fbpx

terça, 16 de agosto de 2022

Vídeos do Governo Federal no TikTok dariam para pagar 600 salários mínimos

Os cálculos apontam que o conjunto de seis pequenos filmes custarão R$480 mil por minuto de vídeo. As informações estão no Portal da Transparência do Governo Federal.

11 de janeiro de 2022

Compartilhe

Até esta terça-feira (11), o Ministério da Saúde não tinha uma conta nessa rede social (Foto: Reprodução)

O Ministério da Saúde vai desembolsar R$ 721 mil por seis filmes, de quinze segundos cada, voltados ao combate do mosquito da dengue, que serão veiculados no TikTok – uma rede social que a pasta ainda não tinha conta até o fechamento desta reportagem. O que chama atenção é que com esse valor seria possível custear quase 600 salários mínimos (R$ 1.212).

As informações estão em uma nota fiscal emitida em 1º de dezembro do ano passado, e disponível no Portal da Transparência do Governo Federal.

O valor da nota foi divulgado em uma reportagem do Congresso em Foco que buscou a justificativa para o gasto junto ao Ministério da Saúde. O valor, indica o governo, foi acertado em uma sessão pública no final de novembro e abrangeria “produção, pós-produção, recursos e acessibilidade – legendas e libras -, captação 4K, equipamentos tecnológicos, locações duas diárias de captação, equipe técnica, elenco, computação gráfica, after effects e 3D, banco de imagens, transporte aéreo e terrestre, finalização 4K e entrega SD e HD.”

O filme, de acordo com a nota emitida pela vencedora da disputa, contará com “alta complexidade” de roteiro, dez pessoas, necessidade de deslocamento de equipe por meio aéreo ou terrestre, e deveria ser executado em até cinco dias.

O Ministério indica que os vídeos estarão disponíveis quando o houver a comprovação e o atesto de que o serviço foi produzido. Até o momento, nem a pasta – nem nenhum outro órgão do poder Executivo federal possuem perfis no TikTok, a rede social de origem chinesa conhecida pelos seus vídeos curtos.

Os cálculos apontam que o conjunto de seis pequenos filmes custarão R$480 mil por minuto de vídeo . Para efeito de comparação, os R$10,5 milhões usados para filmar os 118 minutos de “Tropa de Elite”, em 2007, tiveram um custo de R$270 mil por minuto de obra final, em valores atuais.

A vencedora da disputa foi a Aldeia Filmes, empresa de Brasília que possui outros contratos com o governo federal. Em julho do ano passado, no auge da pandemia, a sede da empresa recebeu a festa de lançamento de uma empresa de Arthur Lira Filho, filho do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). A empresa tinha como foco a representação de publicidade junto a agências que mantém contratos milionários com o poder público.

Procurada pela reportagem, a Aldeia Filmes indicou que contratados por uma das agencias licitadas que atendem o Ministério da Saúde, e que o objetivo é a realização de seis filmes para televisão, com veiculação nacional, com várias diárias de captação. Com isso, diversos materiais e formatos para esta campanha estariam disponíveis, “inclusive seis versões para TikTok”. O diretor da empresa, Ricardo Martins, declinou de dar maiores detalhes sobre o contrato e de apresentar o que teria sido feito pela empresa, por questões de confidencialidade entre todas as partes envolvidas.

Fonte: Portal Congresso em Foco

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Lula é o único dos presidenciáveis a figurar em campanha ao Governo

No primeiro dia de campanha ao Governo do Amazonas, apenas a imagem e o nome de Lula figuraram nos materiais distribuídos pelos candidatos aos eleitores.

16 de agosto de 2022

Amazonino faz postagem com proposta de combate à fome no Amazonas

Candidato pelo Cidadania que tem federação com o PSDB, Amazonino Mendes defende aumento do valor do Auxílio Estadual e a volta de programas como o 'Leite do Meu Filho".

16 de agosto de 2022

Ricardo Nicolau defende ‘complexo multiuso’ na orla do Centro de Manaus

Ao falar de oportunidades para populares sobre Turismo no Centro de Manaus, Ricardo Nicolau defendeu projeto de um complexo multiuso na orla local, se eleito.

16 de agosto de 2022

Wilson destaca empregos gerados em projetos aprovados no Codam

Em postagem no Twitter, Wilson Lima cita que 26 mil empregos foram gerados em três anos de seu mandato, por investimentos industriais aprovados no Codam.

16 de agosto de 2022

Prazo para pedir voto em trânsito termina nesta quinta-feira (18)

Requerimento para votar em trânsito precisa ser feito presencialmente, em qualquer cartório eleitoral, sem necessidade de agendamento para o primeiro, o segundo ou ambos.

16 de agosto de 2022

Sandra faz panfletagem na ‘Manaus Moderna’ e pede votos para Braga

Sandra é a primeira suplente do marido no Senado. Caso ele seja eleito governador, é ela quem assume a vaga, assim como ocorreu em 2015, quando Braga foi ministro.

16 de agosto de 2022

Silas garante apoio da Assembleia de Deus à reeleição de Wilson

O parlamentar federal e o irmão Jonathas Câmara, que preside a Ieadam, reuniram representantes da congregação dos 61 municípios do interior do Amazonas.

16 de agosto de 2022

Candidatos ao Governo do AM mudam identidade visual das redes sociais

Nos perfis de cinco postulantes a cadeira de governador do Amazonas o destaque é para o número do candidato na urna. Cores da identidade visual da campanha estão presentes.

16 de agosto de 2022