fbpx

terça, 20 de abril de 2021

Maternidade Balbina Mestrinho recebe prêmio por parto n’água

O projeto pioneiro da Maternidade Balbina Mestrinho recebeu a premiação da Opas/ONU. A unidade foi a única da região norte a ser certificada, entre as 16 premiadas.

10 de dezembro de 2020

Compartilhe

O projeto concorreu inicialmente com outras 329 propostas. (Foto: Divulgação)

A maternidade da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Balbina Mestrinho, recebeu, nesta quarta-feira (9), em Brasília, o prêmio de ideia inovadora do projeto nacional “Laboratório de Inovação em Enfermagem”, pela experiência de parto na água realizada na unidade de saúde.

A unidade foi a única da região norte a ser certificada, entre as 16 iniciativas premiadas pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), que atua como escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para as Américas.

Concorrência

O projeto concorreu inicialmente com outras 329 propostas e a cerimônia ocorreu na sede da Opas, na capital Federal. A solenidade foi transmitida virtualmente pelo YouTube e contou com a participação do titular da SES, Marcellus Campêlo, e da diretora da maternidade, Rafaela Faria, que receberam a premiação pela unidade de saúde.

O prêmio foi promovido pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e a Opas avaliou 24 projetos finalistas, entre eles o projeto “Mudando a forma de nascer no Estado do Amazonas: implantação de parto na água, no CPNI da Maternidade Balbina Mestrinho”. Marcellus Campêlo ressaltou que o Governo do Amazonas está orgulhoso pela iniciativa inovadora, que contribui com a humanização do atendimento ofertado na rede pública do Estado.

“Estamos contentes por estarmos aqui nesse momento, mas principalmente por saber que o Brasil, com suas instituições, está se unindo para valorizar e para repensar a nova estrutura e principalmente para fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS), um sistema vitorioso e exemplo para o mundo todo, que nós temos que cada vez mais valorizar e respeitar”, disse Marcellus Campêlo.

Parto na água

O parto na água foi implantado em junho de 2019 na maternidade Balbina Mestrinho, após a reestruturação do CPNI. A reforma foi feita a partir de uma parceria entre a SES-AM e o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). Para ampliar a oferta de partos no CPNI, são realizadas parcerias com a atenção básica, inclusive com a vinculação à Casa de Saúde Indígena (Casai).

Reconhecimento

Desde que foi implantado, o CPNI realiza mensalmente entre 45 e 60 partos em média, uma meta elevada, que sofreu redução durante o período do pico da pandemia devido à suspensão do parto na água por parte do Ministério da Saúde.

“Essa premiação é motivo efetivamente de muito orgulho, porque foram muitos esforços para que pudéssemos alcançar êxito. Através dessa premiação, todos ganhamos. Ganhou a Secretaria de Saúde, a mulher amazonense e as famílias. Esse prêmio é nada mais do que o reconhecimento dos nossos esforços e principalmente da enfermagem obstétrica, que conseguiu um espaço humanizado para poder desenvolver o seu trabalho da admissão a alta no parto natural”, acrescentou a diretora da Maternidade Balbina Mestrinho, Rafaela Farias.

Leia mais:

Leia mais sobre Cidades

Adaf implanta internet via satélite em 51 unidades do Amazonas

A Adaf iniciou, na última semana, a implantação de internet via satélite em 51 Unidades de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) no interior do Amazonas.

19 de abril de 2021

Cultura abre nova chamada para adequação de propostas da Lei Aldir Blanc

A medida é voltada para os projetos que precisam de alterações devido aos decretos governamentais para enfrentamento da Covid-19 no Amazonas.

19 de abril de 2021

Tribunal de Contas do Amazonas avalia 22 processos nesta terça-feira

Entre os processos da pauta está a prestação de contas da então secretária de Assistência Social do Estado (Seas) em 2019, Maria Joseilda Pinheiro.

19 de abril de 2021

Instituto intensifica atendimento ao produtor em Itacoatiara

O Idam realizou atendimento a 150 pequenos produtores de oito comunidades de Itacoatiara, incluindo cadastramento para emissão do Cartão do Produtor Primário.

19 de abril de 2021

Fundação inicia ‘Semana dos Povos Indígenas’ nesta segunda-feira

Fundação Estadual do Índio lança a Semana dos Povos Indígenas, com programação que inicia nesta segunda-feira e vai até dia 23,

19 de abril de 2021

Sine retorna aos atendimentos presenciais no shopping Phelippe Daou

Os atendimentos ao público externo serão realizados mediante agendamento prévio no site do Sine, mas os serviços permancem em funcionamento pelo Whatsapp.

18 de abril de 2021

Mural de 34 metros recupera memória indígena no Centro Histórico

A Praça Dom Pedro II foi escolhida para receber a exposição por ser um antigo cemitério indígena de Manaus. O mural será inaugurado amanhã para comemorar o Dia do Índio.

18 de abril de 2021

Governo lança edital para criação da identidade visual de 125 anos do Teatro Amazonas

Podem participar pessoas físicas e jurídicas, maiores de 18 anos, artistas locais, profissionais e estudantes de artes, designer e publicidade. Inscrições vão até 31 de maio.

17 de abril de 2021