fbpx

domingo, 16 de janeiro de 2022

Intervalo da dose de reforço anticovid em idosos diminui para 3 meses

Medida é recomendada em Nota Técnica emitida pela FVS-RCP e Secretaria de Saúde e visa ampliar a proteção para faixa da população mais vulnerável a formas graves da doença.

29 de dezembro de 2021

Compartilhe

Governo do Amazonas espera avançar ainda mais na cobertura vacinal da população (Foto: Divulgação)

O intervalo para aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para a população a partir de 60 anos, no Amazonas, foi reduzido para três meses, conforme Nota Técnica da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) e da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM).

O novo intervalo, válido para todo o estado, visa ampliar a proteção para faixa da população mais vulnerável a formas graves da doença.

Conforme preconiza o Ministério da Saúde, as vacinas utilizadas para a dose de reforço devem ser Astrazeneca e Pfizer. A Nota Técnica recomenda que cada município deve avaliar o seu estoque e buscar otimizar o uso das doses existentes para potencializar a vacinação.

Na atual etapa da Campanha de Vacinação, a distribuição de vacinas aos municípios estará condicionada ao planejamento local, com a finalidade de evitar perdas de doses.

Além de ampliar a proteção na faixa mais vulnerável da população, a redução do intervalo para a dose de reforço é medida de prevenção em relação ao avanço da variante Ômicron, que possui um índice de transmissibilidade maior que as demais variantes do novo coronavírus.

Até o momento, no Brasil, a Ômicron foi diagnosticada em cinco estados, com transmissão comunitária em São Paulo. No Amazonas, ainda não há registros da variante, segundo dados do Instituto Leônidas e Maria Deane (Fiocruz-Amazônia), para onde a FVS-RCP encaminha amostras de casos positivos da Covid-19 para sequenciamento genético.

Com a redução do intervalo da aplicação da dose de reforço, o Governo do Amazonas espera avançar ainda mais na cobertura vacinal da população e obter adesão maior à estratégia da dose de reforço.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Pela primeira no ano, Amazonas registra mais de 3 mil de covid-19

É o maior registro desde 30 de janeiro de 2021, quando o estado registrou 4.420 casos de covid, por causa da segunda onda da doença potencializada pela variante P.1, a Gama.

16 de janeiro de 2022

Matrículas para novos alunos da rede pública estadual iniciam nesta segunda-feira

Reserva da vaga poderá ser realizada via site de matrículas e presencialmente, nas escolas públicas da rede estadual e municipal. O prazo vence na terça-feira (18).

16 de janeiro de 2022

Manaus registra o segundo maior número de enterros de janeiro

Neste sábado (15), foram registrados 45 enterros em cemitérios da Prefeitura. Dois enterros tiveram como causa a covid-19. A partir do dia 3, os números passaram de 40.

16 de janeiro de 2022

Brasil recebe segunda remessa com 1,2 milhão de doses da vacina pediátrica da Pfizer

A vacinação de criança de 5 a 11 anos começou neste fim de semana na maioria dos estados brasileiros. Em Manaus, a vacinação infantil inicia nesta segunda-feira (16).

16 de janeiro de 2022

Centro Municipal de Testagem no Studio 5 retoma exames nesta segunda-feira

O centro funciona de segunda a sábado das 09h00 às 19h00 no Centro de Convecções Studio 5, Distrito Industrial I. O ponto de testagem funciona desde esta quarta-feira (12).

16 de janeiro de 2022

Prefeitura de Manaus oferta 183 vagas de emprego nesta segunda–feira

As 183 vagas oferecidas pela Prefeitura são de várias áreas de atuação. O cadastro para as vagas pode ser feito de forma digital ou presencialmente no Posto do Sine Manaus.

16 de janeiro de 2022

Vacinação de crianças de 5 a 11 anos inicia nesta segunda-feira em quatro postos

Na lista de postos, há shopping, parque, clube e centro de convivência da família que receberão o público infantil. A vacinação começa por indígenas e quilombolas.

16 de janeiro de 2022

Amazonas registra 2.638 casos de covid-19; sexto dia com registros acima de mil

Este sábado foi o segundo dia com o maior registros de casos de covid-19, perdendo só para esta sexta-feira (14), quando o estado registrou 2.782 casos positivos da doença.

15 de janeiro de 2022