fbpx

sexta, 25 de junho de 2021

Obstruções de calçadas aumentam 87,2% em Manaus; no Tarumã, tem até barcos

Ano passado, o Implurb registrou 55 notificações para este tipo de infração no primeiro quadrimestre. Este ano, já são 103 casos registrados.

20 de maio de 2021

Compartilhe

Botes de alumínio foram encontrados no bairro Tarumã (Foto: Divulgação)

Casos incomuns, como uma rua ocupada por botes de alumínio ou uma passagem completamente tomada por paletes. Esse é parte de um cenário encontrado pelas equipes de fiscalização do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), em algumas das mais de 15,8 mil vias, entre ruas, avenidas, becos e travessas da capital amazonense.

A fiscalização municipal registrou alta no número de notificações somente para obstrução de logradouro público, com aumento de 87,2%. No quadrimestre de 2021, foram 103 ações, contra 55 contabilizadas no mesmo período do ano anterior.

Cenário inusitado

Entre os casos de obstrução mais recorrentes, além das barreiras arquitetônicas, que vão de rampas a lixeiras instaladas em locais inadequados, fiscais são acionados para verificar situações inusitadas, como o uso de calçadas por botes de alumínio e depósito de paletes de madeira.

Na rua Íris, no bairro Tarumã, fiscais foram atender denúncia de uma rua ocupada por quase 10 botes “estacionados” em cima de logradouros, impedindo completamente a passagem de pessoas. O proprietário foi notificado para fazer a remoção imediata dos barcos, sob pena de outros atos administrativos.

Na avenida Autaz Mirim, perto da bola do Armando Mendes, uma loja foi novamente notificada e autuada por ocupar o passeio com paletes.

Fiscalização

No Implurb, em razão da prevenção à Covid-19, foi montado um serviço de plantão para as fiscalizações de casos mais urgentes. Denúncias sobre obras irregulares e afins são atendidas após formalização por e-mail para o diskordem.implurb@pmm.am.gov.br ou ouvidoria.implurb@pmm.am.gov.br.

Penalidade

As multas previstas para quem ocupa, faz obstrução, construção e usa indevidamente a calçada, que é um bem público, varia de R$ 114,61 (1 UFM) a R$ 458,44 (4 UFMs), podendo dobrar em caso de reincidência. Este ano, de janeiro a abril, foram 14 autos de infração contra quatro de 2020.

Projetos futuros

De acordo com a Prefeitura de Manaus, há uma série de intervenções urbanas em projeto para estimular a regularização e promover o conceito de mobilidade ativa, com implantação de calçadas regulares, desde o piso até mobiliários instalados de forma correta, atendendo largura de passeio, regularidade de nível e tipo de piso utilizado, especialmente para Pessoas com Deficiência (PcDs) e Pessoas com Mobilidade Reduzida (PMRs), como idosos, grávidas ou ainda mulheres com carrinhos de bebê.

Plano Diretor

As calçadas, passeios e logradouros públicos, pelo Plano Diretor, devem ser mantidos em bom estado pelo proprietário do lote, de forma a permitir, com acessibilidade, o trânsito de pedestres e cadeirantes. O artigo 36 do Código de Postura, parágrafo único, informa que “cabe ao proprietário realizar as obras necessárias ao calçamento e conservação do passeio” correspondente ao imóvel.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Cidades

MP recomenda inclusão de escolas ribeirinhas de Manaus na Lei do Fundeb

A 59ª Promotoria de Justiça da Educação (PRODHED) explica que educação indígena difere da ribeirinha e que Semed precisa colocar essa representatividade na educação no campo.

25 de junho de 2021

Voluntários se mobilizam para ajudar famílias atingidas pela cheia

O grupo 'Parceiros Brilhantes' já conseguiu atender mil famílias de cinco municípios do Amazonas, além da capital, com alimentos e produtos de higiene pessoal.

25 de junho de 2021

FVS-AM testa em Coari nova geração de mosquiteiros no combate à malária

Estudo pioneiro no Amazonas avaliará como a utilização de dois inseticidas juntos nos mosquiteiros impactam na população do transmissor da doença.

25 de junho de 2021

Jornalista sofre agressão de servidores da prefeitura de Itacoatiara

Correspondente da Rede Amazônica, Leandro Marques, 22, foi atacado e ameaçado por assessores do prefeito Mário Abrahin durante reportagem; um servidor foi exonerado.

24 de junho de 2021

Campanha informa direitos de pessoas autistas no transporte coletivo

Objetivo é massificar a informação que a as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) não pagam tarifas de ônibus e podem emitir credencial para estacionamento.

24 de junho de 2021

Prefeitura e Procon-AM vão atuar juntos na fiscalização de serviços públicos

A iniciativa terá vigência de dois anos e não representa ônus financeiros para nenhuma das instituições conveniadas.

24 de junho de 2021

Diretora de conteúdo da Lupa diz que desinformação é ‘problema social’

Jornalista Natália Leal participou do webinário do portal RealTime1, com o tema “FACT-CHECKING – As consequências da desinformação e das fake news para a democracia”.

23 de junho de 2021

Ephigênio Salles será alargada e vai ganhar passarela para pedestres

O alargamento da via acontecerá a partir da saída do viaduto Miguel Arraes, até a entrada da avenida Via Láctea, no conjunto Morada do Sol.

23 de junho de 2021