fbpx

quinta, 19 de maio de 2022

Ópera ‘O Menino Maluquinho’ estreia no Teatro Amazonas neste domingo

Festival de Ópera traz montagem do clássico infantil 'O Menino Maluquinho'. Davi Lucas é o protagonista, Melissa Maia assina o figurino e Matheus Sabbá, a direção cênica.

13 de maio de 2022

Compartilhe

Davi Lucas é o protagonista, Melissa Maia assina o figurino e Matheus Sabbá, a direção cênica. (Fotos: Antônio Lima e Michael Dantas/SEC-AM)

A obra ‘O Menino Maluquinho‘, do cartunista Ziraldo, vai estrear no palco do Teatro Amazonas, no Centro de Manaus, neste domingo (15), às 17h. A apresentação faz parte do 24º Festival Amazonas de Ópera (FAO). Os ingressos estão à venda.

Com ‘O Menino Maluquinho’, Ziraldo apresentou ao mundo um dos personagens brasileiros mais conhecidos, na década de 1980. A obra já ganhou adaptação em tiras e quadrinhos, filme, cantata.

Agora, a obra inspirou a montagem do compositor e maestro Ernani Aguiar. Com um elenco 100% amazonense, a ópera vai estrear no Amazonas.

O FAO chega a sua 24ª edição com montagens diferenciadas, entre elas, o clássico infantil, encenado por artistas locais, com a participação do Coral Infantil e Infantojuvenil do Liceu de Artes e Ofício Claudio Santoro. 
 
“A ópera traz uma abordagem afetuosa da obra de um escritor brasileiro e reúne os nossos artistas, encenando um gênero que ganhou popularidade no Estado, a partir do Festival Amazonas de Ópera. Optamos por uma montagem de fácil entendimento, com crianças e jovens no palco e na plateia”, destaca Marcos Apolo Muniz, secretário de Cultura e Economia Criativa.
 
Com a direção musical e regência do maestro Otávio Simões, a ópera traz o ator Davi Lucas interpretando o Menino Maluquinho. A direção cênica é de Matheus Sabbá.

“Com toda certeza, é um espetáculo que fala da relação da criança com o seu entorno. Então, os adultos também fazem parte desse universo e conseguem se reconhecer”, comenta o diretor, que também iniciou a carreira artística como aluno do Liceu Claudio Santoro.

O figurino da montagem é assinado por Melissa Maia, e foi confeccionado com 80% de tecidos recicláveis, pelas mãos de 50 costureiras que trabalham no Centro Técnico de Produção (CTP).

Por dentro da história

“Uma infância cheia de amor, uma criança com a imaginação aflorada e um mundo transformado pela visão livre do Menino Maluquinho, traz a ópera escrita por Ernani Aguiar”, adianta Ligiana Costa, dramaturgista do FAO.
 
O clássico infantil, em formato de ópera, conta ainda com a namorada de Maluquinho, Julieta, e o melhor amigo dele, Bocão, interpretados por Lunna e Thaylon, ambos artistas do Liceu Claudio Santoro. 

“A ópera narra a trajetória de um menino que tem a capacidade de brincar com o tempo. Maluquinho é um menino alegre, cheio de imaginação e que adora aprontar e viver aventuras com os amigos. Uma das manias do personagem é usar um panelão na cabeça”, acrescenta Ligiana, que, no dia da estreia, vai comandar um bate-papo com o diretor da ópera, Matheus Sabbá, às 16h, no palco do Teatro Amazonas.

Ingressos

A montagem de Ziraldo tem, ainda, apresentações nos dias 21 e 28 de maio, ambas no Teatro Amazonas, às 19h.

A classificação é livre, e os ingressos estão à venda na www.bilheteriadigital.com e na bilheteria do Teatro Amazonas.

Festival de Ópera

O FAO começou no dia 29 de abril e segue até 31 de maio, na capital e interior. Cinco óperas, recitais, concertos, workshop e encontro de economia criativa estão na agenda do evento. 

A programação inclui atrações no Teatro Amazonas, Teatro da Instalação, centros culturais Palácio da Justiça e Palácio Rio Negro e também no interior. As estreias das óperas são transmitidas pela TV Encontro das Águas e nas redes sociais da @culturadoam.
 
O FAO é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC). O projeto, aprovado na Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura, tem patrocínio master do Bradesco e patrocínio da Innova.

“Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. Além do Teatro Bradesco, o banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do país, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte”, ressalta o patrocinador.

Entre os eventos patrocinados pela instituição bancária estão eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros. O banco também mantém o Bradesco Cultura, plataforma digital que reúne conteúdo relacionado às iniciativas culturais que contam com o patrocínio da instituição. É possível conhecer em cultura.bradesco.
 
Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

STF mantém multa para motoristas que recusem teste de bafômetro

A Corte se manifestou à favor das sanções aos motoristas que se recusem a fazer o teste de bafômetro e contra a comercialização das bebidas nas rodovias.

19 de maio de 2022

Wilson anuncia construção de 50 pontes de concreto em 16 bairros de Manaus

O investimento é de R$ 70 milhões e integra o programa +Pontes, executado pelo Governo do Amazonas. Bairros de 5 zonas da cidade serão contemplados.

19 de maio de 2022

TCE-AM suspende pregão para aluguel de ambulâncias em Itacoatiara

O relator do processo no TCE estabeleceu prazo de 15 dias para que a Prefeitura de Itacoatiara apresente documentos ou justificativas sobre a exigência de documentos

19 de maio de 2022

PcDs terão acesso gratuito no jogo Guarani x Vasco na Arena da Amazônia

Além da gratuidade na Arena Amazônia, a norma do Estado do Amazonas também assegura que o acompanhante de PcDs pague 50% do valor do ingresso cobrado.

19 de maio de 2022

Ação conscientiza motoristas sobre dificuldades vividas por ciclistas

Ação 'Convivência Legal' consiste em fazer, por meio de simulações, com que motoristas de ônibus sintam na pele o que sente o ciclista quando é ameaçado nas ruas.

19 de maio de 2022

Conservar a Amazônia é mais barato do que as áreas protegidas da Europa

Valor por hectare da conservação da Amazônia Brasileira é sete vezes menor do que manter as áreas protegidas da União Europeia conforme estudo.

18 de maio de 2022

UGPE abre licitação para reforma do Parque Senador Jefferson Peres

O parque Jefferson Peres é administrado pela Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e o critério de escolha será a empresa com proposta de menor valor.

18 de maio de 2022

Cozinha popular na zona Norte de Manaus vai servir 400 litros de sopa por dia

A unidade no bairro Alfredo Nascimento é a terceira reinaugurada pelo governador Wilson Lima após reforma. Bairros Novo Israel e Compensa já têm cozinhas revitalizadas.

18 de maio de 2022