fbpx

domingo, 03 de julho de 2022

Amazonas aumenta exportação de motos e itens alimentícios

Os municípios de Itacoatiara e Presidente Figueiredo permanecem em alta nas exportações para a Rússia e Reino Unido. Já Nova Olinda do Norte se destacou nas importações.

9 de janeiro de 2021

Compartilhe

Exportação de motos foi destaque na balança. (Foto: Divulgação)

Mesmo apresentando queda comparados ao mesmo mês de 2019 e a outubro de 2020, as exportações no estado do Amazonas, no mês de novembro de 2020, alcançaram as cifras de US$ 79,42 milhões.

É o que apontam, dessa forma, os dados da última Balança Comercial do Amazonas, referente ao último mês de novembro, elaborada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

A Venezuela foi o principal destino das exportações do Amazonas, em novembro, garantido a marca de 16,72% do volume total exportado.

Destaque

No destaque das exportações, e considerado isoladamente, o produto que mais foi exportado, em novembro, aparece como “outras preparações alimentícias”, alcançando o volume de US$ 18,49 milhões.

O Equador foi o país de destino desse produto e representa a marca de 32,76% da exportação desse valor.

Motos

O item “motocicletas” aparece como o segundo produto mais exportado para o período, registrando o valor de US$ 10,08 milhões.

O destino das motocicletas fabricadas no Amazonas foi os Estados Unidos da América (EUA), responsáveis por 41,62% das aquisições desse produto.

Importações

Já as importações registraram crescimento segundo a Balança Comercial do Amazonas de novembro de 2020. O volume foi de US$ 891,90 milhões – um aumento de 5,57% em comparação com outubro de 2020 e de 31,45% em relação a novembro de 2019.

A China se mantém como a principal origem das importações do Amazonas. O montante é de US$ 406,80 milhões – o que representa a participação 45,61% das importações totais do estado.

O principal produto importado aparece como “partes destinadas aos aparelhos transmissores”, no valor de US$ 120,40 milhões, o equivalente a 13,50% das importações (81,05% originários da China).

Corrente de Comércio

Em novembro, a Corrente de Comércio do Estado do Amazonas (o total da soma de importações e exportações) totalizou US$ 971,32 milhõe.

Esse aumento foi devido à expansão nas importações. O saldo em novembro foi de US$ -812,50 milhões.

Interior

De acordo com os dados da Balança Comercial do Amazonas referente a novembro de 2020, em relação aos municípios do interior, Itacoatiara foi o maior exportador com a marca de US$ 12,98 milhões em exportação de soja para a Rússia.

O segundo município que mais exportou foi Presidente Figueiredo, com o montante de US$ 4,44 milhões em exportações de ferro-ligas para a China.

Já nas importações, Nova Olinda do Norte se destacou como maior importador com o total de US$ 2,20 milhões, sendo os Estados Unidos o maior parceiro comercial. O item de importação aparece na tabela como “outros veículos aéreos”.

Coari ficou em segundo lugar em importações no interior, com o volume de US$ 1,40 milhões, tendo o Reino Unido como principal local de origem de suas importações e o produto exportado aparece como “turboreatores”.

Balança Comercial do Amazonas

A Balança Comercial do Amazonas é um dos estudos produzidos pelo Departamento de Estudos, Pesquisase Informações (Depi) da Sedecti.

O objetivo do trabalho é, dessa maneira, de acompanhar o desempenho mensal das relações comerciais do estado e, desta forma, permitir o entendimento de sua evolução nas exportações e importações.

Para conferir, portanto, a evolução do estudo, basta acessar o painel da Balança Comercial Amazonas, no site da Sedecti: www.sedecti.am.gov.br, na aba Indicadores e Mapas.

Leia mais Dia a Dia

Após dois anos, Fuá acontece neste domingo no Largo São Sebastião

Feira Urbana de Alternativas retoma as atividades neste domingo e reúne diversos expositores, abrindo oportunidade de geração de renda a artistas e artesãos locais.

2 de julho de 2022

Duas toneladas de lixo coletado no Festival de Parintins serão recicladas

Projeto fomentou ações de incentivo à reciclagem dentro e fora do Bumbódromo, com a instalação de pontos de entrega voluntária de lixo reciclável.

2 de julho de 2022

Programa Asfalta Manaus já recuperou mil ruas em dois meses

Os bairros Santa Etelvina, Santo Antônio, Compensa, Parque 10 de Novembro, Tancredo Neves, Planalto, Japiim, Alvorada, Coroado, Nova Cidade, entre outros, já receberam obras.

2 de julho de 2022

Manaus tem 12 locais de vacinação contra a Covid-19 neste sábado (2)

Quem for receber a segunda dose deve estar atento aos intervalos dos diferentes imunizantes. Nos últimos dois dias, foram vacinadas 29,2 mil pessoas em Manaus.

2 de julho de 2022

Resultados dos concursos da PGE, Detran e SSP são homologadas no Amazonas

Governador do Amazonas, Wilson Lima homologou os resultados finais dos concursos do Detran, SSP e PGE e destacou convocações de outros certames e edital da Afeam.

1 de julho de 2022

Incêndios na Amazônia atingem maior volume para junho em 15 anos

Programa Queimadas do Inpe contabilizou 2.562 focos de incêndio no bioma ao longo do mês. O recorde anterior foi registrado em junho de 2007, com 3.519 focos de queimada.

1 de julho de 2022

700 mil manauaras estão com vacina atrasada e casos de Covid sobem 1000%

De acordo com os boletins emitidos pela Semsa, o número de casos de Covid-19 saltou de 26 no dia 14 de junho para 447 no dia 30 do mesmo mês.

1 de julho de 2022

Studio 5 volta a ser ponto de vacinação contra a Covid-19

A vacinação no Studio 5 vai funcionar com o atendimento de segunda a sábado, das 9h às 16h Pessoas acima de 18 anos já estão aptas a tomar a quarta dose do imunizante.

1 de julho de 2022