fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Desmatamento favorece dispersão de malária e Covid-19 na Amazônia

O estudo mostra que as elevadas taxas de desmatamento e a perda de biodiversidade têm relação com a alta carga de doenças tropicais negligenciadas.

14 de julho de 2021

Compartilhe

A pesquisa investigou a distribuição de onze doenças tropicais negligenciadas, como malária, leishmaniose, dengue e chikungunya (Foto: Divulgação/Fiocruz)

A dispersão de doenças como malária e Covid-19 na Amazônia está diretamente relacionada à trajetória de desenvolvimento agrícola dos municípios e à perda de biodiversidade. É o que aponta estudo publicado na terça (13) na revista “Frontiers in Public Health” de autoria de pesquisadores do Centro de Síntese em Biodiversidade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) de diversas instituições, como Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e outras universidades.

A pesquisa investigou a distribuição de onze doenças tropicais negligenciadas, como malária, leishmaniose, dengue e chikungunya, em territórios da Amazônia com trajetórias chamadas de tecnoprodutivas e agroextrativistas a partir de uma abordagem sistêmica da epidemiologia, economia e pesquisa ambiental. As trajetórias tecnoprodutivas têm um modelo agropecuário e intensa mudança de paisagem, com promoção de grande perda da cobertura florestal. As trajetórias agroextrativistas, por outro lado, se adaptam ao bioma a partir de conhecimento local em áreas cobertas por floresta contínua.

O estudo mostra que as elevadas taxas de desmatamento e a perda de biodiversidade têm relação com a alta carga de doenças tropicais negligenciadas como leishmaniose, doença de Chagas, dengue e malária, nas cidades da Amazônia. “A criação de gado e plantio de grãos, por outro lado, tem associação com altas taxas de desmatamento e tem se tornado trajetórias dominantes nos últimos anos”, comenta a pesquisadora Cláudia Codeço, uma das autoras do estudo.

A malária prevalece em municípios com perfil agroextrativista e com cobertura florestal, ou seja, metade do território amazônico. A dengue e chikungunya ocorrem com mais frequência em municípios de expansão urbana recente, como no limite sul da Amazônia em transição para o Cerrado. A leishmaniose cutânea prevalece em municípios com grandes rebanhos de animais onde há maiores taxas de desmatamento e perda de biodiversidade.

Já a Covid-19 se espalhou com facilidade em todos os municípios da Amazônia, pois se relaciona com o tráfego de pessoas, atingindo, depois, as comunidades rurais, ribeirinhas e que vivem nas florestas. “Esse fluxo se deu pela cadeia de contatos que envolveu os profissionais de saúde e assistentes sociais que transitam entre as regiões, assim como pelos moradores que saíram das grandes cidades rumo às áreas mais remotas”, analisa Codeço. A doença foi agravada pela desigualdade de acesso a serviços básicos de saúde e de bens e serviços que assola a região. A pesquisa abre horizontes para monitorar o potencial avanço de doenças nos municípios amazônicos.

Da Redação, com informações da Fiocruz

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Pacientes com sequelas da hanseníase ganham sapatos adaptados no AM

A Fundação Alfredo da Matta vai iniciar a entrega dos calçados adaptados e personalizados na próxima semana; ação vai alcançar 300 pessoas.

29 de julho de 2021

Detentos confeccionam brinquedos para doação para reduzir pena

O acervo já conta com mais de 100 peças, entre elas carrinhos, caminhões, aviões, helicópteros, barcos, banquinhos e berços que serão levados ao abrigo Monte Salém.

29 de julho de 2021

Municípios do Amazonas recebem atividades de educação ambiental

Ações fazem parte da campanha Floresta Faz a Diferença, com foco na prevenção de queimadas, e acontecem em cinco cidades do estado.

29 de julho de 2021

Em Manaus, enfermeiros do SUS participam de cursos de suporte à vida

A capacitação ocorreu por meio de uma parceria entre a Associação Segeam e o Centro de Treinamento Berkeley, com sede no RJ.

29 de julho de 2021

Cadastro para habitação está suspenso e Prefeitura alerta sobre golpe

Criminosos anunciam em sites de compra e venda na Internet apartamentos financiados pela Caixa Econômica Federal e entregues pela Prefeitura de Manaus.

29 de julho de 2021

Mutirão atende famílias de PcDs neste sábado; veja lista dos serviços oferecidos

Ação ocorre das 8h ao meio-dia no Núcleo PcD da Sejusc, localizado no bairro Adrianópolis, oferecendo serviços como inclusão na Tarifa Social da Amazonas Energia.

28 de julho de 2021

Especialização para motorista de ambulância ganha nova turma

Curso do Detran-AM abrange aulas teóricas e práticas com questões relativas a primeiros socorros, cuidados especiais, relacionamento interpessoal, etc.

28 de julho de 2021

Ministério homologa tombamento do Centro Histórico de Manaus

O espaço abrange uma área entre a orla do Rio Negro e o entorno do Teatro Amazonas, de forma a manter aspectos simbólicos e densos de realizações artístico-construtivas.

28 de julho de 2021