10% de itens enviados pelo mundo estão presos nos portos da China