fbpx

domingo, 05 de dezembro de 2021

Hospital e escola de Nhamundá vão receber ações de revitalização e reforma

O anúncio foi feito pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, em visita ao município, quando também levou as ações da Operação Enchente 2021.

28 de junho de 2021

Compartilhe

Unidades vão ampliar e melhorar atendimentos à população do município (Foto: Divulgação)

O Hospital Coronel Pedro Macedo, a Escola Estadual do Povo Indígena Hexkaryana e a Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Professora Enery Barbosa, em Nhamundá, receberão ações de revitalização e reformas. O anúncio foi feito pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, em visita ao município, quando também levou as ações da Operação Enchente 2021 à população da cidade.

Atualmente o hospital faz cerca de 800 atendimentos por mês, segundo a gerente administrativa da unidade, Ana Façanha. “A nossa estrutura está muito defasada, a população está crescendo muito, a nossa população idosa está aumentando. Com a aplicação, nós teremos condição de atender muito mais do que atendemos hoje”, observa a gestora.

O Hospital Cel Pedro Macedo está com a ala de atendimento à Covid-19 sem pacientes, mas segue com os exames de imagens, laboratoriais, além de urgência e emergência e partos.

A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) acompanham, ainda, a conclusão da vacinação no município, que está na faixa etária de 18 a 24 anos sem comorbidades. A meta é que, nesta semana, Nhamundá garanta 100% da aplicação da primeira dose na população vacinável.

De janeiro de 2019 a maio de 2021, o município recebeu cerca de R$ 1,4 milhão no custeio de oxigênio, energia, medicamentos e outras ações no hospital.

Ao todo, Nhamundá recebeu do governo do Amazonas, por meio do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI), R$ 3.539.864,13, referente aos anos de 2019, 2020 e 2021. 

O município recebeu ainda R$ 550 mil de emendas parlamentares, destinadas apenas para ações em saúde.

Educação

A escola Professora Enery Barbosa, no bairro Gilberto Mestrinho, atende os ensinos Médio e Mediado por Tecnologia, tanto na cidade quanto nas comunidades rurais do município, totalizando 1.072 estudantes.

Naibe Gato, gestora da escola, diz que a adequação vai permitir melhor qualidade no ensino. “Essa é uma obra que a gente espera há muitos anos, desde que a escola passou a ser EETI. Estamos recebendo com muito entusiasmo, para que possamos atender nossos alunos com muito mais qualidade e para que o jovem nhamundaense tenha uma educação cada vez melhor”, avalia.

A outra unidade a receber a revitalização da Secretaria de Estado de Educação e Desporto é a Escola Estadual do Povo Indígena Hexkaryana, na comunidade de Kassawá. A escola atende aos alunos ribeirinhos e dos povos tradicionais da região. As ações nas duas escolas estão orçadas em R$ 600 mil.

“Vamos reformar, adequar e entregar para a Prefeitura, para poder entregar para nossos alunos. Aquelas estruturas estavam há muito tempo paradas e agora serão retomadas”, frisou o governador.

Kits escolares

O governador Wilson Lima entregou, simbolicamente, kits escolares a dois alunos da rede pública estadual, e kits do professor a dois docentes do município. Ao todo 2,1 mil estudantes de Nhamundá receberão os kits, com material escolar e fardamento, e 193 profissionais da Educação receberão os itens de auxílio ao dia a dia.

Os alunos do município receberam também 900 livros “Sou Legal – Educação para o Trânsito”, do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).

O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) vai ofertar 2 mil vagas de cursos profissionalizantes para a população nhamundaense, por meio de uma parceria entre o Governo do Amazonas e a Prefeitura de Nhamundá.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

RealTime1 mostra o drama do garimpo no rio Madeira, no Amazonas

O jornalista Caio Fonseca, enviado especial do RealTime1 à região de garimpo no rio Madeira, acompanhou de perto as famílias que dependem da atividade para sobreviver.

4 de dezembro de 2021

Cenário epidemiológico aponta queda nas notificações de rabdomiólise

Doença causada, ao que parece, pela ingestão de peixes contaminados, segue monitorada pelas autoridades sanitárias do Estado.

4 de dezembro de 2021

Prefeitura abre processo seletivo para cursos de empreendedorismo

Serão duas mil vagas em cursos de capacitação empreendedora promovidos pela Semtepi e o Instituto Visão Amazônica.

4 de dezembro de 2021

Moradores na comunidade da Sharp são orientados sobre o Prosamin+

A entrega dos certificados começa na segunda-feira (6) aos primeiros 427 imóveis cujas famílias cadastradas serão reassentadas antes do início das obras no local.

4 de dezembro de 2021

Hospital 28 de Agosto nega aumento de internações por Covid-19 no AM

Diretora da unidade divulgou vídeo nesta sexta-feira (3) para desmentir lotação na sala rosa, instalada na unidade para casos confirmados de Covid-19.

3 de dezembro de 2021

Ômicron assusta amazonenses: maioria opta por não ter Carnaval em 2022

Chegada da variante Ômicron no Brasil e o aumento dos casos de Covid-19 no Amazonas podem impor a ampliação do jejum do Carnaval, que não é realizado há quase dois anos.

3 de dezembro de 2021

Vacinação contra a Covid-19 terá 20 pontos em Manaus neste sábado

Toda a lista de postos de vacinação fica disponível no site da Semsa. A população pode verificar as datas para aplicação de 2ª ou 3ª dose no Imuniza Manaus.

3 de dezembro de 2021

Vacinas agem contra covid grave, mesmo com chegada de nova variante

Richard Lessels, especialista em doenças infectocontagiosas, diz que vacinas são a ferramenta que pode evitar a doença grave e a hospitalização.

3 de dezembro de 2021