fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

TSE determina que Coari escolha novo prefeito até o fim do ano

O TSE cassou o mandato de Adail Filho por entender que a família Pinheiro tentava governar Coari pelo terceiro mandato consecutivo, o que não é permitido pela legislação.

14 de outubro de 2021

Compartilhe

Município pode ter nova eleição até o fim do ano (Foto: Divulgação)

O município de Coari terá eleição suplementar imediata para a escolha de prefeito e vice-prefeito. A decisão é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foi publicada nesta quinta-feira (14) após cassação do mandato de Adail Filho. Com isso, a população de Coari pode voltar à urnas nos próximos dias.

O TSE estabelece o prazo de 20 a 40 dias para a realização do pleito. Consequentemente, esse é o prazo que o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) terá para organizar a o pleito no município.

“Determino a imediata realização de novas eleições majoritárias em Coari/AM, com fundamento no art. 224, § 3º, do Código Eleitoral, independentemente de publicação do acórdão, observado o calendário de realização de eleições suplementares disposto na Portaria nº 875, de 6 de dezembro de 2020, do TSE”, destacou o ministro Carlos Bastide Horbach, relator do processo de cassação de Adail Filho.

Na semana passada, a Corte entendeu que a família Pinheiro tenta exercer o terceiro mandato consecutivo no município, o que é proibido pela legislação atual.

Por esse motivo, de forma unânime, rejeitou recurso da defesa de Adail Filho, para que ele voltasse ao comando da Prefeitura do município.

No momento, conforme decisão do TSE, quem está no comando da Prefeitura é a vereadora Dulce Menezes (MDB). Ela é presidente da Câmara Municipal de Coari e tia de Adail Filho. Ela deve administrar a Prefeitura até que o novo prefeito seja eleito.

Derrotas

Adail já havia sofrido duas derrotas no TRE-AM, que decidiu pela cassação do candidatura e pela realização de novas eleições em Coari.

Ele está afastado do cargo desde dezembro do ano passado, quando o Tribunal o cassou. No entanto, a defesa ingressou com recurso no próprio TRE-AM e, posteriormente, também no TSE.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Disputa para o Governo do AM tem recorde de mulheres para posto de vice

Anne Moura, Ana Milena, Cristiane Balieiro, Rita Nobre e Vera Castelo Branco disputam a vaga. A lista de candidatos inclui Michiles, Tadeu de Souza e o Engenheiro Machadão.

8 de agosto de 2022

Wilson e Braga terão 60% do tempo de propaganda na TV e no rádio

O tempo que cada candidato terá na propaganda eleitoral está relacionado ao tamanho da bancada eleita em 2018 para a Câmara dos Deputados e abrangência das alianças formadas.

8 de agosto de 2022

Wilson garante ter dado condições para novas matrizes econômicas no AM

O governador disse que os investimentos em gás natural e potássio têm avançado e que tem criado condições para desenvolver os novos mercados para reduzir dependência da ZFM.

8 de agosto de 2022

Confira os candidatos às eleições 2022 pelo MDB no Amazonas

O MDB aposta na candidatura de Eduardo Braga e Anne Moura ao Governo do Amazonas, além de apoiar a reeleição de Omar Aziz. 25 nomes concorrem à Aleam e nove à Câmara Federal.

8 de agosto de 2022

Das seis candidaturas ao Senado no Amazonas, apenas uma é feminina

Apesar de os partidos terem confirmados os nomes dos candidatos ao Senado em convenções partidárias, nenhuma candidatura foi registrada ainda oficialmente no TSE.

8 de agosto de 2022

PMB é o primeiro partido do AM a registrar candidaturas no TSE

Entre os 25 candidatos, cinco são ex-vereadores. A lista inclui ex-secretário, professores, empresários, militares, líderes religiosos, contador e digital influencer.

8 de agosto de 2022

Lula declara ao TSE patrimônio de R$ 7,4 milhões menor do que em 2018

O valor é inferior ao declarado por Lula em 2018, quando afirmou ter R$ 8 milhões –na época, ele teve a candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa.

8 de agosto de 2022

Justiça de São Gabriel da Cachoeira determina suspensão de shows

Shows de Barões da Pisadinha, Naiara Azevedo, Amado Batista e Anderson Freire em São Gabriel da Cachoeira está suspensão por liminar da Justiça do município.

8 de agosto de 2022