fbpx

sábado, 27 de novembro de 2021

Informalidade volta a subir na 1ª semana de junho, diz IBGE

A taxa de informalidade no Brasil subiu de 34,5% na última semana de maio para 35,6% na primeira semana de junho. O dado pode significar retorno das pessoas ao mercado de trabalho.

26 de junho de 2020

Compartilhe

Atendimento médico em UBS Fluvial na Comunidade Jatuarana. (Foto: Semcom).

No mercado de trabalho, a PNAD Covid19 semanal mostra que a taxa de informalidade, ou seja, trabalhadores no mercado informal, subiu de 34,5% na última semana de maio para 35,6% na primeira semana de junho. São mais 692 mil pessoas nessa condição no Brasil.

O total de trabalhadores na informalidade, que chegou a 29,9 milhões no início de maio, caiu ao longo do mês. Posteriormente voltou a subir na primeira semana de junho, somando 29,8 milhões.

O dado pode significar retorno das pessoas ao mercado de trabalho e foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os trabalhadores informais estão os empregados do setor privado e trabalhadores domésticos sem carteira, empregados que não contribuem para o INSS; assim como trabalhadores por conta própria que não contribuem para o INSS.

Também entram na contabilidade da informalidade, os trabalhadores não remunerados em ajuda a morador do domicílio ou parente.

Aptos para trabalhar

O IBGE estima que na primeira semana de junho, 170 milhões pessoas estavam em idade para trabalhar, mas somente 83,7 milhões estavam ocupados.

Na comparação com a última semana de maio, esses números permanecem estáveis, e apontam que menos da metade (49,3%) estava trabalhando no início deste mês.

Segundo a pesquisa, caiu de 14,5 milhões para 13,5 milhões o número de pessoas ocupadas que estavam temporariamente afastadas do trabalho (em quarentena ou férias coletivas) devido ao isolamento social. Isso representa 16,1% do total de empregados do país.

PNAD Covid19

A PNAD Covid19 é uma versão da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua), realizada semanalmente com apoio do Ministério da Saúde.

O objetivo é identificar os impactos da pandemia no mercado, inclusive sobre trabalho informal, e para quantificar as pessoas com sintomas associados à síndrome gripal.

Teletrabalho na Pandemia

Na primeira semana de junho, 8,9 milhões trabalharam de forma remota, o que representa 13,2% da população ocupada e não afastada do trabalho em virtude da pandemia.

Na primeira semana de maio, esse número era de 8,5 milhões de trabalhadores, e na última, 8,8 milhões estavam em regime de home office ou teletrabalho.

Por outro lado, os desempregados que gostariam de trabalhar, mas não procuraram emprego por causa da pandemia ou por falta de vagas no local onde vivem totalizaram 17,9 milhões de pessoas.

Esse total é, portanto, relativamente estável na comparação com o fim de maio. Esse grupo correspondia a 66,8% das pessoas não ocupadas que não buscaram por trabalho e gostariam de trabalhar. 

Cai número de pessoas com sintomas de gripe

O número de pessoas com algum sintoma de síndrome gripal que procuraram atendimento médico em unidades de saúde na primeira semana de junho caiu para 2,8 milhões.

Isso representa 877 mil pessoas a menos em relação à última semana de maio (3,6 milhões).

Leia mais:

Leia mais Dia a Dia

‘Paredão’ foi responsável por 58% das apreensões de veículos roubados

Balanço do primeiro mês de operação do cerco Paredão mostra que 145 veículos foram recuperados ou apreendidos; desses, 85 com a ajuda do cerco eletrônico.

27 de novembro de 2021

Vacina Premiada divulga resultado para três eventos do fim de semana

Mais de 300 ingressos foram sorteados entre participantes com as duas doses da vacina contra Covid-19. Retirada pode ser feita neste sábado na Copacabana Chopperia.

27 de novembro de 2021

Grace Benayon recebe homenagem da OAB-AM por sua atuação na pandemia

Grace Benayon atuou pessoalmente para dar assistência aos advogados e aos seus familiares durante todo o período de alta da pandemia no Amazonas.

26 de novembro de 2021

Fcecon alerta sobre prevenção no Dia Nacional de Luta contra o Câncer

Evento do Fcecon, no Centro, chamou a atenção para os benefícios de levar uma vida saudável para evitar o câncer. Obesidade e o uso de tabaco são fatores de risco.

26 de novembro de 2021

Pacientes do ‘Pé Diabético’ recebem orientações sobre prevenção e controle

Neste ano, as altas do processo de cicatrização totalizam 148, representando a resolutividade no tratamento dos pacientes na unidade.

26 de novembro de 2021

Pfizer será testada contra nova variante identificada na África do Sul

A Pfizer e a BioNTech tem se preparado para adaptar seu imunizante em menos de seis semanas caso apareça uma variante resistente ao produto.

26 de novembro de 2021

Garimpeiros falam em armar tocaia contra a polícia no rio Madeira

O delegado da PF, Alexandre Saraiva, disse que melhor estratégia para impedir avanço das balsas de garimpo ilegal seria o corte de suprimentos usados pelos equipamentos.

26 de novembro de 2021

Nível do rio Negro subiu 1,09m nos últimos 20 dias de novembro

O rio não para de subir. Nos últimos quatro dias o nível do rio Negro subiu 36 centímetros. Hoje, o volume é de 20,53 metros, 3,28m acima do registrado em novembro de 2020.

25 de novembro de 2021