fbpx

segunda, 14 de junho de 2021

Rio Negro sobe mais um centímetro e supera marca histórica

Especialistas acreditam que o nível do rio pode atingir a marca dos 30 metros nas próximas semanas para, então, se estabilizar e começar a baixar lentamente.

1 de junho de 2021

Compartilhe

Nível do Rio Negro atingiu 29,98 metros nesta terça-feira (Foto: Bruno Kelly/Reuters)

O nível do Rio Negro atingiu 29,98 metros nesta terça-feira (1º), tendo variado um único centímetro, próximo a Manaus (AM), nas últimas 24 horas. Embora seja tecnicamente insignificante, a elevação foi suficiente para que a máxima histórica registrada em 2012, de 29,97 metros, fosse superada.

Ontem (31), especialistas afirmaram que o nível do rio pode atingir a marca dos 30 metros nas próximas semanas para, então, se estabilizar e começar a baixar lentamente.

Segundo a pesquisadora do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) Luana Gripp Simões Alves, há 80% de chances de o nível do Rio Negro chegar aos 30 metros, mas, em termos de volume d´água, isso não significaria prejuízos maiores que os já registrados.

“Em termos de volume d´água, o fato de o nível subir um ou dois centímetros a mais impactaria muito pouco”, disse Luana, ontem. A pesquisadora também explicou que as medições comportam uma margem de erro de até cinco centímetros – dentro da qual os resultados vêm variando ao longo dos últimos dias, o que, segundo a pesquisadora, reforça a tese de que a situação esteja começando a se estabilizar.

“Tudo indica que estamos passando por um processo de finalização de enchentes. Provavelmente, em termos de efeitos, a inundação que observaremos este ano é isso aí que já estamos vendo”, comentou Luana, enfatizando que, mesmo depois que o nível do Rio Negro começar a baixar, os efeitos da cheia serão sentidos por algum tempo. “Os impactos não vão cessar de um dia para o outro. Ainda demorará várias semanas, pois, no primeiro momento, a velocidade [da vazão] será lenta.”

Em Manaus, as cheias do Rio Negro afetaram a população de 15 bairros. A prefeitura começa a pagar, hoje, o auxílio aluguel municipal para 1.834 famílias atingidas. Cada família contemplada receberá R$ 600, pagos em duas parcelas de R$ 300 cada. Além disso, nas duas últimas semanas, a prefeitura distribuiu 2 mil cestas básicas, colchões, lençóis e kits de limpeza. Por segurança, postes de iluminação da região central foram desligados a fim de evitar incidentes.

Além de Manaus, outras 57 cidades amazonenses foram de alguma forma atingidas pelas cheias de rios que cortam o estado. Dos 62 municípios amazonenses, apenas quatro não foram afetados. Quarenta e oito prefeituras decretaram situação de emergência; seis reconheceram a situação de transbordamento dos cursos d´água e quatro a situação de alerta. Veja a relação abaixo.

Municípios amazonenses em situação de emergência (48):

Calha do Baixo Solimões (9): Manacapuru; Careiro da Várzea; Anori; Caapiranga; Anamã; Codajás; Iranduba; Manaquiri e Careiro Castanho.

Calha do Médio Solimões (8): Jutaí; Fonte Boa; Japurá; Maraã; Uarini; Alvarães; Tefé e Coari.

Calha do Juruá (7): Guajará; Ipixuna; Eirunepé; Envira; Itamarati; Carauari e Juruá.

Calha do Purus (6): Boca do Acre; Pauini; Lábrea; Canutama; Tapauá e Beruri.

Calha do Baixo Amazonas (5): Barreirinha; Boa Vista do Ramos; Nhamundá; Urucará e Parintins.

Calha do Madeira (4): Borba; Nova Olinda do Norte; Novo Aripunã; Manicoré.

Calha do Alto Solimões (4): Atalaia do Norte; Tabatinga; Tonantins e Santo Antônio do Iça.

Calha do Médio Amazonas (4): Itacoatiara; Silves; Autazes e Urucurituba.

Calha do Rio Negro (1): Manaus.

Municípios amazonenses em situação de transbordamento (6):

Calha do Alto Solimões (3): Benjamin Constant; São Paulo de Olivença e Amaturá.

Calha do Baixo Amazonas (2): São Sebastião do Uatumã e Maués.

Calha do Médio Amazonas (1): Itapiranga.

Municípios amazonenses em situação de alerta (4):

Calha do Rio Negro (4): São Gabriel da Cachoeira; Santa Isabel do Rio Negro; Barcelos; Novo Airão.

Municípios amazonenses em situação de normalidade (4):

Calha do Madeira (2): Apuí e Humaitá

Calha do Médio Amazonas (2): Rio Preto da Eva e Presidente Figueiredo.

Fonte: Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Cidades

Regularização fundiária vai beneficiar 60 mil famílias até 2022

A promessa é do prefeito de Manaus, David Almeida, que prevê regularizar as propriedades de familiares que residem em 14 bairros e comunidades da capital amazonense.

14 de junho de 2021

Inscrições para o exame supletivo são reabertas e encerram dia 23 de junho

Provão Eletrônico da Secretaria de Educação será aplicado de forma presencial, entre os dias 28 de junho e 30 de setembro; inscrições são gratuitas.

14 de junho de 2021

Qualificação: edital oferece 150 vagas para cursos profissionalizantes, confira

O Processo Seletivo Simplificado é uma inciativa do governo do Estado e o Senac para promover qualificação em todo o Amazonas. As inscrições são on-line.

13 de junho de 2021

Roteiros turísticos no AM podem concorrer ao Prêmio Mário Tadros

Os roteiros devem apresentar as cidade de Manaus Itacoatiara, Manacapuru, Novo Airão, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva.

13 de junho de 2021

Mobbi Brasil inicia operações em Manaus neste sábado

Aplicativo de transporte conta com cinco modalidades, com intuito de atender aos objetivos dos usuários.

12 de junho de 2021

Hemoam terá programação especial em alusão ao Junho Vermelho

Durante todo o mês, a programação do Hemoam inclui caravanas de doações realizadas em parceria com as igrejas, o poder legislativo estadual, além da sociedade civil.

12 de junho de 2021

Manaus conta com esquema especial de trânsito para atender vacinação

Frota de ônibus em Manaus terá reforço de 45 veículos extras servir aos operadores nos terminais de integração T3, T4 e T5 durante imunização de pessoas a partir de 40 anos.

11 de junho de 2021

Você sabe identificar o que é verdade e o que é mentira na internet?

A jornalista Eliane Cantanhêde, colunista de O Estado de S. Paulo e comentarista da Globonews, é convidada do RealTime1+1 para debater sobre fake news, nesta terça, AO VIVO.

11 de junho de 2021