fbpx

segunda, 15 de agosto de 2022

Vereador quer multa de até R$ 1,1 mil por veículos barulhentos em Manaus

Em caso de reincidência no período de ate doze meses a contar da atuação anterior, o condutor ou dono do veículo causador da poluição sonora terá a multa dobrada.

21 de setembro de 2021

Compartilhe

(Foto: Divulgação)

A poluição sonora proveniente de escapamento de veículos automotores te incomoda? Um Projeto de Lei (PL) apresentado na Câmara Municipal de Manaus, nesta terça-feira (21), estabelece o controle sobre esse tipo de poluição.

Para isso, a emissão de ruídos por quaisquer acessórios, dispositivos, equipamentos ou componentes de veículos automotores passará a ser alvo de multa de R$ 573,05, que corresponde a 5 Unidades Fiscais do Município (UFM).

Em caso de reincidência no período de ate 12 meses a contar da atuação anterior, o condutor ou dono do veículo causador da poluição sonora terá a multa de R$ 573,05 multiplicada por dois, chegando a 1.146,1.

Também estará passível de multa quem causar embaraço, impedir ou dificultar, por qualquer meio, a ação fiscalizadora e prestar falsa declaração ou declaração inexata perante o órgão fiscalizador.

Hoje, adulterar o silenciador de motor já é considerado infração grave, punida com cinco pontos na carteira, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Estão dispensados do cumprimento da Lei, os seguintes veículos: ambulâncias, veículos utilizados pelos órgãos de segurança pública, veículos militares, veículos de competições – desde que devidamente autorizados –, maquinário agrícola e máquinas utilizadas na terraplanagem e pavimentação.

O PL Nº 532 / 2021 é de autoria do vereador Márcio Tavares (Republicanos) e foi encaminhado, hoje, para deliberação em plenário na Câmara Municipal de Manaus, para então ser votado pelos 41 vereadores da Casa.

Confira abaixo em formato PDF e disponível para download o Projeto de Lei:

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Deputados estaduais que disputam reeleição declaram R$ 24,1 milhões em bens

Adjuto Afonso e Therezinha Ruiz são os mais ricos da Assembleia Legislativa, com R$ 7,1 milhões e R$ 3,4 milhões, respectivamente. Dos 24 deputados, apenas 5 não disputam.

14 de agosto de 2022

Patrimônio de Arthur Neto cresceu 1450% entre 2016 e 2022

Arthur Neto pediu o registro de candidatura ao Senado na sexta-feira e declarou possuir R$ 2,5 milhões em bens. Nas eleições de 2016, o tucano declarou R$160,7 mil.

14 de agosto de 2022

Moraes assume TSE após carreira centralizadora e ligada à política

Moraes é personagem central no noticiário nacional dos últimos anos devido aos inquéritos sob sua responsabilidade que investigam o presidente Jair Bolsonaro e apoiadores.

14 de agosto de 2022

Bolsonaro e Lula travam disputa sobre valor do Auxílio Brasil

Após acusação do petista de que o auxílio tem duração até o fim do ano e de que pretende, se eleito, mantê-lo em 2023, Bolsonaro disse que o benefício será mantido em 2023.

14 de agosto de 2022

Presidenciáveis dão largada na campanha com foco no Sudeste

Região Sudeste concentra 42,6% dos eleitores do país. A dois dias do início da propaganda eleitoral gratuita, Lula se mantém na dianteira, enquanto Bolsonaro cresce.

14 de agosto de 2022

TRE-AM dá nome a cartório eleitoral de indigenista assassinado em Atalaia do Norte

O pleno do TRE-AM reconheceu, por unanimidade, colaboração do indigenista Bruno Pereira, assassinado em junho no Vale do Javari, par a instalação de novas seções eleitorais.

13 de agosto de 2022

Michelle assume protagonismo na marcha para Jesus com evangélicos

Durante a marcha, presidente falou em 'luta contra o comunismo' e convocou população para ato em Copacabana no Sete de Setembro.

13 de agosto de 2022

Wilson adere ao TikTok para ampliar comunicação com eleitores

Wilson Lima anuncia adesão ao TikTok convocando seguidores e fazendo dancinha, para buscar o eleitorado mais jovem, maioria dos perfis do aplicativo.

13 de agosto de 2022