fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

Técnicos da Anvisa recomendam CoronaVac na faixa de 6 a 17 anos

A aprovação ou não do imunizante para esta faixa ainda depende da votação da Diretoria Colegiada da Agência de Saúde, que ainda está em andamento.

20 de janeiro de 2022

Compartilhe

Avaliação veta uso do imunizante em imunocomprometidos e em crianças de 3 a 5 anos (Foto: Reprodução)

A área técnica da Agência Nacional Sanitária (Anvisa) sugeriu que a vacina Coronavac deve ser utilizada em crianças de 6 a 17 anos. A aprovação ou não do imunizante para esta faixa ainda depende da votação da Diretoria Colegiada do órgão, que ainda está em andamento nesta quinta-feira (20).

O pedido do Instituto Butantan era para crianças e adolescentes de 3 a 17 anos. No entanto, a área técnica entendeu que não há dados suficientes para reduzir a vacinação até esta faixa etária. A avaliação também veta o uso do imunizante em crianças imunocomprometidas.

O gerente-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa, Gustavo Mendes, que fez a apresentação da área técnica antes da votação, explicou que a ampliação da faixa etária para 3 a 5 poderá ser feita quando houver mais dados disponíveis.

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim) e Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) apoiam a autorização e a extensão do uso da vacina Coronavac para crianças de 6 a 17 anos.

Um estudo dos estudos usados para análise foi da vacinação no Chile, que tem resultado preliminar de efetividade na população de 6 a 16 anos. As evidências científicas disponíveis sugerem que há benefícios e segurança para utilização da vacina na população pediátrica.

A sugestão da área técnica é que a dose em crianças seja a mesma aplicada com intervalo de 28 dias.

“São os dados que temos maior informação [6 a 17 anos] e maior sugestão de desempenho. São os dados do Chile, de efetividade do Chile. Isso também é corroborado com os pareceres das sociedades médicas. E não imunocomprometidas porque essas crianças precisam de uma atenção especial, principalmente no que diz respeito a eficácia. A sugestão é que sejam vacinas crianças de 6 a 17 anos até que haja a apresentação de novos dados para subsidiar a ampliação da faixa etária”, disse Mendes.

O pedido é o segundo feito pelo Instituto Butantan. O primeiro, apresentado em julho, foi avaliado e negado por causa da limitação de dados dos estudos apresentados.

A vantagem da CoronaVac é a disponibilidade de doses, devido ao fato de que o imunizante parou de ser usado pelo Governo Federal.

Com informações da Folha de São Paulo

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

‘Clima agradável’: friagem no Amazonas ganha força neste final de semana

Em Manaus, a previsão é de céu nublado a parcialmente nublado com possibilidade de chuva durante o sábado, que terá temperatura variando entre 23° de mínima e 30° na máxima.

20 de maio de 2022

Guarda Municipal de Manaus começa a treinar para o uso de armamento letal

Ao final do curso de capacitação será feita a avaliação prática de tiro, para comprovação de capacidade técnica com a principal arma de porte que será adotada no órgão.

20 de maio de 2022

Terras Indígenas no AM estão entre as dez mais desmatadas no trimestre

Amazonas tem Terras Indígenas na fronteira com Roraima, no Médio e no Alto Rio Negro entre as mais pressionadas pelo desmatamento, segundo pesquisa do Imazon.

20 de maio de 2022

Lei pune quem joga lixo nas ruas e rios de Manaus, mas Semmas não tem dados

Lei municipal existe desde 2018, mas o que se vê são toneladas de lixo pelas ruas de Manaus entupindo bueiro e poluindo igarapés e não se sabe se alguém foi punido até hoje.

20 de maio de 2022

Injúria racial em espaços públicos tem pena ampliada no Plenário do Senado

Pleno do Senado aumenta pena para crimes de injúria racial quando praticados em eventos esportivos ou culturais e para finalidade humorística.

19 de maio de 2022

Auxílio Estadual Enchente chega a famílias de nove municípios do AM

28,8 mil famílias estão sendo atendidas com o benefício do Auxílio Estadual Enchente no valor de R$ 300, conforme mapeamento da Defesa Civil do Amazonas.

19 de maio de 2022

STF mantém multa para motoristas que recusem teste de bafômetro

A Corte se manifestou à favor das sanções aos motoristas que se recusem a fazer o teste de bafômetro e contra a comercialização das bebidas nas rodovias.

19 de maio de 2022

Wilson anuncia construção de 50 pontes de concreto em 16 bairros de Manaus

O investimento é de R$ 70 milhões e integra o programa +Pontes, executado pelo Governo do Amazonas. Bairros de 5 zonas da cidade serão contemplados.

19 de maio de 2022