fbpx

sábado, 19 de junho de 2021

Uma edição extra do Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOE) trouxe a publicação de três decretos do governador Wilson Lima relacionados às medidas de enfrentamento à Covid-19 no estado.

O DOE foi publicado horas depois deste sábado (13), logo após o anúncio oficial do governador, feito em uma live.

Os decretos foram direcionados à população de Manaus, do interior e serviços públicos. Leia na íntegra AQUI.

Regras para Manaus

A circulação de pessoas na capital amazonense segue permitida apenas entre 19h e 6h. O decreto vale até o próximo domingo (21).

Por este decreto, sob nº 43.411, as atividades autorizadas são:

1) Supermercados de pequeno, médio e grande porte, ficando a entrada limitada a um membro da família, funcionando de 6h às 18h;

2) Delivery de restaurantes, lanchonetes e bares, registrados como restaurante, na classificação principal da CNAE, podem funcionar de 6h às 22h. Drive-thru também é permitido, mas somente até às 18h;

3) Distribuidora de água mineral e gás de cozinha podem funcionar de 6h às 18h;

4) Empresas de segurança privada;

5) Indústria liberada pelas 24h;

6) Drogarias e farmácias também podem funcionar 24h;

7) Atendimento médico, odontológico, psicológico, de fisioterapia e de enfermagem podem ser feitos por meio de agendamento prévio ou na forma emergencial;

8) Comércio de artigos médicos e ortopédicos;

9) As clínicas Veterinárias e de serviço de assistência à saúde dos animais estão liberadas apenas para atendimentos de urgência e emergência;

10) O comércio, em geral, incluindo petshot, podem funcionar nas modalidades deliveru (8h às 17h) e drive-thru (8h às 15h);

11) Lojas de vendas e trocas de pneus, venda de peças para reparo de
automóveis e motocicletas, exceto som, acessórios, insulfilme e similares, lojas de material elétrico, hidráulico e de construção, podem funcionar com 50% (cinquenta por cento) de sua capacidade máxima, preferencialmente por agendamento dos serviços, de 8h às 17h;

12 ) Lojas de material escolar, livrarias e papelarias, na modalidade
delivery, de 8h às 17h, e na modalidade drive thru,
de 8h às 15h. O mesmo vale para lojas de artigos de bebês;

13) Feiras e mercados públicos podem funcionar de 4h às 15h, sem consumo no local;

14) Postos de combustível e lojas de conveniência, de 6h às 18h, ficando proibido o consumo no local e nas dependências do posto;

15) Bancos, cooperativas de crédito, loterias e a Agência de Desenvolvimento e Fomento do Estado do Amazonas podem funcionar em seus horários normais, desde que não provoquem aglomerações externas e/ou internas;

16) Obras e serviços de engenharia, desde que diretamente
relacionados à área de saúde e infraestrutura, bem como obras
emergenciais de reparo em infraestrutura básica e de segurança predial estão liberadas. Transporte dos empregados é de responsabilidade do empregador;

17) Hotéis e pousadas, com seu funcionamento restrito ao
atendimento aos hóspedes em trânsito;

18) Os serviços nas oficinas mecânicas, exceto os de funilaria e pintura estão liberados mediante agendamento prévio, entre 8h e 17h.

19) Serviço de assistência técnica de fogões, geladeiras, celulares e aparelhos de ar condicionado, exclusivamente a domicílio, no período de 8h às 17h;

20) Serviços de controle de pragas e sanitização podem ser realizados em domicílio pelos estabelecimentos e prestadores de serviço do segmento entre 8h e 17h;

21) Instituições de natureza filantrópica, que fazem arrecadação
e distribuição de doações, no período de 8h às 17h;22) Serviços oferecidos em salões de beleza, barbearias e similares,
para atendimento exclusivamente domiciliar.

Todas as demais atividades que não constam relacionadas neste decreto estão proibidas de funcionar.

Para o interior

Pelo Decreto de nº43.412, o governador Wilson Lima estabeleceu medidas voltadas à população do interior do Amazonas.

Além das determinações relacionadas às atividades econômicas, o documento proíbe o serviço de transporte de passageiros, excetuando os casos para a realização de atividades e prestação de serviços considerados essenciais.

Atividades virtuais

Este decreto prorroga até o dia 21 de fevereiro o sistema de teletrabalho nos órgãos e/ou entidades vinculadas ao Governo do Estado, suspendendo os atendimentos ao público em geral na forma presencial.

O regime de teletrabalho só é exceção para os órgãos/entidades cujas competências estejam diretamente
relacionadas ao enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Texto: Rosianne Couto

Veja mais vídeos

Webinar Real Time1+1 discute desinformação e fake news

Natália Leal, diretora de conteúdo da Agência Lupa, vai conduzir o bate papo.

Há 17 minutos 19 de junho de 2021

Máscara gamer contra Covid-19 começa a ser vendida em outubro

O CEO da empresa, diz que mesmo com a vacinação as pessoas podem preferir usar máscaras por um tempo e é esse o público-alvo.

Há 3 horas 19 de junho de 2021

Wilson Lima pagará abono fardamento aos policiais e bombeiros

O anúncio foi feito durante a formatura da tropa, no Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas.

Há 4 horas 19 de junho de 2021

Existe solução para evitar que o centro de Manaus alague?

TV RealTime1 ouve especialistas sobre: possíveis soluções da engenharia para evitar impactos da cheia no centro de Manaus.

Há 15 horas 18 de junho de 2021

Confira os destaques do Real Time 1 desta sexta-feira.

Há 18 horas 18 de junho de 2021

Medidas emergenciais para aviação são prorrogadas

Lei prorroga Medida Provisória que conferiu aos usuários do transporte aéreo maior flexibilidade para desistência de voo.

Há 18 horas 18 de junho de 2021

Refugiados: 82 milhões são forçados a se deslocar em 2020

Esse é o maior número já registrado pela Agência das Nações Unidas para Refugiados. 2020 é o nono ano de crescimento ininterrupto do deslocamento forçado no mundo.

Há 20 horas 18 de junho de 2021

Detentos LGBTQIA+ fazem cursos de confecção de biojoias

Os cursos de Confecção de Biojoias e também de maquiagem tiveram um total de 100 horas de carga horária.

Há 21 horas 18 de junho de 2021

Indígenas pedem saída da Funai do Linhão de Tucuruí

O pedido vem após a Funai solicitar abertura de inquérito na Polícia Federal do Amazonas.

Há 22 horas 18 de junho de 2021

Governo do Estado quer zerar processos indenizatórios da Saúde

A portaria determina a eliminação, até setembro de 2021, de todos os serviços sem cobertura contratual.

Há 24 horas 18 de junho de 2021

Acompanhe o RT1 Notícias desta sexta-feira (18)

Há 1 dia 18 de junho de 2021

Pandemia impactou a paz mundial, diz pesquisa

Segundo relatório de 2021, com dados relativos a 2020, o "Índice Global de Paz" caiu 0,07% comparado ao ano anterior.

Há 1 dia 18 de junho de 2021