fbpx

segunda, 18 de janeiro de 2021

Maternidade Balbina Mestrinho recebe prêmio por parto n’água

O projeto pioneiro da Maternidade Balbina Mestrinho recebeu a premiação da Opas/ONU. A unidade foi a única da região norte a ser certificada, entre as 16 premiadas.

10 de dezembro de 2020

Compartilhe

O projeto concorreu inicialmente com outras 329 propostas. (Foto: Divulgação)

A maternidade da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Balbina Mestrinho, recebeu, nesta quarta-feira (9), em Brasília, o prêmio de ideia inovadora do projeto nacional “Laboratório de Inovação em Enfermagem”, pela experiência de parto na água realizada na unidade de saúde.

A unidade foi a única da região norte a ser certificada, entre as 16 iniciativas premiadas pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), que atua como escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para as Américas.

Concorrência

O projeto concorreu inicialmente com outras 329 propostas e a cerimônia ocorreu na sede da Opas, na capital Federal. A solenidade foi transmitida virtualmente pelo YouTube e contou com a participação do titular da SES, Marcellus Campêlo, e da diretora da maternidade, Rafaela Faria, que receberam a premiação pela unidade de saúde.

O prêmio foi promovido pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e a Opas avaliou 24 projetos finalistas, entre eles o projeto “Mudando a forma de nascer no Estado do Amazonas: implantação de parto na água, no CPNI da Maternidade Balbina Mestrinho”. Marcellus Campêlo ressaltou que o Governo do Amazonas está orgulhoso pela iniciativa inovadora, que contribui com a humanização do atendimento ofertado na rede pública do Estado.

“Estamos contentes por estarmos aqui nesse momento, mas principalmente por saber que o Brasil, com suas instituições, está se unindo para valorizar e para repensar a nova estrutura e principalmente para fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS), um sistema vitorioso e exemplo para o mundo todo, que nós temos que cada vez mais valorizar e respeitar”, disse Marcellus Campêlo.

Parto na água

O parto na água foi implantado em junho de 2019 na maternidade Balbina Mestrinho, após a reestruturação do CPNI. A reforma foi feita a partir de uma parceria entre a SES-AM e o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). Para ampliar a oferta de partos no CPNI, são realizadas parcerias com a atenção básica, inclusive com a vinculação à Casa de Saúde Indígena (Casai).

Reconhecimento

Desde que foi implantado, o CPNI realiza mensalmente entre 45 e 60 partos em média, uma meta elevada, que sofreu redução durante o período do pico da pandemia devido à suspensão do parto na água por parte do Ministério da Saúde.

“Essa premiação é motivo efetivamente de muito orgulho, porque foram muitos esforços para que pudéssemos alcançar êxito. Através dessa premiação, todos ganhamos. Ganhou a Secretaria de Saúde, a mulher amazonense e as famílias. Esse prêmio é nada mais do que o reconhecimento dos nossos esforços e principalmente da enfermagem obstétrica, que conseguiu um espaço humanizado para poder desenvolver o seu trabalho da admissão a alta no parto natural”, acrescentou a diretora da Maternidade Balbina Mestrinho, Rafaela Farias.

Leia mais:

Veja mais notícias

Shoppings se unem ao ‘Time do Bem’ para ajudar vítimas da Covid-19

Empreendimentos estão arrecadando itens de alimentação e materiais hospitalares que estão em falta nas unidades de saúde do Amazonas. Expectativa é beneficiar 500 famílias.

17 de janeiro de 2021

Prefeitura convoca aprovados em processo seletivo de estágio

Estudantes deverão comparecer até o dia 23 na Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania com os documentos e exames médicos elencados no edital.

16 de janeiro de 2021

Prefeitura cria link de acesso para o programa ‘Nossa Merenda’

A Semed informa que esse processo é para evitar aglomeração nas escolas e garantir o pagamento do auxílio aos alunos que ainda não foram beneficiados.

15 de janeiro de 2021

Governo relança edital para contratar médicos de cirurgia vascular

As empresas interessadas no chamamento público deverão comparecer, na segunda-feira (18), às 8h30, na sede do CSC, localizada na rua Belo Horizonte, 1.420, Adrianópolis.

15 de janeiro de 2021

Pessoas com deficiência recebem doação de cilindros de oxigênio

De acordo Mirtes Salles, titular da Sejusc, a empresa Nitron da Amazônia fará a recarga de oxigênio às famílias com PcDs até que a situação no Estado normalize.

15 de janeiro de 2021

FCecon suspende cirurgias e serviço de endoscopia por 13 dias

Segundo o diretor-presidente da FCecon, Gerson Mourão, o objetivo é preservar vidas e garantir que a reserva de oxigênio seja destinada aos pacientes já internados.

15 de janeiro de 2021

Infectologista de Manaus esclarece riscos de reinfecção da Covid-19

FVS-AM confirmou o primeiro caso de reinfecção no Amazonas na última quarta-feira (13). De acordo com médicos, muitos pacientes relaxam os após contrair o vírus.

15 de janeiro de 2021

#SOSManaus: artistas nacionais se unem para ajudar pacientes com Covid

Nas redes sociais, a situação crítica que Manaus se encontra por conta da pandemia ganhou a solidariedade de vários artistas nacionais. Eles vão doar cilindros de oxigênio.

14 de janeiro de 2021