fbpx

domingo, 14 de agosto de 2022

Moradores da Comunidade da Sharp recebem certificação de imóveis

Um total de 2.123 imóveis cadastrados deverão sair do local, por estarem em área de intervenção das obras ou sob risco de alagação.

7 de dezembro de 2021

Compartilhe

Os documentos estão sendo entregues aos moradores dos primeiros 427 imóveis contemplados (Foto: Divulgação)

O Governo do Amazonas deu início, ontem (6), à entrega de certificados de cadastro de imóvel aos moradores que serão reassentados na Comunidade da Sharp, no bairro Armando Mendes, zona Leste, pelo Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+). As equipes da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) entregarão 427 certificados de imóveis nos próximos dias.

A certificação é uma das etapas do plano de reassentamento da UGPE. É o documento com o qual o beneficiário do programa abrirá seu processo de solução de moradia junto à Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab).

As soluções de reposição de moradia são apartamentos construídos pelo programa, indenizações, bônus moradia ou auxílio moradia, definidos conforme o perfil do imóvel cadastrado e da família, identificados previamente pela UGPE e depois analisados pela Suhab.

A comunidade da Sharp será a maior área de intervenção da nova fase do Prosamin+ e onde haverá o maior número de reassentados. Um total de 2.123 imóveis cadastrados deverão sair do local, por estarem em área de intervenção das obras ou sob risco de alagação.

Inicialmente, serão certificados os 427 imóveis que estão na área de intervenção das primeiras frentes de obras.

O coordenador executivo da UGPE, engenheiro civil Marcellus Campêlo, explica que a desapropriação será feita de forma linear, dividida em 19 frentes, cujos imóveis serão retirados conforme o avançar das obras.

Primeiro, segundo Campêlo, irão sair os 282 imóveis da frente 4 e mais 140 da frente 5. “Conforme o avançar das frentes de obras, novas certificações serão feitas para seguirmos com os reassentamentos”, disse.

Segundo o coordenador, o cronograma de obras foi antecipado, a partir da liberação de recursos da contrapartida estadual, o que permitiu o lançamento, em novembro, de dois editais de licitação para a construção de 112 unidades habitacionais. A ideia é acelerar o processo de reassentamento na área da Sharp que, anualmente, sofre as consequências das alagações.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Daniel Meirelles Pereira toma posse como novo diretor da Anvisa

Até a última quinta-feira (11), Fernandes Pereira ocupava o cargo de secretário-executivo do Ministério da Saúde. Por lei, os mandatos na Anvisa têm duração de cinco anos.

12 de agosto de 2022

Pavimentação da BR-319 tem risco de mais grilagem, apontam documentos

É grande o risco da pavimentação da BR-319 atrair mais grileiros para a região, segundo documentos do Ibama e do material para relatório do EIA/Rima.

11 de agosto de 2022

WhatsApp passa a permitir apagar mensagens após dois dias

A mudança antecipou um pacote de novidades divulgado nesta terça-feira (9) na rede social. Ainda este mês será possível esconder o status online.

10 de agosto de 2022

Obras do Complexo Viário dos anéis Sul e Leste seguem em ritmo acelerado

Para quem mora no entorno das obras dos Aneis Viários Sul e Leste, o projeto representa mais dignidade e progresso para a população e para a cidade de Manaus.

9 de agosto de 2022

Pacote de obras na área da segurança pública no AM chega a R$ 150 milhões

De 2019 a 2022, os recursos para reformas e reparos nas unidades policiais somam cerca de R$ 10 milhões. As obras incluem pintura, troca de fechaduras, parte elétrica, etc.

9 de agosto de 2022

Lei estadual garante visita gratuita a museus e prédios históricos do AM

A gratuidade, segundo a lei, não precisará ser concedida em dias que recaiam sobre feriados nacionais, estaduais ou municipais, ou ainda em ponto facultativo.

9 de agosto de 2022

Festejo de Santo Antônio de Borba agora é Patrimônio Cultural do AM

Festejo de Borba, realizado em junho, movimenta a economia da cidade e teve início em 1756 com eventos organizados por padres jesuítas no interior do Amazonas.

9 de agosto de 2022

Lei Aldir Blanc pode salvar Cultura com a Rouanet desmontada

Lei Aldir Blanc 2 pode recuperar vácuo da Lei Rouanet que foi paralisada no Governo Bolsonaro e democratizar mais o acesso aos recursos pelos trabalhadores da Cultura.

8 de agosto de 2022