fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Rio Negro apresenta repiquete na cheia e baixa 26cm em uma semana

Pesquisador conta que o período de cheia do rio Negro, em Manaus, está sob influência de fenômeno conhecido como repiquete, que vem ocorrendo há mais de 20 dias em Tabatinga.

26 de janeiro de 2022

Compartilhe

(Foto: ELiborio/Divulgação)

O nível do rio Negro baixou 26 centímetros nos últimos sete dias, conforme análise do RealTime1 a partir de dados fornecidos pelo Porto de Manaus, que possui um sistema de medição das cotas diárias do rio Negro.

O fenômeno conhecido como repiquete – quando o nível do rio estabiliza, mas depois desce e em seguida volta a subir – pode ser favorável para evitar uma grande cheia em 2022, conforme destacou, em entrevista ao RealTime1, o pesquisador em geociências André Santos, do Serviço Geológico do Brasil.

Para ele, o fenômeno de repiquete, que vem ocorrendo há mais de vinte dias no rio Solimões, em Tabatinga; agora tem influência no nível do rio Negro, em Manaus. A distância entre os dois municípios do Amazonas é de 1.106 quilômetros em linha reta.

“Manaus ainda está em período de cheia, e esse processo é definido pelo rio Solimões, visto que a bacia do rio Negro, que vem de São Gabriel da Cachoeira e desce até o Encontro das Águas, em Manaus, ainda está em processo de vazante. A capital do Amazonas ainda está sob influência dessa vazante do rio Negro, e que vem sendo intensificada com esse repiquete que chegou de Tabatinga”, explica o especialista.

Conforme o pesquisador, a cota do rio Solimões em Tabatinga encerrou o processo de cheia no início de janeiro, mas precisamente no dia 2, e desde então começou a descer. Na região, segundo André Santos, a cota do rio já baixou quatro metros e meio, o que o pesquisador considera um repiquete bem intenso.

“O que já vem acontecendo em Tabatinga há mais de 20 dias agora começou a refletir em Manaus há seis dias, quando o nível do rio Negro começou a baixar. Para ser mais preciso já dura dez dias, desde quando o nível do rio não apresentou oscilações.

O pesquisador em geociências avalia que é provável que a cota do rio Negro apresente uma descida mais agressiva, e isso, segundo ele, é bom já pensando em uma possível grande cheia para 2022. “Esse evento vai trazer as cotas do rio Negro em Manaus e no baixo Amazonas para padrões esperados, cotas dentro do esperado e normais para a época”, enfatiza.

Cheia histórica em 2021

A cota do rio Negro atingiu nível de recorde histórico de 30,02 metros em junho de 2021. Após o feito, o rio iniciou o processo de vazante que durou até o início do mês de novembro do ano passado.

A partir do dia 5 de novembro, o nível do rio voltou a subir e chegou a registrar a cota de 24,50 metros até o dia 18 de janeiro, quando começou o fenômeno do repiquete e o nível voltou a baixar. Durante os últimos sete dias, a cota do rio baixou para 24,24 – uma diferença de 26 centímetros a menos.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Cheia deixa 40 cidades em situação de emergência no Amazonas

Em 2022, 58 dos 62 municípios do Amazonas enfrentam os danos causados pela enchente. efeitos mais severos ocorreram nas cidades de Careiro da Várzea e Anamã.

26 de maio de 2022

Serviços do TJAM são transferidos para home office após tremor em prédio

Por precaução, a equipe da Secretaria de Infraestrutura do TJAM foi acionada para avaliações pertinentes, juntamente com a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros.

26 de maio de 2022

Amazonas confirma primeiro caso de sarampo em criança de Manacapuru

Criança de 1 ano de idade, moradora de Manacapuru – que não tem histórico de tomar a tríplice vacina – contraiu o sarampo e está sendo acompanhada pela FVS.

26 de maio de 2022

Animação reforça campanha de combate ao abuso sexual infantil virtual

A animação traz mensagens sobre o acesso precoce à tecnologia, cuidado com o compartilhamento de imagens e informações pessoais, grooming e outros.

26 de maio de 2022

Projeto para estimular estudos epidemiológicos é debatido em Manaus

Amazonas tem a maior taxa de incidência de tuberculose do país com 64,8 casos por 100 mil habitantes em 2020, segundo dados do Ministério da Saúde.

26 de maio de 2022

OAB-AM e Seap realizam audiência pública nesta quinta-feira em Manaus

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) irão tratar sobre as solicitações dos advogados criminalistas.

26 de maio de 2022

Vacinação estagnada pode resultar em uma nova ‘onda’ de Covid-19

Para o titular da Saúde do Amazonas, as pessoas estão "relaxadas". Ele pede que as pessoas fiquem em alerta e se previnam o quanto antes para evitar um novo surto da doença.

25 de maio de 2022

Norma que proibia prisão disciplinar de policiais e bombeiros é derrubada

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, disse que militares estaduais e distritais devem responder disciplinarmente a governadores e não ao Executivo Federal.

25 de maio de 2022