fbpx

terça, 20 de abril de 2021

Cientistas sugerem lockdown para conter a tragédia no Amazonas

O pico da segunda onda em Manaus ainda não chegou e se não for adotado o lockdown os números de mortes serão ainda maiores, alerta grupo de cientistas.

11 de janeiro de 2021

Compartilhe

O Amazonas enfrenta a segunda onda da pandemia da covid-19 sem perspectiva de vacina e lockdown ( Foto: Divulgação)

Diante de uma tragédia anunciada anteriormente pelo grupo de pesquisa do qual faz parte, o doutorando do Programa de Biologia, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Lucas Ferrante, alerta que o pico da segunda onda em Manaus ainda não chegou e se não for adotado o lockdown os números de mortes serão ainda maiores.

“O caminho para Manaus é um lockdown mais extensivo porque já houve negligência do governador, do prefeito anterior e houve negligência do presidente da república”, disparou Ferrante.

A afirmação aumenta a sensação de insegurança em virtude do cenário trágico, visto que em apenas dez dias deste mês, Manaus bateu os recordes nos números de mortes e sepultamentos, em comparação com o pico da primeira onda da pandemia, registrado no período entre o final de abril e início de maio, do ano passado. 

“Nós estamos fazendo estas previsões em modelos matemáticos epidemiológicos. Esse pico da pandemia ainda não chegou ao topo. Nós temos um delay entre quando acontecem as aglomerações, até se iniciarem as internações e depois as mortes. Nós ainda não tivemos as internações e muito menos as mortes em decorrência das aglomerações promovidas no Natal e no Ano Novo”, afirmou o cientista.

Lucas informa que as internações geralmente acontecem 14 dias depois das aglomerações e as mortes se iniciam 21 dias depois.

Revista científica Nature

O grupo formado por cientistas vinculados a institutos como UFAM, UFMG, INPA e Butantan previu a primeira onda em agosto do ano passado e publicou no artigo entitulado “Políticas do Brasil condenam o Amazonas a uma segunda onda da Covid-19”.

” No dia 17 de abril, quando o número acumulado de casos confirmados no Amazonas totalizou 1.809 e os óbitos confirmados totalizaram 145 , alertamos que o distanciamento social estrito em Manaus e a restrição de viagens de passageiros em todo o estado e interestadual (rodoviário, aéreo e fluvial) seriam necessários para evitar que o coronavírus causador SARS-CoV-2 se propagasse no interior do estado”, lembram os pesquisadores.

“Nenhuma dessas medidas foi tomada e, entre a data do alerta e 20 de julho, os casos confirmados no Amazonas aumentaram 4.951% (atingindo 91.389), e os óbitos confirmados aumentaram 2.069% para um total de 3.146, segundo dados do Fundação de Vigilância Sanitária do governo estadual.” escreveram os cientistas no artigo (https://science.sciencemag.org/content/368/6488/251.1).

Somente com lockdonw e vacina Manaus teria redenção

Os cientistas ainda alertam que somente o lockdown com fechamento de igrejas, academias e colaboração massiva da população tanto para o isolamento, quanto para a vacinação.

“Nós precisamos de um lokdown extensivo com a colaboração da população e do comércio que tem feito um lobby para abrir, mas precisa entender que sem fechar tudo nós ainda vamos ter que fechar mais duas ou três vezes até o final do ano”, recomenda o cientista.

Em relação à vacinação, Lucas Ferrante observa que o Governo Federal patina no enfrentamento ao grave quadro do País, visto que não anuncia com precisão as datas do início da imunização e muito menos a logística que vai empregar para vacinar toda a população do Brasil.

“Se nós não fizermos uma vacinação o mais rápido possível, massiva da população, com conscientização total onde todas as pessoas têm que se vacinar nós não iremos resolver a pandemia em Manaus”, sentencia o doutorando.

Texto: Daniela Tipiti

Leia Mais:

Leia mais sobre Cidades

Adaf implanta internet via satélite em 51 unidades do Amazonas

A Adaf iniciou, na última semana, a implantação de internet via satélite em 51 Unidades de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) no interior do Amazonas.

19 de abril de 2021

Cultura abre nova chamada para adequação de propostas da Lei Aldir Blanc

A medida é voltada para os projetos que precisam de alterações devido aos decretos governamentais para enfrentamento da Covid-19 no Amazonas.

19 de abril de 2021

Tribunal de Contas do Amazonas avalia 22 processos nesta terça-feira

Entre os processos da pauta está a prestação de contas da então secretária de Assistência Social do Estado (Seas) em 2019, Maria Joseilda Pinheiro.

19 de abril de 2021

Instituto intensifica atendimento ao produtor em Itacoatiara

O Idam realizou atendimento a 150 pequenos produtores de oito comunidades de Itacoatiara, incluindo cadastramento para emissão do Cartão do Produtor Primário.

19 de abril de 2021

Fundação inicia ‘Semana dos Povos Indígenas’ nesta segunda-feira

Fundação Estadual do Índio lança a Semana dos Povos Indígenas, com programação que inicia nesta segunda-feira e vai até dia 23,

19 de abril de 2021

Sine retorna aos atendimentos presenciais no shopping Phelippe Daou

Os atendimentos ao público externo serão realizados mediante agendamento prévio no site do Sine, mas os serviços permancem em funcionamento pelo Whatsapp.

18 de abril de 2021

Mural de 34 metros recupera memória indígena no Centro Histórico

A Praça Dom Pedro II foi escolhida para receber a exposição por ser um antigo cemitério indígena de Manaus. O mural será inaugurado amanhã para comemorar o Dia do Índio.

18 de abril de 2021

Governo lança edital para criação da identidade visual de 125 anos do Teatro Amazonas

Podem participar pessoas físicas e jurídicas, maiores de 18 anos, artistas locais, profissionais e estudantes de artes, designer e publicidade. Inscrições vão até 31 de maio.

17 de abril de 2021