fbpx

domingo, 05 de dezembro de 2021

MPF quer indígenas do Amazonas em grupo prioritário de vacinação

A recomendação do MPF vai beneficiar com a vacina contra Covid cerca de 20 mil indígenas do Amazonas residentes em Manaus ou no entorno.

18 de fevereiro de 2021

Compartilhe

População de indígenas do Amazonas deve ser incluída em grupo prioritário (Foto: Divulgação)

O Ministério Público Federal (MPF) expediu recomendação para que todos os indígenas do Amazonas sejam inseridos no grupo prioritário de vacinação contra Covid-19, incluindo os que vivem em contexto urbano ou em áreas não regularizadas, no prazo de cinco dias. A estimativa é de que Manaus abrigue 20 mil indígenas.

O documento, enviado ao Ministério da Saúde, à Secretaria de Vigilância em Saúde, ao Estado do Amazonas, à Fundação de Vigilância em Saúde e aos municípios do Amazonas, prevê a destinação de dose em quantidades adequada para atender ao público mencionado.

Acompanhamento da vacinação indígena

De acordo com a recomendação, a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e os Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis) do Amazonas devem acompanhar e auxiliar os órgãos de saúde para a adequada vacinação de todos os indígenas do estado de forma prioritária. Capacitação de servidores, esclarecimento de dúvidas e apoio antropológico são algumas das medidas a serem adotadas pela Sesai e pelos Dseis para colaborar com municípios e estado na vacinação.

O MPF recomenda também que, para a efetivação da imunização, sejam consideradas as propostas apresentadas pelo Grupo de Trabalho para Todos os Indígenas do Amazonas quanto às formas de identificação dos indígenas em contexto urbano e áreas não regularizadas para inclusão no grupo prioritário de vacinação, que incluem a apresentação do Registro Administrativo de Nascimento do Índio (Rani), de documentos expedidos por organizações indígenas ou por instituições públicas, como universidades e Fundação Nacional do Índio (Funai), entre outras alternativas.

São 20 mil indígenas em Manaus

Estimativas da Coordenação dos Povos Indígenas de Manaus e Entorno (Copime) e da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) apontam a existência de pelo menos 20 mil indígenas vivendo em Manaus, grande parte deles nascidos em terras indígenas.

Manaus também concentra população de indígenas migrantes venezuelanos do povo Warao, em serviços de acolhimento do município de Manaus, o que, somado ao alto grau de vulnerabilidade social e de deficiências nutricionais e de acesso a saúde, aumenta potencialmente as condições de transmissão e de agravos causados pela Covid-19.

Políticas emergenciais

O MPF cita, na recomendação, o Plano Emergencial para Enfrentamento à Covid-19 nos territórios indígenas, criado pela Lei nº 14.021/2020, que inclui como público-alvo das políticas emergenciais definidas em face da Covid-19 “indígenas que vivem fora das terras indígenas, em áreas urbanas ou rurais” e “povos e grupos indígenas que se encontram no país em situação de migração ou de mobilidade transnacional provisória”.

Leia mais:

Leia mais Dia a Dia

RealTime1 mostra o drama do garimpo no rio Madeira, no Amazonas

O jornalista Caio Fonseca, enviado especial do RealTime1 à região de garimpo no rio Madeira, acompanhou de perto as famílias que dependem da atividade para sobreviver.

4 de dezembro de 2021

Cenário epidemiológico aponta queda nas notificações de rabdomiólise

Doença causada, ao que parece, pela ingestão de peixes contaminados, segue monitorada pelas autoridades sanitárias do Estado.

4 de dezembro de 2021

Prefeitura abre processo seletivo para cursos de empreendedorismo

Serão duas mil vagas em cursos de capacitação empreendedora promovidos pela Semtepi e o Instituto Visão Amazônica.

4 de dezembro de 2021

Moradores na comunidade da Sharp são orientados sobre o Prosamin+

A entrega dos certificados começa na segunda-feira (6) aos primeiros 427 imóveis cujas famílias cadastradas serão reassentadas antes do início das obras no local.

4 de dezembro de 2021

Hospital 28 de Agosto nega aumento de internações por Covid-19 no AM

Diretora da unidade divulgou vídeo nesta sexta-feira (3) para desmentir lotação na sala rosa, instalada na unidade para casos confirmados de Covid-19.

3 de dezembro de 2021

Ômicron assusta amazonenses: maioria opta por não ter Carnaval em 2022

Chegada da variante Ômicron no Brasil e o aumento dos casos de Covid-19 no Amazonas podem impor a ampliação do jejum do Carnaval, que não é realizado há quase dois anos.

3 de dezembro de 2021

Vacinação contra a Covid-19 terá 20 pontos em Manaus neste sábado

Toda a lista de postos de vacinação fica disponível no site da Semsa. A população pode verificar as datas para aplicação de 2ª ou 3ª dose no Imuniza Manaus.

3 de dezembro de 2021

Vacinas agem contra covid grave, mesmo com chegada de nova variante

Richard Lessels, especialista em doenças infectocontagiosas, diz que vacinas são a ferramenta que pode evitar a doença grave e a hospitalização.

3 de dezembro de 2021