ao fechamento de dezembro.   

Dentre os estados da Região Norte, o Pará apresentou o litro mais caro para o etanol no período, a R$ 6,596 – apesar do recuo de 0,95% em relação a dezembro.

Da mesma forma, no Amazonas, o diesel e o diesel S-10 também apresentaram as menores médias entre os estados do Norte nos primeiros dias de janeiro, a R$ 5,445 e R$ 5,488. No balanço nacional, o tipo S-10 e o tipo comum apresentaram os preços mais caros, a R$ 5,826 e R$ 5,889.

Gasolina ainda é mais vantajosa frente ao etanol

A gasolina mais cara da Região foi encontrada nas bombas paraenses, a R$ 7,089. Já o Amapá, além de registrar a menor média nacional para a gasolina (R$ 6,334), o combustível também foi comercializado pela menor média dentre os sete Estados da Região, a R$ 6,334. 

“Na análise nacional e, numa segunda análise considerando apenas os Estados que compõem o Norte, o preço dos combustíveis na Região mantiveram uma estabilidade em relação a dezembro, conforme o Índice de Preços Ticket Log (IPTL). A gasolina segue figurando como a opção mais vantajosa, quando comparada ao etanol na relação 70/30, para os motoristas que abastecem no Acre, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, e Tocantins”, aponta Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

Leia mais:

Leia mais sobre Economia & Negócios

Suframa apresenta serviços automatizados para acompanhamento de projetos

Novos serviços automatizados fazem parte do planejamento da Autarquia que visa desburocratizar, agilizar e modernizar os procedimentos junto ao setor produtivo.

9 de agosto de 2022

Nova função no WhatsApp: veja como esconder que está online

Ao longo deste mês serão liberadas as funções de esconder o status online, sair silenciosamente de grupos e bloquear capturas de tela em mensagens de visualização única.

9 de agosto de 2022

Manaus é a única capital pesquisada a ter redução no valor da cesta básica

Das oito capitais pesquisadas, apenas Manaus registrou redução de 0,7% no valor da cesta de itens básicos de alimentação, segundo pesquisa Horus & Ibre FGV.

9 de agosto de 2022

Ação da Serasa oferece negociação de dívidas com parcelamento sem juros

Em parceria com 45 empresas, a ação Serasa Limpa Nome oferece condições de parcelamento inéditas durante todo o mês de agosto para mais de 80 milhões de dívidas.

9 de agosto de 2022

Produção industrial do Amazonas cai 1,6% em junho, aponta IBGE

Queda ocorre depois de um bom resultado observado em maio. Entre as 10 atividades industriais pesquisadas, apenas três tiveram aumento de produção, segundo números do IBGE.

9 de agosto de 2022

Vendas de imóveis somam quase R$ 700 mi entre janeiro e junho

No primeiro semestre desta ano, vendas de imóveis tiveram um aumento de 48% na comparação com o mesmo período de 2021, e somaram o montande de R$ R$ 689 milhões.

9 de agosto de 2022

Clientes já podem avaliar quais são os melhores bares e restaurantes do AM

Idealizado pela Abrasel-AM, ranking vai listar os melhores estabelecimentos do setor de alimentação fora do lar do estado, por meio da avaliação dos próprios consumidores.

9 de agosto de 2022

Moraes defere liminar da bancada do Amazonas em favor da ZFM

Com liminar do ministro do STF, Alexandre de Moraes, a Zona Franca de Manaus fica resguardada do novo decreto do Governo Bolsonaro que reduziu o IPI.

8 de agosto de 2022