fbpx

sábado, 16 de outubro de 2021

STJ acata denúncia da PGR, mas mantém Wilson no Governo do Amazonas

O processo envolve a compra de 28 respiradores por mais de R$ 2 milhões durante a segunda onda da Covid-19 no Amazonas. A denúncia conclui que o valor pago foi superfaturado.

20 de setembro de 2021

Compartilhe

Governador do Amazonas, Wilson Lima (Foto: Divulgação)

Assim como antecipou em primeira-mão a coluna do Tempo Real, do RealTime1, nesta segunda-feira (20), o voto do relator e ministro Francisco Falcão, do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), manteve Wilson Lima (PSC) no governo do Amazonas.

No entanto, o relator considerou que Wilson vire réu no processo que investiga a compra de 28 respiradores por mais de R$ 2 milhões no Amazonas, durante a primeira onda da Covid-19 no Estado. A denúncia foi apresentada pela Procuradoria-Geral da República.

Para o ministro Falcão, Wilson é quem chefiava a organização criminosa envolvida na compra superfaturada de 28 respiradores com valores superfaturados.

O relator acredita que o governador também teria cometido embaraço às investigações, para evitar que o esquema fraudulento na compra dos respiradores pulmonares fosse revelado.

O relator concluiu que Wilson deve ser investigado por fraude em dispensa de licitação, aumento abusivo de preço e sobrepreço, peculato e organização criminosa. O voto do relator foi acatado de forma unânime pelos ministros da Corte.

Relator vota pela aceitação de denúncia contra Carlos Almeida Filho

Francisco Falcão considerou, ainda, que o vice-governador do Amazonas, Carlos Almeida Filho (PSDB), também continue como alvo de investigação no processo, por, segundo o relator, ter ligação com pessoas envolvidas no esquema criminoso que resultou na compra dos 28 respiradores superfaturados.

Relator rejeita denúncia contra Simone Papaiz

A denúncia sobre a participação da ex-secretária de Saúde, Simone Papaiz, no esquema criminoso da compra dos respiradores, foi rejeitada pelo voto do relator. Francisco concluiu que Simone assumiu a pasta logo após a saída do então secretário de saúde Rodrigo Tobias, que foi quem assinou os contratos para a compra dos respiradores.

Com isso, o ministro considera que Simone não assinou nenhum documento, não homologou e nem adjudicou nada.

Arquivamento de denúncias

O relator determinou, ainda, o arquivamento das investigações referentes a Jefferson Luiz Coronel, Renata de Cássia Dias Manssur, Ruben Gustavo Siqueira, que foram alvos da operação Sangria.

Assista como votou o relator:

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Luta antiga e futuro incerto: corte no orçamento afeta diretamente a Amazônia

Pesquisadores acreditam que o corte de verbas para C&T acabará sendo direcionado para o agronegócio, que, segundo eles, vem sendo a causa do desmatamento na Amazônia.

15 de outubro de 2021

Jornalistas Alexandre Garcia e Rodrigo Constantino serão citados na CPI

Os dois produziam discurso antivacina em veículos de comunicação e defenderam as teses negacionistas de Jair Bolsonaro durante a crise sanitária.

15 de outubro de 2021

Dia dos Professores: deputados pouco ajudaram educação do Amazonas

Em pleno Dia dos Professores, categoria questiona a falta de diálogo com o poder público e falta de auxílio da Comissão de Educação da Aleam nas demandas dos educadores.

15 de outubro de 2021

Governo destaca ações de 2021 pela valorização dos servidores da Educação

Entre as medidas está o envio de um projeto de lei que visa pagar 14º e 15º salários aos servidores da área. A pauta ainda não tem data para ser votada na Aleam.

15 de outubro de 2021

CPI da Covid: senadores ouvem último depoente na segunda-feira

A CPI ouviria um número maior de convocados, mas nem todos seriam necessariamente ouvidos já que o presidente da CPI, Omar Aziz, decidiu realizar apenas mais uma oitiva.

15 de outubro de 2021

ICMS sobre combustíveis: Rodrigo Pacheco quer ouvir governadores

A Câmara já aprovou o projeto de lei que torna o ICMS invariável frente a variações do preço do combustível. O projeto ainda precisa ser votado pelos senadores.

15 de outubro de 2021

Ministério Público pede anulação de licença do ‘Linhão de Tucuruí’

Ministério Público viu irregularidades no processo de licenciamento ambiental para liberação da obra do 'Linhão' por falta de consulta prévia ao povo Waimiri Atroari.

15 de outubro de 2021

Pesquisadores veem retrocesso de 20 anos após corte de R$ 600 milhões

O RealTime1 ouviu pesquisadores que, ao longo dos anos de carreira dedicados à ciência e tecnologia, estão empenhados em projetos realizados no Amazonas.

15 de outubro de 2021