fbpx

sexta, 25 de junho de 2021

Fibras das folhas da palmeira viram peças artesanais em Ipixuna

O trabalho com artesanato iniciou em 2018 e atende 43 associados, beneficiando direta e indiretamente cerca de 35 famílias.

26 de abril de 2021

Compartilhe

Peças são comercializadas no Instagram (Foto: Divulgação)

Fibras vegetais, retiradas das folhas da palmeira, são transformadas em peças artesanais em Ipixuna. O trabalho é organizado pela Associação de Apoio ao Agroextrativismo do município e recebe o apoio do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam).

O trabalho artesanal iniciou em 2018 e é desenvolvido por meio do Projeto Educacional de Design de Artesanato e Desenvolvimento Sustentável, na comunidade Vila Ecológica Céu dos Estorrões. Hoje, atende 43 associados e beneficia cerca de 35 famílias.

Entre os produtos confeccionados estão maracas, terços, linhas do tucum e pulseiras.

Sustentabilidade

De acordo com a coordenadora geral do projeto, Christiana Braconnot, o objetivo é aumentar a capacidade produtiva dos itens, introduzir novas tecnologias artesanais por meio da capacitação em tear manual, facilitar o escoamento da produção e fortalecer o desenvolvimento sustentável da comunidade, por meio do comércio justo e da economia solidária.

“A Associação garante a sobrevivência e valorização cultural dos conhecimentos ribeirinhos, em especial o resgate da fiação da linha do tucum, técnica que estava em extinção. Damos a oportunidade de desenvolver as habilidades, visto que o projeto valoriza a feitura da linha manual”.

Para o gerente do Idam em Ipixuna e diretor técnico do projeto, Valdécio Gomes, a comunidade é bastante integrada com a natureza e atividades voltadas à sustentabilidade.  “O projeto é de extrema importância para gerar renda às famílias e ajudar na prática da agricultura familiar. Para isso, o Idam faz todo o acompanhamento técnico para apoiar o fortalecimento do projeto”, destacou.

Comercialização

Até 2019, parte da produção de artesanato era vendida a varejo dentro da comunidade, que tem dois eventos anuais ligados ao turismo ecológico e religioso.

Agora, a comunidade busca soluções digitais para massificar a venda pelas redes sociais e e-commerce.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Cidades

Jornalista sofre agressão de servidores da prefeitura de Itacoatiara

Correspondente da Rede Amazônica, Leandro Marques, 22, foi atacado e ameaçado por assessores do prefeito Mário Abrahin durante reportagem; um servidor foi exonerado.

24 de junho de 2021

Campanha informa direitos de pessoas autistas no transporte coletivo

Objetivo é massificar a informação que a as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) não pagam tarifas de ônibus e podem emitir credencial para estacionamento.

24 de junho de 2021

Prefeitura e Procon-AM vão atuar juntos na fiscalização de serviços públicos

A iniciativa terá vigência de dois anos e não representa ônus financeiros para nenhuma das instituições conveniadas.

24 de junho de 2021

Diretora de conteúdo da Lupa diz que desinformação é ‘problema social’

Jornalista Natália Leal participou do webinário do portal RealTime1, com o tema “FACT-CHECKING – As consequências da desinformação e das fake news para a democracia”.

23 de junho de 2021

Ephigênio Salles será alargada e vai ganhar passarela para pedestres

O alargamento da via acontecerá a partir da saída do viaduto Miguel Arraes, até a entrada da avenida Via Láctea, no conjunto Morada do Sol.

23 de junho de 2021

Ações de combate à hanseníase são intensificadas no interior do AM

A iniciativa visa a detecção precoce de novos casos de hanseníase para início de tratamento imediato, com a quebra da cadeia de transmissão.

23 de junho de 2021

Mortes por atropelamento aumentaram 60% até abril no Amazonas

Número foi divulgado pela SSP; ações educativas para orientar condutores e pedestres para um comportamento seguro no trânsito são realizadas pelo Detran-AM.

22 de junho de 2021

Ovos e hortaliças produzidos no sistema prisional são doados a abrigo

No total, foram doados 280 produtos orgânicos, entre ovos, verduras e hortaliças, produzidos e cultivados pelos reeducandos do Centro de Detenção Provisória de Manaus 2.

22 de junho de 2021