fbpx

sexta, 22 de outubro de 2021

Prefeitura vai instalar 300 armadilhas contra o Aedes aegypti

O trabalho de instação das armadilhas será executado por equipes de agentes de endemias, em parceria com a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

19 de setembro de 2021

Compartilhe

Mosquito é o transmissor da Dengue, da Zika e da Chikungunya (Foto: Reprodução)

A Prefeitura de Manaus começa a utilizar, nesta segunda-feira (20), mais uma “arma” para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, a febre chikungunya e o zika vírus. Equipes dos Distritos de Saúde (Disas) Norte, Sul, Leste e Oeste farão a instalação, em locais estratégicos, de 300 ovitrampas – armadilhas que simulam o ambiente para a proliferação do Aedes e a ação é orientada pelo Ministério da Saúde, para avaliar a resistência do mosquito em relação ao inseticida e larvicida utilizados.

O trabalho será executado por equipes de agentes de endemias, em parceria com a Fundação de Vigilância e Saúde do Amazonas Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP). Cada armadilha será instalada em uma distância de nove quarteirões uma da outra, em locais selecionados, como residências, comércios, empresas ou escolas.

Aedes aegypti um inimigo pequeno, porém perigoso

O Aedes aegypti põe seus ovos em recipientes como latas e garrafas vazias, pneus, calhas, caixas d’água descobertas, pratos sob vasos de plantas ou qualquer outro objeto que possa armazenar água da chuva. O mosquito pode procurar ainda criadouro naturais, como bromélias, bambus e buracos em árvores.

É um mosquito urbano, embora tenha sido encontrado na zona rural, onde foram levados em recipientes que continham ovos e larvas. Próprio das regiões tropical e subtropical, não resiste a baixas temperaturas presentes em altitudes elevadas.

Estudos demonstram que, uma vez infectada – e isso pode ocorrer numa única inseminação –, a fêmea transmitirá o vírus por toda a vida, havendo a possibilidade de, pelo menos, parte de suas descendentes já nascerem portadoras do vírus.

Da Redação

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Estudo de cores é desenvolvido pela prefeitura para dar viva ao Centro

A exemplo do que foi feito na rua Bernardo Ramos, a Prefeitura de Manaus está montando um skyline, uma proposta de intervenção para a Frei José dos Inocentes.

21 de outubro de 2021

No Amazonas, 58 municípios estão com internações por Covid-19 zeradas

A taxa de ocupação de leitos no interior está entre as mais baixas desde o início da pandemia. Apenas Fonte Boa, Coari e Itacoatiara possuem leitos de Covid-19 ocupados.

20 de outubro de 2021

Centro de Atendimento ao Turista (CAT) é reativado no aeroporto de Manaus

O retorno acontece em três turnos, com estagiários supervisionados e treinados para atender da melhor forma todos os turistas, de domingo a domingo.

20 de outubro de 2021

Cetam vai atender 9 mil alunos por ano em nova unidade da Zona Norte

Como parte do pacote de entregas do governador Wilson Lima para celebrar o aniversário de Manaus, foi inaugurada hoje (20) a primeira unidade do Cetam da Zona Norte.

20 de outubro de 2021

Você sabe o que é canabidiol? RT1 explica e mostra leitores favoráveis ao uso

O CBD é uma substância que atua no sistema nervoso central e que apresenta potencial terapêutico para o tratamento de algumas doenças.

19 de outubro de 2021

Após 4 anos, vítima de sequestro internacional retorna ao Amazonas

Criança foi levada de Tabatinga, no Oeste do Amazonas, pelo pai até o Peru. O retorno para os braços da mãe do ocorreu após incansáveis quatro anos de buscas.

19 de outubro de 2021

Vestibular da Faculdade Santa Teresa tem inscrições abertas e gratuitas

Provas serão realizadas na próxima terça-feira (26), de modo presencial e online. Ao todo, são 2090 vagas para 11 cursos nas áreas de saúde, humanas e exatas.

19 de outubro de 2021

Aplicativo PAC Digital bloqueará o acesso de faltosos por 30 dias

O bloqueio temporário por 30 dias ocorre depois da segunda falta registrada no sistema do PAC Digital. Quase mil pessoas já faltaram ao agendamento.

19 de outubro de 2021