fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Estudo indica que terceira dose da AstraZeneca protege contra Ômicron

Farmacêutica disse que a pesquisa foi conduzida "de forma independente" por investigadores da Universidade de Oxford, com quem a AstraZeneca desenvolveu a sua vacina.

23 de dezembro de 2021

Compartilhe

Informação é baseada em estudo da Universidade de Oxford (Foto: Reuters)

A farmacêutica AstraZeneca anunciou nesta quinta-feira (23) que a terceira dose de sua vacina aumenta “significativamente” o nível de anticorpos contra a nova variante Ômicron.

Com base em estudo de laboratório da Universidade de Oxford, a AstraZeneca anunciou, em comunicado, que os níveis de anticorpos que neutralizam a Ômicron após uma terceira dose da vacina foram globalmente similares aos níveis alcançados após as duas doses contra a variante Delta.

A farmacêutica anglo-sueca acrescentou que “os níveis observados após uma terceira dose foram maiores do que os anticorpos encontrados em indivíduos que haviam sido previamente infectados e se recuperaram naturalmente” das variantes Alfa, Beta, Delta e linhagens originais do SARS-CoV-2.

A empresa  esclareceu que o estudo da terceira dose foi conduzido “de forma independente” por investigadores da Universidade de Oxford, com quem a AstraZeneca desenvolveu a sua vacina.

“É muito encorajador ver que as vacinas atuais têm o potencial de proteger contra a Ômicron após uma terceira dose de reforço”, afirmou John Bell, um dos pesquisadores da Universidade de Oxford que conduziram o estudo.

Vários trabalhos recentes, realizados em laboratório, mostram que o nível de anticorpos diminui contra a Ômicron em pessoas vacinadas com os imunizantes da Pfizer/BioNTech, Moderna e ainda mais com a vacina da AstraZeneca ou da chinesa Sinovac.

Paralelamente, a Pfizer e a Moderna também anunciaram recentemente que uma dose de reforço das suas vacinas parece aumentar significativamente a imunidade por anticorpos, mas faltam dados sobre quanto tempo essa proteção dura. Embora os dados iniciais sejam positivos, a AstraZeneca anunciou na terça-feira (21) que está trabalhando com a Universidade de Oxford para produzir uma vacina específica para a Ômicron.

A nova variante já foi detectada em 106 países e já é dominante em vários países, tendo assim superado a Delta.

Apesar de ser mais transmissível, a Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que ainda não existem dados que permitam concluir que a Ômicron é menos ou mais grave que Delta.

Novos estudos indicam que a Ômicron é mais contagiosa, mas menos perigosa que a Delta. Pesquisas realizadas no Reino Unido, na África do Sul e Escócia revelam que as internações hospitalares de doentes infectados com a variante Ómicron diminuem entre 40% e 45%, em comparação com a Delta.

Apesar de ser necessário maior número de anticorpos para neutralizar a nova variante, a OMS e o regulador europeu de medicamento consideram que as vacinas aprovadas para a covid-19 continuam eficazes contra a doença grave, hospitalizações e morte.

O diretor-geral da OMS alertou nessa quarta-feira (22) sobre a ilusão de que bastaria administrar doses de reforço para sair da pandemia de covid-19. “Nenhum país será capaz de sair da pandemia com doses de reforço e esse reforço não é um sinal verde para comemorar, como já avisamos anteriormente”, disse Tedros Adhanom.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

‘Prêmio Thiago de Mello’ movimenta R$ 1,6 milhão na economia de Manaus

Os projetos aprovados terão um prazo de seis meses para realizar suas atividades, a contar da data do recebimento dos recursos financeiros, de forma gratuita em Manaus.

7 de agosto de 2022

2ª Corrida da Guarda Municipal reúne mais de mil participantes, em Manaus

A Corrida da Guarda Municipal, na Ponta Negra, serviu como um esquenta para a Maratona Internacional de Manaus, que será realizada nos dias 22 e 23 de outubro.

7 de agosto de 2022

Anvisa recebe pedido de registro para teste de varíola dos macacos

Pedido técnico para a Anvisa de registro de kit de testagem para o diagnóstico da varíola do macaco já está em análise pela equipe técnica da Agência.

6 de agosto de 2022

Prefeitura recompõe calçadão de pedras portuguesas da Ponta Negra

Trabalho manual dos servidores da Prefeitura de Manaus recupera aspecto original do calçadão da Ponta Negra, na zona Oeste de Manaus.

6 de agosto de 2022

PF prende três suspeitos de ocultar corpos de Dom e Bruno no Amazonas

Sete mandados de prisão preventiva e dez de busca e apreensão foram cumpridos neste sábado (6) em uma ação decorrente da investigação dos homicídios no Vale do Javari.

6 de agosto de 2022

Documentário mostra manifestações que sacudiram o Brasil em 2013

O doc explora os protestos que marcaram o Brasil em junho de 2013. Da intensa disputa de 2014 à eleição de 2018, o país ainda sente os ecos de um mês que não terminou.

5 de agosto de 2022

Morre Jô Soares, artista e humorista que marcou a cultura do país

Jô interpretou dezenas de personagens, criou bordões e apresentou o mais conhecido programa de entrevistas da TV brasileira. O velório não será aberto ao público.

5 de agosto de 2022

AM reforça aparato de segurança com viaturas e material de informática

Viaturas, caminhão de combustível e computadores serão entregues pela Secretaria de Estado da Segurança, para a PM, PC e a Polícia Científica.

4 de agosto de 2022