fbpx

segunda, 25 de outubro de 2021

Vereador quer banheiro e fraldário em drogarias e sindicato repudia proposta

Pelo PL, o estabelecimento que não disponibilizar banheiro e fraldário poderá ser multado em até R$ 2.865,25. Para o sindicato, proposta não merece prosperar.

24 de setembro de 2021

Compartilhe

(Foto: Divulgação)

Se você vai ao bar ou a um restaurante, é comum o estabelecimento ofertar ao público consumidor pelo menos um banheiro químico. Mas, e quando se trata de farmácias? Geralmente, o tempo que você passa dentro de uma é inferior ao tempo que você vai permanecer no bar ou restaurante. Porém, um vereador de Manaus quer que drogarias e farmácias seja obrigados a disponibilizar banheiros e fraldários ao público.

O Projeto de Lei (PL) nº 530/2021 propõe que os clientes em redes de estabelecimentos farmacêuticos em Manaus tenham acesso a banheiros químicos e fraldários nos estabelecimentos e de forma não onerosa, ou seja, gratuitamente. O sindicato dos estabelecimento é contra aprovação da proposta.

A proposta, de autoria do vereador Jander Lobato (PTB) insere ao termo rede de estabelecimentos farmacêuticos: drogarias/farmácias pertencentes a associações privadas, redes de drogarias, franquias ou unidades farmacêuticas vinculadas a uma mesma empresa varejista de medicamentos.

No entanto, o projeto não contemplará unidades independentes, autônomas, consideradas pequenas drogarias.

Projeto não merece prosperar, avalia sindicato

Ao RealTime1, o Sindicato do Comércio Varejista de Drogas do Amazonas (Sindidrogas) considera que a proposta de Jander Lobato “não merece prosperar”.

Por meio de nota enviada à reportagem, o setor jurídico do Sindidrogas considera que “o projeto de lei inova relativamente à Lei Federal nº 5.991/73 e à Resolução ANVISA RDC n.º 44/09, que são as normas que regulam as atividades de drogarias e farmácias. Ainda, ao nosso sentir, usurpa a competência legislativa do Estado e da União, que possuem legitimidade para legislar sobre a matéria”.

Vereador se baseou em relatos no Reclame Aqui para criar PL

O vereador justifica que se baseou em “diversas reclamações de clientes como as atestada no site especializado em direito do consumidor, o RECLAME AQUI, onde é comum os consumidores reclamarem de mau atendimento e do descontentamento em não poder
utilizar o banheiro ou fraldário, visto que a drogaria, não fornece”.

Jander justifica que “um estabelecimento, que é considerado serviço essencial e que não fechou na pandemia, amealha lucros admiráveis, mas que se quer fornece estrutura mínima para melhor comodidade de seus clientes”.

Farmácias e drogarias poderão ser multadas, prevê PL

Caso o projeto seja aprovado pelos vereadores na Câmara Municipal de Manaus, a multa para o proprietário do estabelecimento, do tipo farmácia ou drogaria, que não disponibilizar banheiro e fraldário ao público será de R$ 1.146,1, no primeiro descumprimento, e R$ 2.865,25, em caso de reincidência.

Abaixo você pode conferir em formato PDF e disponível para download a proposta.

Em 2019, outro vereador propôs fraldário em terminais, mas voltou atrás e desistiu

Diferente do colega de bancada Jander Lobato, o vereador Wallace Oliveira (Podemos) propôs em 2019 que fosse implantado fraldário em terminais de ônibus de Manaus.

À época, o vereador justificou que os terminais de ônibus, diariamente são utilizados por mães e pais, que carregam consigo seus filhos e, a qualquer momento precisam de espaço adequado para a realização da higiene dos seus filhos de colo.

No entanto, o PL Nº 081/2019, do vereador Wallace Oliveira, foi retirado de tramitação na CMM em 30 de setembro do mesmo ano que foi proposto. O autor do pedido de retirada foi o próprio vereador Wallace Oliveira.

Texto: Isac Sharlon

Leia mais sobre Política

Guedes diz confiar na aprovação das reformas administrativa e do IR

Guedes voltou a afirmar a jornalistas que a aprovação da proposta que altera as regras do serviço público civil nos três Poderes resultaria em uma economia de R$ 300 bilhões.

24 de outubro de 2021

Wilson destaca Auxílio Permanente e transporte gratuito para estudantes

O governador do Amazonas anunciou, neste domingo (24), no Aniversário de Manaus, investimentos de R$ 580 milhões na capital e transporte gratuito para estudantes.

24 de outubro de 2021

David exalta investimentos de Wilson em Manaus e alfineta a velha política

Durante solenidade de entrega do Parque Rio Negro, neste domingo (24), o prefeito de Manaus e o governador do amazonas anunciaram novos investimentos para Manaus.

24 de outubro de 2021

Debatedores querem prorrogar prazo de atualização da Lei do Fundeb

Eles defendem que é um processo muito complexo e não há tempo para resolver isso em dez dias, pois há ações de operacionalização do fundo que precisam de ajustes.

24 de outubro de 2021

CAE analisa na terça projetos sobre segurança viária e ajuste fiscal dos estados

Dois projetos, um sobre segurança no trânsito e outro sobre dívidas dos estados, constam da pauta de votação da Comissão de Assuntos Econômicos para esta terça-feira (26).

24 de outubro de 2021

Subcomissão discute rumos da educação após a pandemia na próxima segunda

Subcomissão Temporária para Acompanhamento da Educação na Pandemia vai se reunir todas as segundas-feiras, para discutir o que aconteceu no setor durante a pandemia.

24 de outubro de 2021

Senadores voltam a defender derrubada do veto à distribuição de absorventes

Senadora Simone Tebet (MDB-MS), cobrou a votação urgente do veto parcial ao projeto que garante distribuição gratuita de absorventes para estudantes de baixa renda e mulher.

24 de outubro de 2021

Reta final da CPI tem definição de indiciados, votação e encaminhamento de Relatório

Como não possui poder de punição, último ato da CPI será o encaminhamento do Relatório Final aprovado aos órgãos responsáveis por apresentarem denúncias.

23 de outubro de 2021