fbpx

sábado, 23 de outubro de 2021

Amazonas quer criar Banco de Alimentos e combater desperdício

A iniciativa da Seas tem o objetivo de combater o desperdício e garantir a segurança nutricional das famílias em situação de vulnerabilidade atendidas pelo Governo.

6 de julho de 2021

Compartilhe

Atualmente, a Seas atende aproximadamente 180 OSCs (Foto: Divulgação)

Aos moldes do que já acontece em Brasília e São Paulo, o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), quer criar e implantar o primeiro Banco de Alimentos do estado. 

Por isso, nesta última semana, uma comitiva da Seas, capitaneada pela secretária Alessandra Campêlo esteve nos dois locais para conhecer a estrutura e funcionamento dos bancos de alimentos.

Na capital federal, o banco é gerido pela Central de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa – DF) e recebe doações de gêneros alimentícios que já estão fora dos padrões de comercialização, porém totalmente aptos para o consumo. A partir da captação desses alimentos, eles são distribuídos para entidades socioassistenciais previamente cadastradas, que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Na capital paulista, onde o banco é gerido pela prefeitura, são atendidas 410 entidades cadastradas, atingindo até 280 mil pessoas. As doações são feitas por iniciativas públicas ou privadas.

Entre os beneficiários estão centros de educação infantil, centros para crianças e adolescentes, centros de juventude, núcleos de convivência de idosos e associações assistenciais.

Banco de Alimentos no Amazonas

No Amazonas, a iniciativa tem o objetivo de combater o desperdício de alimentos e garantir a segurança alimentar e nutricional das famílias em situação de vulnerabilidade atendidas pelo Governo, via entidades socioassistenciais, que atuam na rede complementar de assistência social, em parceria com a Seas e outros órgãos da área social.

Atualmente, a Seas atende aproximadamente 180 Organizações da Sociedade Civil (OSCs) cadastradas.

“Adquirimos informações valiosas que certamente serão úteis. Foi uma experiência gratificante. A ideia é que o governo possa unificar e criar marcos legais para que trabalhemos na criação desse Banco de Alimentos no estado” disse a secretária.

Da Redação, com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Estacionamento irregular debaixo de viaduto em Manaus é desativado

Obstruções de calçadas e logradouros públicos correspondem a 50% de todas as notificações da Prefeitura de Manaus feitas de janeiro a setembro de 2021.

22 de outubro de 2021

Veículo, equipamentos e brinquedos são doados a instituição Amar

A Associação oferece oficinas de corte e costura e para a realização dessas atividades foram entregues máquinas de costura reta.

22 de outubro de 2021

Estudo de cores é desenvolvido pela prefeitura para dar viva ao Centro

A exemplo do que foi feito na rua Bernardo Ramos, a Prefeitura de Manaus está montando um skyline, uma proposta de intervenção para a Frei José dos Inocentes.

21 de outubro de 2021

No Amazonas, 58 municípios estão com internações por Covid-19 zeradas

A taxa de ocupação de leitos no interior está entre as mais baixas desde o início da pandemia. Apenas Fonte Boa, Coari e Itacoatiara possuem leitos de Covid-19 ocupados.

20 de outubro de 2021

Centro de Atendimento ao Turista (CAT) é reativado no aeroporto de Manaus

O retorno acontece em três turnos, com estagiários supervisionados e treinados para atender da melhor forma todos os turistas, de domingo a domingo.

20 de outubro de 2021

Cetam vai atender 9 mil alunos por ano em nova unidade da Zona Norte

Como parte do pacote de entregas do governador Wilson Lima para celebrar o aniversário de Manaus, foi inaugurada hoje (20) a primeira unidade do Cetam da Zona Norte.

20 de outubro de 2021

Você sabe o que é canabidiol? RT1 explica e mostra leitores favoráveis ao uso

O CBD é uma substância que atua no sistema nervoso central e que apresenta potencial terapêutico para o tratamento de algumas doenças.

19 de outubro de 2021

Após 4 anos, vítima de sequestro internacional retorna ao Amazonas

Criança foi levada de Tabatinga, no Oeste do Amazonas, pelo pai até o Peru. O retorno para os braços da mãe do ocorreu após incansáveis quatro anos de buscas.

19 de outubro de 2021