fbpx

sábado, 16 de outubro de 2021

‘Verdade vencerá a covardia de aproveitadores’, diz Campêlo em apoio a Wilson

A "verdade vencerá a covardia dos aproveitadores políticos"; escreveu Marcellus Campêlo, que ocupou a SES-AM de agosto do ano passado a junho deste ano.

21 de setembro de 2021

Compartilhe

Marcellus Campelo chegou a ser preso em um dos desdobramentos da operação Sangria (Foto: Divulgação)

O ex-secretário de Estado de Saúde (SES-AM), Marcellus Campêlo, prestou solidariedade ao governador Wilson Lima (PSC) após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) tê-lo classificado como réu pela compra de respiradores supostamente superfaturados pela empresa F.J.A.P, conhecida como Vineria Adega.

Marcellus comentou numa publicação que o governador se declara inocente das acusações do Ministério Público Federal, acatada pelo STJ, e que a “verdade vencerá a covardia dos aproveitadores políticos”.

“(…) Ficaram no conforto dos seus lares enquanto líderes como o Governador Wilson Lima e equipe colocaram suas vidas diuturnamente em risco para salvar outras tantas vidas que precisavam de um governo sempre presente. Deus saberá fazer a justiça necessária e colocar a Verdade sempre acima de tudo. Força, Governador! Estamos com o senhor!”, escreveu o atual coordenador da Unidade Gestora de Projetos Especiais do Governo do Amazonas.

Ontem, o governador Wilson Lima, o vice-governador Carlos Alberto Almeida (PSDB) e mais 14 pessoas foram tornados réus no âmbito da operação Sangria pela Corte Especial do Superior do STJ. Eles foram denunciados pelos crimes de organização criminosa, dispensa de licitação sem observância das formalidades legais, fraude à licitação, aumento abusivo de preço, sobrepreço e peculato.

Marcellus Campêlo ocupou a SES-AM de agosto do ano passado a junho deste ano. Chegou a ser preso durante uma operação da Polícia Federal (PF) durante um desdobramento da Sangria e foi libertado quando o prazo para a sua prisão temporária expirou. O então secretário pediu demissão no dia 8 de junho.

Campêlo assumiu a pasta depois da prisão da ex-secretária Simone Papaiz, que foi retirada da lista de réus do STJ por falta de provas. A Corte decidiu que existe falta de prova contra ela. O MPF apresentou apenas um e-mail como prova da participação de Papaiz na suposta organização criminosa.

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Luta antiga e futuro incerto: corte no orçamento afeta diretamente a Amazônia

Pesquisadores acreditam que o corte de verbas para C&T acabará sendo direcionado para o agronegócio, que, segundo eles, vem sendo a causa do desmatamento na Amazônia.

15 de outubro de 2021

Jornalistas Alexandre Garcia e Rodrigo Constantino serão citados na CPI

Os dois produziam discurso antivacina em veículos de comunicação e defenderam as teses negacionistas de Jair Bolsonaro durante a crise sanitária.

15 de outubro de 2021

Dia dos Professores: deputados pouco ajudaram educação do Amazonas

Em pleno Dia dos Professores, categoria questiona a falta de diálogo com o poder público e falta de auxílio da Comissão de Educação da Aleam nas demandas dos educadores.

15 de outubro de 2021

Governo destaca ações de 2021 pela valorização dos servidores da Educação

Entre as medidas está o envio de um projeto de lei que visa pagar 14º e 15º salários aos servidores da área. A pauta ainda não tem data para ser votada na Aleam.

15 de outubro de 2021

CPI da Covid: senadores ouvem último depoente na segunda-feira

A CPI ouviria um número maior de convocados, mas nem todos seriam necessariamente ouvidos já que o presidente da CPI, Omar Aziz, decidiu realizar apenas mais uma oitiva.

15 de outubro de 2021

ICMS sobre combustíveis: Rodrigo Pacheco quer ouvir governadores

A Câmara já aprovou o projeto de lei que torna o ICMS invariável frente a variações do preço do combustível. O projeto ainda precisa ser votado pelos senadores.

15 de outubro de 2021

Ministério Público pede anulação de licença do ‘Linhão de Tucuruí’

Ministério Público viu irregularidades no processo de licenciamento ambiental para liberação da obra do 'Linhão' por falta de consulta prévia ao povo Waimiri Atroari.

15 de outubro de 2021

Pesquisadores veem retrocesso de 20 anos após corte de R$ 600 milhões

O RealTime1 ouviu pesquisadores que, ao longo dos anos de carreira dedicados à ciência e tecnologia, estão empenhados em projetos realizados no Amazonas.

15 de outubro de 2021