fbpx

terça, 18 de janeiro de 2022

Pesquisadores do Inpa estão entre cientistas mais influentes do mundo

Fearnside e Magnusson estão na lista dos 100 mil cientistas mais influentes do mundo. O levantamento considera citações de trabalhos científicos ao longo da carreira.

27 de novembro de 2020

Compartilhe

Fearnside e Magnusson iniciaram suas publicações científicas ainda na década de 1970. (Foto: Divulgação)

Os pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) Philip Fearnside e William Magnusson estão na lista dos 100 mil cientistas mais influentes do mundo, segundo levantamento que usou a base Scopus (a maior base de dados de resumos e citações de literatura científica revisada por pares) e considera citações de trabalhos científicos ao longo da carreira e em um único ano (2019).

O estudo foi realizado por pesquisadores do Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública da Universidade de Stanford (Estados Unidos), liderados por John Ioannidis.

Publicações Científicas

Os biólogos Fearnside e Magnusson iniciaram suas publicações científicas ainda na década de 1970 e possuem vasta trajetória nos estudos sobre serviços ambientais e biodiversidade da Amazônia, respectivamente.

Ambos são pesquisadores 1 A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), nível mais alto de produtividade dos cientistas brasileiros, e membros da Academia Brasileira de Ciências (ABC).

“É gratificante ter esta honra, sobretudo porque pode ajudar trazer mais atenção à importância da Amazônia e dos seus serviços ambientais”, contou Fearnside, identificado como o quarto mais influente no Brasil em todas as áreas em termos de citações aos trabalhos e o mais influente na área de ecologia.

Foco em serviços ambientais

Os estudos do pesquisador focam em serviços ambientais da Amazônia, como a manutenção da estabilidade climática, da biodiversidade e da função da floresta em reciclar água.

O estudo foi publicado em um artigo do Journal Plos Biology, de outubro de 2020, e considerou os 100 mil cientistas de maior impacto do mundo, com dois rankings, um com citações ao longo da carreira (Tabela-S6-career-2019) e o outro somente com impactos das citações do pesquisador em único ano, no caso 2019 (Tabela-S7-singleyr-2019). São fornecidos dados detalhados de métricas, como com e sem citações e proporções de citações para os artigos. Os pesquisadores foram classificados em 22 áreas científicas e 176 subáreas.

“Este resultado mostra a importância da pesquisa desenvolvida pelo Inpa”, destacou Magnusson que desde 1979 trabalha no Inpa e possui mais de 250 artigos publicados sobre uma ampla variedade de grupos taxonômicos.

Leia mais Dia a Dia

Sisu e Prouni abrem inscrições em fevereiro; Fies, em março

Para concorrer aos processos seletivos para programas de acesso ao ensino superior -- Prouni, Sisu e Fies --, estudante precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio.

18 de janeiro de 2022

População de Manaus foi a que mais engordou durante a pandemia

Relatório Doenças Crônicas e Seus Fatores de Risco e Proteção mostra que, em 2020, 24,9% dos manauaras adultos apresentavam obesidade, maior índice entre as capitais.

18 de janeiro de 2022

Em 2021, devastação do bioma Amazônia cresceu 49% só no Amazonas

De acordo com dados do Imazon, em 2021 o Amazonas foi o estado da região que registrou o maior crescimento na devastação do bioma em relação ao ano anterior.

18 de janeiro de 2022

Casos de Covid no Amazonas aumentam e visitas em hospitais são suspensas

Em caso de acompanhantes, têm direito pacientes acima de 60 anos, pessoas com deficiência, menores de 18 anos ou mulheres no pré-parto e pós-parto.

18 de janeiro de 2022

Teatro Amazonas recebe festival de cinema Olhar do Norte

A quarta edição do festival Olhar do Norte foi contemplada pelo Programa Cultura Criativa – 2021/AM, realizado pelo Governo. Ao todo, 17 filmes concorrem em nove categorias.

18 de janeiro de 2022

Semsa garante que estoque de testes para Covid-19 é suficiente para demanda

A preocupação é decorrente do que já acontece em São Paulo que, com estoque para oferecer os testes por apenas mais 15 dias, limitou a testagem e grupos de risco.

18 de janeiro de 2022

Pelo quinto dia seguido, Amazonas registra mais de mil casos de Covid-19

Desde o dia 11 de janeiro, o Amazonas registra números de casos positivos acima de mil por dia. A partir do dia 13, os registros começaram a superar os dois mil casos.

18 de janeiro de 2022

Segundo Centro de Testagem para Covid-19 será aberto nesta quarta-feira

Na semana passada, a Prefeitura abriu o primeiro centro de testagem, no Centro de Convenções Studio 5. Este segundo ponto terá capacidade para realizar 200 testes por hora.

18 de janeiro de 2022