segunda-feira, 24 de junho de 2024

faça parte da Comunidade RT1

Vereador propõe título de cidadão manauara a Alexandre de Moraes

Sassá da Construção (PT) quer agraciar o ministro do STF, que derrubou efeitos do decreto presidencial que prevê a redução d IPI em 35%, preservando competitividade da ZFM.
COMPARTILHE
Moraes
(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Após tentar reverter a concessão de título de cidadão amazonense dado pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) ao presidente Jair Bolsonaro (PL), o vereador Sassá da Construção Civil (PT) propôs, na manhã desta segunda-feira (9), o título de cidadão manauara ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Na última sexta-feira (6), Moraes derrubou os efeitos do decreto presidencial que prevê a redução da alíquota do Imposto Sobre Produtos Industrializado (IPI) em 35%, preservando a competitividade da Zona Franca de Manaus (ZFM) temporariamente.

“Estou sugerindo o título de cidadão de Manaus para o Alexandrão de Moraes. Esse carrasco que salvou Manaus (…) O Jair Bolsonaro não merece o título de cidadão do Amazonas porque ele jogou contra os trabalhadores e o povo de Manaus. Agora o Alexandre de Moraes merece, sim, o título de cidadão manauara. Porque ele deu um decreto para salvar milhares do desemprego”, discursou Sassá da tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Em rápida busca no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (Sapl), a reportagem não encontrou nenhum projeto de resolução de autoria de Sassá intitulando Moraes.

Título de Bolsonaro

Em abril do ano passado, a Assembleia Legislativa aprovou, com o voto contrário do deputado estadual Serafim Corrêa (PSB), a concessão do título de cidadão amazonense ao presidente Bolsonaro. A proposta era do deputado estadual Delegado Péricles (PL).

Receba notícias do RT1 em primeira mão
quero receber no Whataspp
Quero receber no Facebook
Quero receber no Instagram

No final do mês passado, o vereador Sassá pediu a revogação do título. A Câmara aprovou um indicativo e encaminhou à Assembleia Legislativa.

Decisão de Moraes favorece ZFM

Na sexta-feira, o ministro Alexandre de Moraes atendeu a um pedido da bancada federal do Amazonas e suspendeu, por liminar, os efeitos do decreto do Governo Federal que reduziu o IPI em 35% para todo o país.

Texto: Jefferson Ramos

Leia mais:

COMPARTILHE