fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

Mural de 34 metros recupera memória indígena no Centro Histórico

A Praça Dom Pedro II foi escolhida para receber a exposição por ser um antigo cemitério indígena de Manaus. O mural será inaugurado amanhã para comemorar o Dia do Índio.

18 de abril de 2021

Compartilhe

No local serão expostos quatro imagens retiradas de livros históricos (Foto: Oliveira Júnior / Manauscult)

Um mural de 34 metros de comprimento, pintado pelo artista muralista  Fabio Ortiz, com quatro imagens da presença indígena em Manaus, será uma das atrações do memorial Aldeia da Memória Indígena de Manaus será inaugurado, nesta segunda-feira, (19). A data foi escolhida em celebração ao Dia do Índio.

A localização onde o mural será exposto, Praça Dom Pedro II, Centro Histórico de Manaus, foi escolhido por ser um antigo cemitério indígena.

“São quatro imagens nos 140 metros quadrados do mural retiradas de livros históricos, mostrando o mapa das calhas dos rios onde existe a forte presença dos povos indígenas no Amazonas desde muito antes da presença europeia, além do herói-ícone da luta, o grande  Ajuricaba; ainda os Manaos e o cemitério indígena  na visão do colonizador quando aqui chegou”, explica o diretor-presidente da Fundação Municipal Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Alonso Oliveira.

Ele reforça a recomendação feita pelo prefeito David Almeida (Avante) em reparar essa invisibilidade indígena e o  protagonismo da narrativa da história da cidade de Manaus, reconhecendo o espaço do cemitério como um lugar sagrado pelos povos que compõem a ancestralidade da sociedade manauara.

“Estamos começando a reparar o passivo histórico do poder público com nossos irmãos indígenas, e este belo painel mostra a importância dos povos ancestrais na formação social e cultural de nossa sociedade”, declarou Oliveira.

O artista muralista, Fábio Ortiz, 27, autor de painéis de grafitte urbano, é estudante de Agronomia na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), filho de pais ribeirinhos do munícipio de Manacapuru, com descendência de peruanos e nordestinos. Ele estava pensando em desistir da arte do grafitte por conta das dificuldades da pandemia, quando procurou a Manauscult para saber sobre os projetos de incentivo.

“Hoje me sinto contemplado de poder contar essa história de tantos séculos de existência e luta”, fala orgulhoso Ortiz, ressaltando que tem aprendido muito sobre o protagonismo dos povos indígenas na história de Manaus e do Amazonas.

Por assessoria PMM

Leia mais:

Leia mais Dia a Dia

Covid-19: Manaus tem 40 postos de vacinação nesta quinta e sexta

Postos funcionarão nesta quinta (23) e sexta-feira (24), das 9h às 16h. A lista com os endereços pode ser acessada no site da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

22 de setembro de 2021

Cidade da Criança: obras perto do fim garantem entrega para outubro

O Parque Cidade da Criança ganhará um espaço conhecido como "instagramável", cenário elaborado especialmente para fotografia e interação criativa.

22 de setembro de 2021

PF investiga desvio de recursos públicos por fraude contra o INSS

Operação 'Falsum Captivi' apura fraudes na concessão de benefícios de auxílio-reclusão nos municípios de Itacoatiara e Manaus.

22 de setembro de 2021

Parque do Mindu recebe mais de 200 estudantes no Dia da Árvore

As crianças ainda participaram de um momento lúdico no anfiteatro do Parque do Mindu, com músicas e apresentações no final do passeio.

21 de setembro de 2021

Covid ainda deixa população insegura sobre permanência em locais fechados

Shoppings, cinemas e barzinhos ficaram quase um ano sem receber os clientes por causa da pandemia; RealTime1 quis saber se público já se sente seguro em ir a estes locais.

21 de setembro de 2021

Operação ‘Carga Pesada’ retorna para fiscalizar veículos irregulares

Carretas, caminhões, cavalos mecânicos, além de reboques, são alguns dos carros abordados pelas equipes de investigação durante a operação em ruas de Manaus.

21 de setembro de 2021

No Dia da Árvore, apenados do semiaberto plantam mudas no Parque Jefferson Péres

Ato simbólico do programa Trabalhando a Liberdade visa conscientizar sobre a importância da preservação do meio ambiente e do resgate de valores.

21 de setembro de 2021

Posto de atendimento à mulher é inaugurado no 8º DIP, na zona Oeste

Unidade vai contar com uma psicóloga e uma assistente social para dar apoio a essa vítima. Dependendo do caso, podemos encaminhá-las para outros órgãos.

21 de setembro de 2021