fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

‘Vai entrar no cacete’: vereador quer justiça com as próprias mãos

Utilizando termos chulos e contrariando as orientações de profissionais da segurança, Sandro Maia incentivou cidadãos a agirem "com as próprias mãos" contra criminosos.

6 de abril de 2021

Compartilhe

Vereador Sandro Maia utilizou a tribuna da CMM para defender o uso da violência contra bandidos (Foto: Reprodução)

Em uma sessão da Câmara Municipal de Manaus (CMM) na manhã desta terça-feira (6) o vereador Sandro Maia (Democratas) defendeu o uso da violência por parte da população contra os altos índices de criminalidade no bairro do Alvorada, zona Centro-oeste de Manaus.

O parlamentar iniciou seu discurso reclamando da presença do Centro Socioeducativo Assistente Social Dagmar Feitosa no bairro. Sem apresentar dados ou provas, o vereador associou as atividades do centro com o aumento dos índices de criminalidade na região.

“…Outra coisa que eu queria falar também é sobre o Dagmar Feitoza, no bairro do Alvorada. Um Centro Socioeducativo de menores infratores que matam, que roubam a nossa sociedade. O Alvorada, que é hoje talvez o bairro mais violento da cidade de Manaus. O Alvorada tem, de 10 em 10 minutos um cidadão sendo assaltado na rua, na frente da sua casa, nas esquinas, na padaria, porque a gente não tem segurança”, reclamou.

Justiça com as próprias mãos

Na sequência, utilizando termos chulos e contrariando as orientações de profissionais da segurança, o parlamentar incentivou os moradores do bairro a agirem “com as próprias mãos” contra os criminosos.

“Tenho certeza de que vai chegar o momento em que a população vai começar a fazer justiça com as próprias mãos. Já aparecem sinais disto e, no Alvorada, já começou essa história. Quero avisar para ladroes e para bandidos que o Alvorada agora, entrou para roubar, vai entrar no cacete! A população não aguenta mais. As mulheres têm que andar com celular dentro da calcinha, homens tem que andar com celular dentro da cueca porque não podem ir na padaria que são assaltados, e a gente tem que acabar com isso”, esbravejou Maia.

“Parabéns pelo discurso”

O discurso de Maia encontrou eco no vereador Capitão Carpê. Policial Militar de formação, o parlamentar parabenizou o discurso do colega. Para Carpê, essa reação violenta por parte da população é justificada pela ausência do estado.

“Parabéns pelo discurso, meu amigo Sandro Maia. Ontem, no deslocamento para minha residência, um vagabundo foi triturado na peia. Ele tentou roubar um motorista de aplicativo, a população pegou. Você já sabe, meu amigo Sandro: roubar na comunidade é daquele jeito. Essa reação da população é reflexo de um estado que não incentiva, não faz concurso público, que não investe em segurança pública. Onde o estado não se faz presente, infelizmente, o crime impera e a população sofre”, comentou.

Reportagem: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021