fbpx

quarta, 21 de abril de 2021

Contra ‘bandeira vermelha’, Zé Ricardo denuncia Aneel e Governo Federal no MPF

Na avaliação do deputado, “cai por terra” a justificativa do Governo de “salvar as empresas do setor elétrico” porque a Eletrobras teve lucro líquido de R$ 4,597 bilhões.

13 de dezembro de 2020

Compartilhe

O AM está em 10º lugar entre os estados brasileiros que tem a tarifa mais alta do país (Foto: Reprodução)

No último dia 30 de novembro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) surpreendeu os consumidores brasileiros com o anúncio de mais um aumento nas contas de energia, ao estabelecer a cobrança pela bandeira vermelha Patamar 2, a mais alta no sistema tarifário elétrico, com custo de R$ 6,2 para cada 100 kw/h consumidos, já neste mês de dezembro.

Mas, em maio deste ano, a própria Aneel havia decidido manter a cobrança de energia pela bandeira verde, até 31 de dezembro deste ano, em virtude da pandemia. Para isso, socorreu as empresas do setor elétrico com empréstimos, de um conjunto de bancos, via Conta-Covid, com valor teto de R$ 16,1 bilhões, para reduzir as perdas financeiras nesse período.

Para o deputado federal Zé Ricardo (PT), a nova decisão vai impactar na vida de milhões de famílias brasileiras e, por isso, protocolizou na sexta-feira (11) uma representação no Ministério Público Federal (MPF) contra a Aneel e o Governo Federal.

O parlamentar que barrar mais esse aumento na tarifa.

Zé Ricardo também cobra que a Agência de Energia Elétrica dê maior transparência aos dados atualizados de controle, com facilidade de acesso a toda a população, bem como aos estudos que resultaram nessa decisão de aumento surpresa.

“A Aneel retrocedeu na decisão de evitar novo reajuste de tarifa aos consumidores, justificando queda no nível de armazenamento nos reservatórios das hidrelétricas e a retomada do consumo de energia. E ainda impôs a tarifa mais alta. Reajustar a energia num momento desses é condenar os consumidores, sobretudo, os mais pobres, à perda total da dignidade que lhes resta”, comentou o deputado.

Leia mais sobre Cidades

Em um ano, centros socioeducativos reduzem taxa de ocupação em 25%

O balanço apresentado pela secretária foi apresentado segundo as ações da pasta no decorrer de um ano. Mirtes também falou sobre os abrigos para pessoas que vivem nas ruas.

20 de abril de 2021

Inpa promove ‘Café com Inovação’ sobre propriedade intelectual

A primeira edição do Café com Inovação, de 2021, abordará a temática "Propriedade intelectual como ferramenta para estimular a inovação" e acontece dia 29.

20 de abril de 2021

Em Manaus, ex-secretário municipal é condenado a devolver R$ 2,5 milhões

O ex-titular da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Luis Faustino da Costa Neto, teve as contas de 2016 consideradas irregulares pelo TCE-AM.

20 de abril de 2021

MPF recomenda implantação de distrito de saúde em Eirunepé

Secretaria Especial de Saúde Indígena deve adotar, no prazo de 60 dias, medidas necessárias para a implantação do Distrito Sanitário Especial Indígena Médio Juruá.

20 de abril de 2021

Governo estadual inicia levantamento técnico na comunidade da Sharp

A UGPE iniciou, nessa segunda-feira (19), um levantamento técnico para reconhecimento da área, na comunidade da Sharp, que serão integradas em um novo programa.

20 de abril de 2021

‘Auxílio Empreendedor’ encerra cadastro com 15.787 inscritos

O projeto “Auxílio Empreendedor”, coordenado pela Secretaria de Trabalho, Empreendedorismo e Inovação, encerrou as inscrições no domingo com o 15.787 inscritos.

20 de abril de 2021

Adaf implanta internet via satélite em 51 unidades do Amazonas

A Adaf iniciou, na última semana, a implantação de internet via satélite em 51 Unidades de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs) no interior do Amazonas.

19 de abril de 2021

Cultura abre nova chamada para adequação de propostas da Lei Aldir Blanc

A medida é voltada para os projetos que precisam de alterações devido aos decretos governamentais para enfrentamento da Covid-19 no Amazonas.

19 de abril de 2021