fbpx

segunda, 18 de janeiro de 2021

Troca de mobília em Prefeitura de Itacoatiara repercute na Aleam

A prefeitura de Itacoatiara desembolsou R$ 1.222.922,00 para trocar a mobília do gabinete do prefieto Antônio Peixoto (PP), e dos secretários do município.

5 de agosto de 2020

Compartilhe

Foto: Divulgação


O deputado Álvaro Campelo (PP) disse que repudia a decisão da Prefeitura de Itacoatiara, de gastar R$ 1.222.922,00 para trocar a mobília do gabinete do prefeito Antônio Peixoto (PP), e dos secretários do município.

A declaração foi dada no pequeno expediente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), nesta quarta-feira (5).

A compra da nova mobília foi publicada na edição de segunda-feira (3) no diário oficial do município de Itacoatiara  e a deliberação da Comissão Geral de Licitação do Município de Itacoatiara, escolheu a empresa E F SANTANA FILHO EIRELLI – ME.

O parlamentar afirmou que em Itacoatiara não há testes rápidos para a Covid-19 e que a decisão do prefeito, Antônio Peixoto (PT), em realizar a aquisição da mobília é um descaso para a população. Além disso, o parlamentar afirmou que o prefeito gastou cerca de R$ 6 milhões em combustíveis.

“Eu queria deixar o meu repúdio, a minha revolta insatisfação com essa decisão da prefeitura que privilegia a estrutura física de gabinetes do prefeito e do secretário e esquece da população”, disse o deputado.

Reposta da Prefeitura

A reportagem entrou em contato com o prefeito Antônio Peixoto que, por meio de nota, afirmou que o processo já estava com parecer favorável à homologação há vários meses e, apenas, não havia consolidado a contratação por falta de necessidade.

O prefeito disse que se  trata de uma Ata de Registro de Preço que vai servir, não somente ao gabinete, mas a todas as secretarias do município.

“O valor divulgado é o valor total da ata, ou seja, o limite que gastos que pode ser feito pra um período de 12 meses. O extrato foi publicado agora em diário oficial pois nessa ata constam itens que são necessários para equipar a nossa UBS fluvial, que está pronta e para começar a funcionar precisa de mobília e equipamentos. Apenas será pago o valor referente a esses móveis”, explicou o prefeito em trecho da nota.

Além disso, o prefeito informou que as secretarias informam uma estimativa de gastos para 12 meses. Segundo Antônio Peixoto, o valor fica como referência e é o valor global do contrato. Ele disse que o valor divulgado é o valor de contratação com três empresas distintas para atender toda a municipalidade, e que o pagamento vai sendo feito mensalmente conforme o consumo.

“Quando solicitamos do financeiro a informação do quanto foi gasto no ano de 2020 com combustível até agora, levantaram que o valor total pago é pouco mais de 2 milhões. Veja só. Estamos no mês de agosto, passamos da metade do ano e o valor pago foi esse.

Considere que é o valor pago por todas as secretarias, incluindo educação, infraestrutura, saúde. É um valor bastante razoável para um município do porte de Itacoatiara”, disse o prefeito.

Texto: Izaías Godinho

Leia Mais:

Votação do impeachment vai ao plenário da Aleam

Ex-secretário de Amazonino é chamado a depor na CPI da Saúde

Deputados prestam homenagem aos policias mortos em Nova Olinda

Veja mais notícias

Caos em Manaus reduz apoio a Bolsonaro a 7% dos perfis do Twitter

O mapeamento dessas interações, feito pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP). Artistas e influenciadores criticaram Bolsonaro.

18 de janeiro de 2021

Mais de 3 mil pessoas com Covid-19 não devem ser vacinadas

Pacientes com Covid-19, ou sob suspeita, ainda não devem receber o imunizante. Plano de Vacinação no Amazonas vai seguir fases definidas pelo Governo Federal.

18 de janeiro de 2021

Rotta quer instalar gabinete de crise contra a covid-19 em Manaus

O vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta sugeriu a instalação de um gabinete de crise na cidade, durante reunião neste segunda-feira, com o presidente, Jair Bolsonaro.

18 de janeiro de 2021

Dados do TSE podem servir de referência para distribuição de vacinas

Simulação feita pelo RT1 cruzando o percentual de eleitores com a quantidade de doses disponíveis da vacina, estima quantidade de pessoas a serem vacinadas em cada município.

18 de janeiro de 2021

Amazonas tem o desafio de vacinar 240 mil indígenas aldeados

Apenas os indígenas aldeados estão no grupo prioritário da primeira fase do plano de vacinação da Covid-19. Estima-se que mais de 35 mil índios vivem nas cidades.

18 de janeiro de 2021

Vacinas serão guardadas a sete chaves pela PM em contêineres

Assim que as doses desembarcarem na cidade elas serão escoltadas até o destino pela Polícia Federal. Depois a Polícia Militar do Estado do Amazonas vai garantir a segurança.

18 de janeiro de 2021

Goiás é o destino de mais 15 pacientes transferidos do Amazonas

Até o momento já foram transferidos 94 pacientes para outros estados. O estado de saúde dos pacientes é estável e, portanto, permite a locomoção área dos internados.

18 de janeiro de 2021

Alunos dos cursos de saúde da UEA colam grau antecipadamente

A medida visa a soma de esforços no enfrentamento da pandemia neste período de alto contágio no Amazonas. Os novos profissionais começam atuar ainda neste mês de janeiro.

18 de janeiro de 2021