fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

Covid-19 matou quase 15 milhões no mundo, segundo estimativa da OMS

Entre 2020 e 2021 morreram 14,9 milhões de pessoas no mundo devido à Covid-19 de acordo com nova estimativa da OMS divulgada nesta quinta-feira (5).

5 de maio de 2022

Compartilhe

A OMS mapeou as mortes que ocorreram devido colapso dos sistemas de saúde no mundo (Foto: Reprodução/OMS)

Nova estimativa de fatalidades causadas pela Covid-19 e divulgada nesta quinta-feira (5) pela Organização Mundial de Saúde (OMS) revela que 14,9 milhões de vidas foram perdidas em função da pandemia.

A estimativa cobre o o número total de mortes associadas direta ou indiretamente à pandemia de Covid-19 (descrito como “excesso de mortalidade”) entre 1 de janeiro de 2020 e 31 de dezembro de 2021.

“Esses dados preocupantes não apenas apontam para o impacto da pandemia, mas também para a necessidade de todos os países investirem em sistemas de saúde mais resilientes que possam sustentar serviços essenciais de saúde durante crises, incluindo sistemas de informação de saúde mais fortes”, declarou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

“A OMS está empenhada em trabalhar com todos os países a fim de fortalecer seus sistemas de informação em saúde e gerar dados melhores para melhores decisões e resultados”, disse Adhanom.

O excesso de mortalidade é calculado como a diferença entre o número de mortes que ocorreram e o número que seria esperado na ausência da pandemia com base em dados de anos anteriores.

O excesso de mortalidade inclui mortes associadas diretamente à Covid-19 (devido à doença) ou indiretamente (devido ao impacto da pandemia nos sistemas de saúde e na sociedade). As mortes ligadas indiretamente à doença são atribuíveis a outras condições de saúde para as quais as pessoas não tiveram acesso à prevenção e tratamento porque os sistemas de saúde foram sobrecarregados pelao pandemia.

O número estimado de mortes em excesso pode ser influenciado também pelas mortes evitadas durante a pandemia devido aos menores riscos de determinados eventos, como acidentes no trânsito ou acidentes de trabalho.

A maioria das mortes em excesso (84%) está concentrada no Sudeste Asiático, Europa e Américas. Cerca de 68% estão concentradas em apenas 10 países em todo o mundo. Os países de média renda respondem por 81% das 14,9 milhões de mortes em excesso (53% em países de baixa-média renda e 28% em países de média-alta renda) no período de 24 meses, enquanto países de alta e baixa renda representam 15% e 4%, respectivamente.

As estimativas para um período de 24 meses (2020 e 2021) incluem uma repartição do excesso de mortalidade por idade e sexo. Confirmaram que o número mundial de mortes foi maior para homens do que para mulheres (57% do sexo masculino, 43% do sexo feminino) e maior entre pessoas idosas. A contagem absoluta do excesso de mortalidade é afetada pelo tamanho da população. O número de mortes em excesso por cada 100 mil dá uma imagem mais objetiva da pandemia do que os dados de mortalidade notificados por Covid-19.

Com informações da Assessoria

Leia Mais:

Leia mais Dia a Dia

Agência do AM e Prefeitura de Parintins debatem sobre atracação de barcos

Agência Reguladora do Governo consultou a prefeitura de Parintins e outros órgãos para ordenar o fluxo de passageiros no Festival Folclórico.

26 de maio de 2022

Amazonas apresenta projetos ambientais para embaixador da Irlanda

Governo do Amazonas busca parceria com o projeto "Irlanda Global" para conseguir financiamentos a projetos ambientais em execução.

26 de maio de 2022

Crianças de comunidades ribeirinhas assistirão ópera no Teatro Amazonas

Crianças da comuniade do Livramento vão assistir no Teatro Amazonas o espetáculo “Onheama”, em mais uma iniciativa de inclusão cultural do Estado.

26 de maio de 2022

Fundação Cecon ganha novos equipamentos e amplia oferta de exames

Com a entrega dos equipamentos feita pelo Governo do Amazonas, a estimativa é que, mensalmente, sejam realizados na Fundação Cecon 1,5 mil tomografias e 800 exames raio-X.

26 de maio de 2022

Ações do ‘Governo Presente’ chegam ao bairro Cidade Nova pela 5ª vez

Programação tem início às 8h e encerra às 14h, neste sábado (28), no Ceti João dos Santos Braga. Mais de 20 mil atendimentos já foram realizados em edições anteriores.

26 de maio de 2022

Cheia deixa 40 cidades em situação de emergência no Amazonas

Em 2022, 58 dos 62 municípios do Amazonas enfrentam os danos causados pela enchente. efeitos mais severos ocorreram nas cidades de Careiro da Várzea e Anamã.

26 de maio de 2022

Serviços do TJAM são transferidos para home office após tremor em prédio

Por precaução, a equipe da Secretaria de Infraestrutura do TJAM foi acionada para avaliações pertinentes, juntamente com a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros.

26 de maio de 2022

Amazonas confirma primeiro caso de sarampo em criança de Manacapuru

Criança de 1 ano de idade, moradora de Manacapuru – que não tem histórico de tomar a tríplice vacina – contraiu o sarampo e está sendo acompanhada pela FVS.

26 de maio de 2022