fbpx

domingo, 14 de agosto de 2022

Pesquisa da UFAM aponta dois cenários distintos da Covid-19 no AM

Itamarati não registrou nenhum novo caso de Covid-19 em Novembro. Enquanto isso, no município de Borba o índice de casos cresceu 434% em dezembro.

2 de janeiro de 2021

Compartilhe

Pelo tamanho da população (50% da população estadual), Manaus determina a tendência do total do Estado. (Foto: Divulgação)

Pelas dimensões geográficas e diferentes realidades geopolíticas, o Amazonas não poderia apresentar um cenário homogêneo em relação à pandemia da Covid-19.

Pesquisadores do Atlas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Amazonas (ODS), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), que desde abril estudam os dados divulgados pelos órgãos responsáveis em monitorar o cenário da pandemia no Estado, atestaram que hoje existem dois quadros distintos.

Há os municípios que apresentaram tendência de desaceleração do número de casos de Covid-19 em dezembro e os que apresentaram tendência contrária, ou seja, de aceleração.

Borba e Itamarati se destacam

De acordo com os dados apresentados pelos pesquisadores Henrique Pereira, Danilo Egle e Bruno Lorenzetti os municípios de Itamarati e Borba se destacam.

Itamarati, localizado no sudoeste do Estado, não registrou nenhum novo caso de Covid-19 em Novembro. Enquanto isso, no município de Borba, situado ao Sul do Amazonas, foram registrados 146 novos casos da doença em dezembro, o que significa um aumento de 434% no número de casos.

Municípios que apresentaram redução de casos

Com base nos dados de registros de novos casos de Covid-19 compilados pelo grupo Brasil.io, existem 25 municípios Amazonenses (40% do total de 62 cidades do estado) em que o número de casos em dezembro foi menor do que em novembro.

Itamarati, Amaturá, Nhamundá, Canutama, Santa Isabel do Rio Negro, Carauri, Maués, Urucará, Santo Antônio do Içá, Beruri, Coari, Atalaia do Norte, Parintins, Pauini, Careiro, Barreirinha, Japurá, São Gabriel da Cachoeira, Urani, Silves, Iranduba, Itacoatiara, Careiro da Várzea, Tapauá e Alvarães são os municípios que apresentaram redução nos casos de Covid-19.

Estes municípios seguiram a tendência contrária ao cenário geral de todo Amazonas, e de Manaus. Pelo tamanho da população (50% da população estadual), Manaus determina a tendência do total do Estado.

Manaus

Dentre as cidades em que houve um aumento de novos casos acumulados no mês de dezembro em relação ao mês anterior está Manaus.

Contudo, na capital assim como nas cidades de Juruá, São Paulo de Olivença, Envira, Eirunepé, Urucurituba e Caapiranga os pesquisadores perceberam que a incidência da Covid-19 na população durante o mês de dezembro foi menor que a média do trimestre anterior.

“Esse grupo contém a maioria dos municípios do estado (60%). Os primeiros sete municípios Juruá, São Paulo de Olivença, Envira, Eirunepé, Urucurituba, Caapiranga e Manaus apresentaram valores para dezembro menores que a média do trimestre anterior (variação negativa), indicando que aceleração da pandemia foi menos intensa nesses lugares que nos demais municípios do grupo”, escreveram no relatório.

Cidades que merecem atenção especial

Os casos mais críticos seriam aqueles municípios em que os números de novos casos em dezembro são maiores que o dobro da média do trimestre anterior.

Estes seriam os casos dos seguintes municípios, em ordem crescente de aceleração: Presidente Figueiredo, Guajará, Jutaí, Fonte Boa, Boca do Acre, Nova Olinda do Norte, Apuí, Tonantins, Novo Airão, Codajás, Maraã e o mais crítico de todos: Borba.

Reportagem: Daniela Tipiti

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Daniel Meirelles Pereira toma posse como novo diretor da Anvisa

Até a última quinta-feira (11), Fernandes Pereira ocupava o cargo de secretário-executivo do Ministério da Saúde. Por lei, os mandatos na Anvisa têm duração de cinco anos.

12 de agosto de 2022

Pavimentação da BR-319 tem risco de mais grilagem, apontam documentos

É grande o risco da pavimentação da BR-319 atrair mais grileiros para a região, segundo documentos do Ibama e do material para relatório do EIA/Rima.

11 de agosto de 2022

WhatsApp passa a permitir apagar mensagens após dois dias

A mudança antecipou um pacote de novidades divulgado nesta terça-feira (9) na rede social. Ainda este mês será possível esconder o status online.

10 de agosto de 2022

Obras do Complexo Viário dos anéis Sul e Leste seguem em ritmo acelerado

Para quem mora no entorno das obras dos Aneis Viários Sul e Leste, o projeto representa mais dignidade e progresso para a população e para a cidade de Manaus.

9 de agosto de 2022

Pacote de obras na área da segurança pública no AM chega a R$ 150 milhões

De 2019 a 2022, os recursos para reformas e reparos nas unidades policiais somam cerca de R$ 10 milhões. As obras incluem pintura, troca de fechaduras, parte elétrica, etc.

9 de agosto de 2022

Lei estadual garante visita gratuita a museus e prédios históricos do AM

A gratuidade, segundo a lei, não precisará ser concedida em dias que recaiam sobre feriados nacionais, estaduais ou municipais, ou ainda em ponto facultativo.

9 de agosto de 2022

Festejo de Santo Antônio de Borba agora é Patrimônio Cultural do AM

Festejo de Borba, realizado em junho, movimenta a economia da cidade e teve início em 1756 com eventos organizados por padres jesuítas no interior do Amazonas.

9 de agosto de 2022

Lei Aldir Blanc pode salvar Cultura com a Rouanet desmontada

Lei Aldir Blanc 2 pode recuperar vácuo da Lei Rouanet que foi paralisada no Governo Bolsonaro e democratizar mais o acesso aos recursos pelos trabalhadores da Cultura.

8 de agosto de 2022