fbpx

domingo, 23 de janeiro de 2022

Ouro do Madeira movimenta mais de R$ 2 milhões/semana e chega até Dubai

Reportagem especial produzida pelo RealTime1 percorreu a Calha do Madeira para mostrar os dilemas de uma região que tem a economia totalmente atrelada ao garimpo de ouro.

9 de dezembro de 2021

Compartilhe

Garimpo no rio Madeira perto do município de Autazes (Foto: Greenpeace)

Considerado por alguns especialistas como um dos mais valiosos do mundo, com um índice que chega a 97% de pureza, o ouro extraído de garimpos ilegais do rio Madeira é cobiçado em mercados internacionais e sai do Amazonas sem deixar divisas para o Brasil.

Do leito do rio, o ouro do Madeira viaja até a cidade de Dubai nos Emirados Árabes numa rota que passa por Porto Velho (RO) e Bolívia. O garimpo chega a movimentar mais de R$ 2 milhões por semana ilegalmente.

Essas foram algumas das revelações surpreendentes feitas à equipe do RealTime1 que percorreu a região para fazer uma série de reportagens especiais. Desde que a Polícia Federal e o Ibama apreenderam e destruíram dezenas de balsas numa operação contra o garimpo ilegal, o rio Madeira se tornou o foco de interesse e controvérsias entre pesquisadores, políticos e ambientalistas.

Muitas das cerca de 50 balsas usadas para o garimpo, ancoradas no rio Madeira, são também lares de famílias em situação vulnerável que vivem agora com medo da fome. Enquanto embaixo do chão de suas casas corre um rio que pode guardar uma fortuna em ouro no seu leito, é a miséria que bate a porta dos garimpeiros e suas famílias.

A segunda reportagem da série mostra o drama de pais de famílias que dizem não encontrar alternativas de trabalho fora do garimpo. Barqueiros, ambulantes e pequenos comerciantes dizem que o garimpo é fundamental para a economia dos municípios da região.

Apesar da maioria dos garimpeiros ouvidos pela reportagem dizerem ser proprietários de suas balsas, o sociólogo Marcelo Seráfico alerta que a exploração da mão de obra dessas pessoas vulneráveis deveria estar entre as principais preocupações das autoridades.

“É fundamental entender essas relações de trabalho para termos uma dimensão do tamanho do problema”, frisou Seráfico.

Outra questão destacada na reportagem são os danos à saúde causados pelo uso do mercúrio na extração do ouro.

O médico e pesquisador da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), Paulo Basta, afirma que os próprios garimpeiros e a população em geral podem estar sendo envenenados pela substância e revela que existem estudos que indicam que uma planta chamada Pau de Balsa pode, em breve, substituir o metal líquido.

Veja a reportagem completa aqui:

Leia mais:

Leia mais Dia a Dia

Código de Trânsito Brasileiro completa 24 anos neste sábado

Código de Trânsito completa 24 anos neste sábado (22), com mudanças introduzidas por meio da Lei 14.229 de outubro de 2021, e que começarão a valer a partir de abril.

22 de janeiro de 2022

Veterinário orienta donos sobre cuidados com pets no ‘inverno amazônico’

Assim como os humanos, os pets também precisam de cuidados especiais para passar pela temporada de aumento das chuvas e umidade relativa do ar de forma saudável.

22 de janeiro de 2022

Governo suspende atendimento presencial na sede do Sine AM

Medida entra em vigor na próxima segunda-feira (24), e vai até a sexta-feira (29). Decisão é é para resguardar a saúde dos servidores e das pessoas que frequentam o local.

22 de janeiro de 2022

Pontos de vacinação de Manaus terão atendimentos neste sábado

Campanha atende ao público de 12 anos e mais em oito pontos. Em todos estarão disponíveis a primeira, segunda e terceira doses, e a quarta dose para imunosuprimidos.

22 de janeiro de 2022

ONG oferece atendimento psicológico gratuito para a população no AM

ONG realiza a partir desta segunda-feira (24) atendimento psicológico gratuito para todas as pessoas, crianças e deficientes auditivos em Manaus e cidades do interior do AM.

22 de janeiro de 2022

Iranduba ganha dois centros de testagem de Covid-19 a partir deste sábado

Os centros serão instalados na UBS Dr. Lourenço Borghi, localizada na travessa Juruá, no Centro do município, e na UBS Vitória Paz, localizada no distrito de Cacau Pirêra.

21 de janeiro de 2022

De 57 mil testes realizados em Manaus, quase 30 mil detectaram Covid-19

Os dados correspondem ao período de 3 a 20 de janeiro de exames de covid realizados nos centros de testagem do Studio 5 e do Vasco Vasques.

21 de janeiro de 2022

Nível do rio Negro volta a baixar pelo segundo dia seguido, em Manaus

Em 2022, o rio Negro baixou seis centímetros nas últimas 48 horas. A primeira vez que o nível do rio Negro baixou em 2021, no ano da cheia recorde, foi no dia 16 de de junho.

21 de janeiro de 2022