fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Novembro Azul: Homens precisam estar atentos aos cuidados com a saúde

No Amazonas, estima-se que 480 homens sejam diagnosticados com a doença. A boa notícia é que o tumor tem 90% de chances de cura, quando diagnosticado na fase inicial.

3 de novembro de 2020

Compartilhe

Quando detectada na fase inicial, a doença tem 90% de chances de cura. (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de alertar o homem para os cuidados com a saúde, começou, no último domingo (1º), a campanha Novembro Azul, que tem como tema “Seja herói da sua saúde”.

O movimento mundial visa alertar o público masculino, por meio de ações educativas, sobre a importância do diagnóstico precoce para a prevenção de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão.

A iniciativa ocorre em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata – celebrado no dia 17 de novembro.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), mastologista Gerson Mourão, ao contrário das mulheres, culturalmente, os homens não cuidam da saúde, o que tem contribuído para muitas mortes prematuras.

Segundo ele, as mulheres têm um papel importante, uma vez que são elas que acabam levando, até mesmo obrigando, os maridos a procurarem por um médico.

Estimativa

São estimados para o país em 2020, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), mais de 65 mil novos casos de câncer de próstata. No Amazonas, estima-se que 480 homens sejam diagnosticados com a doença.

A boa notícia é que o tumor tem 90% de chances de cura, quando feito o rastreio e diagnosticado na fase inicial, explica o médico urologista da FCecon, Giuseppe Figliuolo.

“O câncer de próstata é o tumor mais prevalente entre os homens, que acomete principalmente na terceira idade, a partir dos 60 anos, mas também pode acometer indivíduos mais jovens. Significa que ele tem tempo para buscar atendimento médico e realizar o rastreio, mas não o faz, talvez pelo preconceito em relação ao exame de toque retal”, frisa Figliuolo.

Diagnóstico

O diagnóstico, pontua Figliuolo, é feito por meio do teste de antígeno prostático específico (PSA), com amostra de sangue, e o toque retal, que é um exame simples, rápido, indolor e salva vidas.

Rastreio

Segundo o médico especialista, a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) recomenda o início do rastreio com 45 anos, para quem tem casos de câncer de próstata na família, por exemplo, pai, irmão e/ou tio.

Ele explica que caso não haja antecedentes familiares, os exames de diagnóstico podem ser feitos a partir de 50 anos.

Sintomas

O câncer de próstata é assintomático, como qualquer outro tumor, alerta o médico especialista, de forma que os sinais e sintomas só irão se manifestar quando a doença estiver em estágio avançado.

“O homem apresenta emagrecimento, dor óssea, impotência sexual, sangue na urina, às vezes, retenção urinária, sendo necessário colocar cateter e/ou sonda”, alerta Figliuolo.

Tratamento

A Fundação Cecon disponibiliza aos pacientes uma gama de possibilidades de tratamento ao paciente com câncer de próstata, da fase inicial à metastática.

Segundo o médico, são oferecidos os tratamentos convencionais, como a cirurgia a céu aberto e a laparoscópica, além da radioterapia, quimioterapia e hormonioterapia.

“Temos como tratar o paciente em todos os estágios da doença para obtenção da cura. A medicina evoluiu muito, então, quando diagnosticado em uma fase precoce, o paciente pode ser tratado com cirurgia ou radioterapia, em fases avançadas, existe o tratamento com hormonioterapia e quimioterapia. Mesmo o paciente com metástase, ainda assim conseguimos dar qualidade de vida, aumentar o tempo de sobrevida com o tratamento adequado”, pontua.

Aumento de casos

Conforme o médico especialista, a justificativa para o aumento no número de casos de câncer de próstata se deve a dois motivos. “Primeiro, as técnicas de diagnóstico – exames de imagem, PSA, biópsias – evoluíram muito.

Segundo, a expectativa de vida do brasileiro ultrapassou os 70 anos. Até a década de 1980, por exemplo, não tínhamos o PSA, e esse tipo câncer é uma doença da terceira idade”, explica.

Leia mais Dia a Dia

Amazonas confirma primeiro caso de sarampo em criança de Manacapuru

Criança de 1 ano de idade, moradora de Manacapuru – que não tem histórico de tomar a tríplice vacina – contraiu o sarampo e está sendo acompanhada pela FVS.

26 de maio de 2022

Animação reforça campanha de combate ao abuso sexual infantil virtual

A animação traz mensagens sobre o acesso precoce à tecnologia, cuidado com o compartilhamento de imagens e informações pessoais, grooming e outros.

26 de maio de 2022

Projeto para estimular estudos epidemiológicos é debatido em Manaus

Amazonas tem a maior taxa de incidência de tuberculose do país com 64,8 casos por 100 mil habitantes em 2020, segundo dados do Ministério da Saúde.

26 de maio de 2022

OAB-AM e Seap realizam audiência pública nesta quinta-feira em Manaus

A Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Amazonas e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) irão tratar sobre as solicitações dos advogados criminalistas.

26 de maio de 2022

Vacinação estagnada pode resultar em uma nova ‘onda’ de Covid-19

Para o titular da Saúde do Amazonas, as pessoas estão "relaxadas". Ele pede que as pessoas fiquem em alerta e se previnam o quanto antes para evitar um novo surto da doença.

25 de maio de 2022

Norma que proibia prisão disciplinar de policiais e bombeiros é derrubada

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, disse que militares estaduais e distritais devem responder disciplinarmente a governadores e não ao Executivo Federal.

25 de maio de 2022

Prefeitura divulga lista de profissionais aprovados para Semsa

Também consta no Diário Oficial do Município a lista dos classificados para a cota de pessoa com deficiência, usando critério específicos do Edital 001/2021 da Semsa.

25 de maio de 2022

IBGE: no AM, 2,3% dos adultos se dizem homossexuais ou bissexuais

Número corresponde a 60 mil pessoas. Amazonas é a terceira unidade federativa com o maior percentual de pessoas que se declaram homossexuais ou bissexuais, junto com SP e RJ.

25 de maio de 2022