fbpx

sexta, 30 de julho de 2021

Terra nega ‘gabinete paralelo’ e diz que Bolsonaro não é ‘teleguiado’

Deputado Federal relativizou a importância das opiniões dadas por ele ao presidente Jair Bolsonaro, que adotou estratégias como imunidade de rebanho e tratamento precoce.

22 de junho de 2021

Compartilhe

Osmar Terra disse que encontrou supostos membros do gabinete paralelo apenas duas vezes (Foto: Agência Senado)

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) negou a existência do ‘gabinete paralelo’ de aconselhamento ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante a pandemia da Covid-19. O parlamentar relativizou a importância dele no aconselhamento e negou ter trabalhado com uma série de médicos e profissionais ligados ao gabinete.

“Acham que eu tenho um poder tão grande, mas eu só dou opinião. Sou parlamentar, tenho que ter postura, opinião, falar o que penso. É isso que faço, mas não participei de gabinete nenhum”, defendeu-se.

O relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL), mostrou vídeos em que Osmar Terra aparece em reuniões do que o virologista Paolo Zanoto chamou de ‘shadow gabinet’ (gabinete das sombras) numa mesa ao lado do presidente. Mas, novamente o deputado relativizou sua influência sobre Bolsonaro.

“Aquela era uma reunião pública. O presidente me colocou ao lado dele porque quis. As opiniões que tem ali [no vídeo] são de profissionais. O presidente julga as coisas do jeito que quer, não é um teleguiado. Ele aceita informações se acha que está certo”, afirmou.

Favor ou contra as vacinas?

Apesar de ver vários vídeos mostrados por Renan Calheiros que expunha posicionamentos diferentes do que defende hoje, Osmar Terra reafirmou que é a favor da vacinação do povo brasileiro, disse que as doses são eficientes e que a imunidade de rebanho é o resultado de uma pandemia, não uma estratégia de enfrentamento.

“Sou um defensor da vacina, mesmo ela não sendo testada no tempo que deveria. É a vacinação da população, é o total de pessoas já infectadas que vai acabar com a pandemia”, disse.

Encontros com outros supostos membros do ‘gabinete paralelo’

Ainda sobre o gabinete das sombras, Osmar Terra afirmou que encontrou os demais membros em pouquíssimas oportunidades. Encontros com Arthur Weintraub, Paolo Zanotto, Nise Yamaguchi e Carlos Bolsonaro, citados pelo relator, só foram confirmados em duas oportunidades, segundo Osmar Terra.

Renan também insistiu em saber com qual frequência o deputado encontra com o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, mas Osmar Terra fugiu da pergunta, alegando que os encontros que ocorreram serviram para tratar de assuntos do Rio Grande do Sul.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro ressuscita boatos de fraude nas Eleições e não prova nada

Presidente há um ano diz ter provas de que houve fraude nas Eleições em 2018. Nesta quinta-feira (29), mais uma vez não cumpriu com a palavra ao não revelar provas.

29 de julho de 2021

Punições pelo uso indevido de dados pessoais começam a valer domingo

Quem infringir a lei fica sujeito a advertência, multa simples, multa diária, suspensão parcial ou total de funcionamento, além de outras sanções.

29 de julho de 2021

CPI centrará fogo nas plataformas de redes sociais que divulgaram mentiras

O senador Omar Aziz considera um absurdo a quantidade de mentiras e desinformação que circula nas plataformas de redes sociais a partir de robôs de internet.

29 de julho de 2021

Senador do AM chama procurador do MPF de ‘militante ambiental’

O procurador proibiu que o Ibama realize audiências virtuais para expor o estudo de impacto ambiental para licenciamento da BR-319. Órgão tem 10 dias para acatar a decisão.

29 de julho de 2021

Pazuello depõe em inquérito da PF que apura prevaricação de Bolsonaro

O ex-ministro da Saúde começou a depor às 10h e até o momento segue na superintendência da Polícia Federal em Brasília. Pazuello hoje trabalha na cozinha do Planalto.

29 de julho de 2021

Procurador pede que Coari suspenda festividades pelos 89 anos da cidade

A comemoração dos 89 anos da fundação de Coari, recheada de eventos, deve ser suspensa a pedido Ministério Público do Amazonas devido ao risco sanitário.

29 de julho de 2021

STF desmente Bolsonaro sobre ‘proibir’ a União de atuar no combate à Covid

Desde o início da pandemia a ADI do STF é usada pelo presidente Jair Bolsonaro para mentir sobre a falta de ação do Governo Federal no combate à Covid-19.

29 de julho de 2021

Omar garante que CPI já tem provas que atestam crimes na pandemia

Presidente da CPI da Covid-19, Omar Aziz afirmou que documentos e depoimentos já tomados provam a existência de crimes cometidos por agentes públicos e particulares.

29 de julho de 2021