fbpx

sexta, 21 de janeiro de 2022

Nas últimas 24h, rio Negro registra o menor volume de cheia em 50 dias

O rio Negro encerrou o ano de 2021 com a cota de 23,79 metros. Já em 2020, no mesmo período, o nível do rio ficou na cota de 21,11 metros.

5 de janeiro de 2022

Compartilhe

Cheia do rio Negro (Foto: Ruan Souza/Semcom)

O nível do rio Negro subiu apenas 4 centímetros nas últimas 24 horas. O resultado é o menor em 50 dias após os indícios da cheia do rio iniciada no dia 6 de novembro de 2021. A última vez que o nível do rio Negro subiu apenas 4 centímetros foi no dia 16 de novembro do ano passado. De lá pra cá os níveis diários eram acima da marca.

Desde que teve início a cheia do rio Negro, no dia 6 de novembro do ano passado, o nível do rio subiu 1,97 metro até o dia 6 de dezembro. Na ocasião, a cota era de 21,42 metros. No mesmo período de 2020, a cota era de 18,07 metros – uma diferença de 3,35 metros a mais em 2021.

Até o dia 5 do mês passado, período completo de 30 dias do início da cheia, o nível do rio havia subido 1,90 metro.

No dia 18 de novembro do ano passado, o nível do rio Negro chegou a ser 3,05 metros maior que o mesmo período em 2020. Naquele período, o rio Negro alcançou 19 metros e 91 centímetros. Naquele mesma data em 2020, o nível era de 16 metros e 86 centímetros.

Rio Negro fechou novembro com 20,97 metros

Em novembro deste ano, o nível das águas do rio Negro subiu 1,52 metro. O nível do mês fechou em 20,97 metros.

Comparando o período atual com o mesmo do ano passado, a diferença é de 3,46 metros, pois novembro de 2020 a cota do rio fechou em 17,51 metros.

Os maiores volumes diários foram nos dias 22 e 23, segunda e terça-feira, respectivamente, quando o rio subiu 10cm por dia.

Nível do rio Negro fechou 2021 em 23,79 metros

O rio Negro encerrou o ano de 2021 com a cota de 23,79 metros. O maior volume diário foi registrado na véspera do Natal, dia 24, quando o nível do rio subiu 12 centímetros. No mesmo mês, o nível do rio registrou outros altos índices de volumes, como 11 e 10 cm.

No ano de 2020, o rio Negro ficou com a cota de 21,11 metros. Porém, naquele ano, o maior volume diário de cheia foi registrado no dia 30, quando o nível subiu 16 centímetros.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Covid-19: Amazonas teve queda de 98% nos óbitos em relação a 2021

Analisando os primeiros 19 dias de 2022 com o mesmo período de 2021, observa-se que o número de casos de continua alto, mas os óbitos e internações reduziram drasticamente.

21 de janeiro de 2022

Com queda de 50% no estoque, Hemoam convoca doadores com urgência

Pessoas saudáveis estão sendo convocadas para doarem sangue e garantir a realização de cirurgias eletivas. Ontem, abastecimento de sangue registrou queda de 50%.

21 de janeiro de 2022

Vacinação de idosos contra Covid-19 reduziu mortes em 63%, em Manaus

Estudo da Fiocruz/Amazônia feito em Manaus comprovou eficiência da vacinação contra Covid-19 na redução de óbitos e internações de pessoas com mais de 60 anos, em mais de 60%

21 de janeiro de 2022

Operação Cidade Mais Segura realizou mais de 400 abordagens na zona Norte

Cerca de 70 agentes das forças de segurança, entre policiais civis e militares, estiveram envolvidos na ação, além do apoio de 30 viaturas.

21 de janeiro de 2022

Elza Soares, ícone da música brasileira, morre aos 91 anos em casa

Elza começou a carreira cantando "Se Acaso Você Chegasse" em 1959, e se dedicou ao gênero nos anos 60. Ela é considerada uma das maiores cantoras do Brasil.

20 de janeiro de 2022

Após estabilizar, nível do rio Negro desce dois centímetros nas últimas 24h

Em 2021, a primeira vez que o nível do rio Negro registrou diminuição foi em 14 de junho, quando baixou um centímetro.

20 de janeiro de 2022

Anvisa libera CoronaVac para crianças e adolescentes entre 6 e 17 anos

Decisão foi unânime. Esquema vacinal é o mesmo recomendado para adultos: duas doses aplicadas em intervalo de 28 dias. Agência vetou dose para menores imunossuprimidos.

20 de janeiro de 2022

Técnicos da Anvisa recomendam CoronaVac na faixa de 6 a 17 anos

A aprovação ou não do imunizante para esta faixa ainda depende da votação da Diretoria Colegiada da Agência de Saúde, que ainda está em andamento.

20 de janeiro de 2022