fbpx

segunda, 29 de novembro de 2021

TRE nega pedido de Braga e mantém outdoors sobre privatização da Eletrobras

O senador teve o pedido de liminar para a retirada de outdoors negado. Ação alega de que as placas mostram imagem negativa, dificultando sua candidatura nas Eleições de 2022.

21 de julho de 2021

Compartilhe

Outdoor lista todos os parlamentares que votaram a favor da privatização da Eletrobras (Foto: Reprodução)

Esta semana, o senador Eduardo Braga (MDB) perdeu mais uma batalha nos tribunais. Desta vez, um pedido de liminar para retirada de outdoors na cidade de Manaus foi negado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM).

As peças publicitárias estampam as fotos dos senadores Braga e Omar Aziz (MDB), além de citar os nomes dos deputados federais Marcelo Ramos (PL), Capitão Alberto Neto (Republicanos), Silas Câmara (Republicanos), Átila Lins (PP) e Bosco Saraiva (Solidariedade). Todos os parlamentares votaram a favor da privatização da Eletrobras.

“Quando sua contra de luz aumentar, lembre-se de quem votou contra o povo do Amazonas. Dê o troco em 2022”, é o texto da peça publicitária.

Na ação, Braga pede a retirada dos outdoors e alega que o conteúdo é, segundo ele, propaganda negativa e que o objetivo seria ofender a sua futura campanha eleitoral como candidato nas Eleições de 2022, possivelmente ao cargo de governador do Amazonas.

Em contrapartida, o desembargador eleitoral Marco Antônio Pinto da Costa, do TRE-AM, entender que o pedido de Braga não se configurava, perante as diretrizes do Tribunal, como uma ameaça à possível candidatura dele na próxima Eleição.

É muito cedo

No entendimento de Marco Antônio, é muito cedo para pré-candidatos nas próximas Eleições se manifestarem com pedidos de liminar do Tribunal contra possíveis propagandas alegando cunho eleitoral, tendo em vista que falta mais de um ano para início do período eleitoral de 2022.

Ainda de acordo com o desembargador, não havia no conteúdo dos outdoors a informação “não vote”, que poderia induzir o eleitor a não votar no senador e futuro candidato.

Os outdoors com as imagens dos senadores Braga e Omar ainda estão instalados em pontos da cidade de Manaus como forma de protesto de urbanitários.

Quem vai pagar a conta?

Coincidentemente ou não, Braga usou as redes sociais, na manhã desta quarta-feira (21), para divulgar um vídeo falando sobre o aumento da conta de energia em lares brasileiros.

“Nunca tive responsabilidade sobre nenhum aumento de energia elétrica. O aumento quem concede é a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Há muito tempo, quando eu era ministro de Minas e Energia, mentiram várias vezes quando disseram que eu, como ministro, estava fazendo o aumento de energia elétrica. Da mesma forma que ainda a pouco a Aneel aprovou um aumento absurdo de 52,3% na bandeira vermelha, e a responsabilidade é da Anel e não do ministro Bento – essa é a verdade”, defendeu o senador Eduardo Braga nas redes sociais.

Zé Ricardo explica

O deputado petista Zé Ricardo foi um dos poucos políticos do Amazonas contrários à privatização da Eletrobras. Segundo ele, a privatização põe em risco o emprego de milhares de trabalhadores, com o risco de demissão em massa.

Como consequência da privação, segundo Zé Ricardo, haverá constantes aumentos absurdos da tarifa, que trazem um grande peso no orçamento das famílias.

“Isso está afetando também os custos de produção das empresas dos estados”, releva o deputado federal pelo Amazonas.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Alcolumbre marca sabatina de André Mendonça para 1º de dezembro

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, senador Davi Alcolumbre evita marcar a sabatina há ao menos quatro meses. O senador quer apontar outro nome.

29 de novembro de 2021

Vereador Rodrigo Guedes pede suspensão da festa de Réveillon, na Ponta Negra

Guedes argumenta em Ação Popular impetrada na Justiça, que a realização do Réveillon que vai contar com o show do cantor Luan Santana, vai colocar Manaus em risco sanitário.

28 de novembro de 2021

Congresso deve votar amanhã projeto para dar transparência às emendas secretas

Projeto das duas Casa do Congresso Nacional relativiza ordem da ministra Rosa Weber do Supremo Tribunal Federal para revelar os beneficiados do esquema de 2020 em frente.

28 de novembro de 2021

Filiação de Bolsonaro ao PL passa por apoio à reeleição de Arthur Lira na Câmara

O cálculo do PL é que a filiação de Bolsonaro vai garantir ao partido de Waldemar da Costa Neto a maior bancada de deputados ferais Câmara em 2022.

28 de novembro de 2021

Bolsonaro vê risco de derrota de “terrivelmente evangélico” e começa convencimento de senadores

Governistas acreditam que se o placar for favorável a Bolsonaro no CCJ, o resultado pode se repetir no Plenário do Senado, onde os indicados ao Supremo são analisados.

28 de novembro de 2021

Prévias do PSDB: Arthur consegue só 1,35% de votos e amarga a terceira posição

A disputa foi marcada por divergências. Arthur Neto, que conquistou apenas 1,35% dos votos, chegou a se alinhar a João Doria para exigir o resultado imediato das prévias.

28 de novembro de 2021

CMM corre para gastar recursos restantes do orçamento 2021

Em 2021, a CMM tem um pouco mais de R$ 164 milhões para custear as próprias despesas que vão desde pagamento com pessoal e eventuais reformas.

28 de novembro de 2021

Câmara deve votar PEC de incentivos à tecnologia na terça

A Proposta de Emenda à Constituição 10/21 mantém incentivos tributários para empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TICs) e de semicondutores.

27 de novembro de 2021