fbpx

segunda, 25 de janeiro de 2021

David e empresários discutem redução da tarifa de ônibus na segunda

O prefeito eleito vai encontrar os donos das empresas que têm a concessão para atuar em Manaus. Sugestão é que a tarifa seja reduzida para R$ 3,75.

17 de dezembro de 2020

Compartilhe

Rotta e David estiveram juntos na coletiva realizada nesta quinta (Foto: Divulgação)

A primeira reunião entre o prefeito eleito David Almeida (Avante) e os empresários que tem a concessão do serviço de transporte público em Manaus vai acontecer na próxima segunda-feira (21).

O anúncio foi feito nesta quinta (17), durante a coletiva onde David anunciou mais cinco secretários municipais.

Na coletiva, David comentou novamente sobre o subsídio que a prefeitura paga às empresas e disse que vai sugerir aos empresários que haja uma redução para R$ 3,75 o valor da tarifa de ônibus.

De acordo com o prefeito eleito, o valor proposto facilitaria o troco porque há mais moedas de R$ 0,25 em circulação e, com o valor atual cobrado (R$ 3,80), os passageiros deixariam de perder R$ 0,20 em cada itinerário feito.

Ainda segundo David, além dos R$ 3,80 que o passageiro já paga, a prefeitura entra com mais R$ 1,50 para completar o real valor cobrado pelas empresas. Ainda de acordo com David, toda a renda complementada pela administração municipal chega a R$ 13 milhões.

Em sua primeira coletiva como prefeito eleito, no dia 1º de dezembro, David já havia dito que ia buscar apoio junto ao governo Estadual e Federal para que o valor do subsídio fosse revisado e, por conseguinte, a tarifa reduzida.

Hoje, David pontuou que o tema foi abordado nesta semana com o governador Wilson Lima (PSC). O novo prefeito pleiteia a desoneração do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores).

Frota renovada

“A frota não está cansada, ela está é morta”, disse David sobre os ônibus que circulam na cidade e reafirmando o compromisso de que, anualmente, vai renovar 25% da frota em Manaus.

David também comentou na coletiva que, caso a prefeitura economizasse o valor do subsídio, seria possível a compra de 520 ônibus por ano.

“Do jeito que está, se a Prefeitura pegar esse dinheiro e comprar [os ônibus] é mais lucrativo. E damos para as empresas administrarem e paramos de dar qualquer subsídio. Precisamos desvendar esse mistério, precisamos de respostas e é um problema que vamos atacar”, sentenciou David, confirmando que o governador disse estar disposto a ajudá-lo.

Reportagem: Rosianne Couto

Leia Mais:

Veja mais notícias

Veículos que chegam a Manaus passam por sanitização

Como mais uma medida para conter o avanço da Covid-19 em Manaus, a Prefeitura instalou barreiras de sanitização na AM-010, BR-174 e na ponte Rio Negro.

25 de janeiro de 2021

Parintins deve retomar aulas remotas na rede municipal

O programa “Aprendendo em casa nas ondas do rádio” foi implantado em abril, para não deixar de assistir os alunos na pandemia da Covid-19.

24 de janeiro de 2021

Central Integrada de Fiscalização vistoria sete estabelecimentos

Três bares foram flagrados funcionando, mas sem aglomeração, e os proprietários foram orientados a fechar o local.

23 de janeiro de 2021

Governo alinha critérios de vacinação dos trabalhadores da saúde

A expectativa é de que a imunização contra Covid-19 nos hospitais retorne ainda nesta sexta-feira (22) em 27 unidades, após a validação das propostas apresentadas.

22 de janeiro de 2021

Polícia prende 63 pessoas em bares clandestinos na zona Leste

A prisão aconteceu em cumprimento ao decreto governamental que proíbe a circulação e aglomeração de pessoas das 19h às 6h, devido à pandemia da Covid-19.

22 de janeiro de 2021

TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas eleições".

22 de janeiro de 2021

Bolsistas do PBU ganham aumento automático nos descontos

A medida se aplicará a um total de 175 bolsistas do Programa Bolsa Universidade (PBU) integrados à modalidade com isenção tributária e que possuem prazo até 2023.

22 de janeiro de 2021

Sindicato das escolas particulares recomenda aulas on-line no AM

Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Amazonas orientam sobre aulas 100% na modalidade de ensino remoto por conta da pandemia de Covid-19

21 de janeiro de 2021