fbpx

terça, 07 de dezembro de 2021

Simulação de ‘emergência’ causa pânico e tumulto na Câmara de Manaus

Assessoria de comunicação da Casa disse que o barulho de explosão e cheiro de pólvora foram de um exercício de simulação de emergência. Vereadores contrariam a informação.

10 de novembro de 2021

Compartilhe

Relatos de um grupo de troca de mensagens dão conta que um forte cheiro de pólvora tomou conta de um banheiro e cerâmicas foram quebradas (Foto: Reprodução)

Barulho que indica a explosão de um possível artefato nas instalações da Câmara Municipal de Manaus (CMM) foram ouvidos por funcionários e vereadores no final da manhã desta quarta-feira (10), gerando tumulto no local. A evacuação dos presentes foi feita pela brigada de incêndios.

A assessoria da CMM disse que o barulho da explosão que causou o alvoroço aconteceu devido à realização de um processo de simulação que testava o tempo de resposta dos brigadistas.

No entanto, o vereador capitão Carpê (Republicanos) contestou a informação da assessoria da Casa e disse que sentiu cheiro de pólvora.

“Houve um desespero, uma correria aqui dentro da Câmara Municipal, porque estava com cheiro de pólvora e houve uma explosão. Possivelmente, o prédio estava em risco. Posteriormente, a brigada informou que havia sido apenas uma simulação”, disse o vereador.

Relatos de um grupo de troca de mensagens dão conta que um forte cheiro de pólvora tomou conta de um banheiro e cerâmicas foram quebradas.

Por volta das 13h, a assessoria da Casa* emitiu uma nota oficial explicando a situação da manhã. Leia, na íntegra:

O presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador David Reis (Avante), informa por meio da Diretoria de Comunicação da Casa, que foi realizada nesta quarta-feira (10/11), por volta das 10h, no Palácio dos Manaós, sede do parlamento municipal em Manaus, localizado na avenida Padre Agostinho Caballero Martin, zona Oeste de Manaus, uma simulação de incêndio coordenada pelo seu Grupo de Brigadistas, com intuito de avaliar o tempo de pronta resposta de servidores, colaboradores e parlamentares diante de um sinistro real.
Durante a simulação, os brigadistas foram divididos em grupos, espalhados por todos os pisos do Palácio dos Manaós, orientando a saída dos ocupantes do prédio pelas rotas de fuga, até o local de encontro no pátio externo, tão logo foi acionado a sirene de alarme de incêndio.
Reforçando o trabalho, equipes do Setor Médico da Câmara estavam à postos nos corredores, saídas de emergência e na área externa do prédio, para auxiliar, se necessário, na retirada de possíveis vítimas em estado de pânico e também atender qualquer possível ocorrência médica, o que não se fez necessário.
David Reis esclarece que todos os procedimentos foram realizados de acordo com as normas técnicas que esse tipo de ação requer, seguindo criteriosamente todos os requisitos de segurança, para os quais o Grupo de Brigadistas da Câmara foi devidamente qualificado e treinado para executar.
O presidente David Reis parabenizou a todos os servidores envolvidos na ação, que ocorreu de forma satisfatória, do ponto de vista da pronta respostas dos ocupantes do prédio, sem nenhuma intercorrência.

Assessoria – CMM

Texto: Jefferson Ramos

*Matéria atualizada às 13h04 para incluir a nota enviada pela CMM

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Omar critica liberação de garimpo em áreas indígenas no Amazonas

Decisão de liberar projetos de mineração em São Gabriel da Cachoeira foi tomada pelo chefe do GSI, Augusto Heleno, e alvo de críticas do senador Omar Aziz.

6 de dezembro de 2021

Cadastro Nacional vai reunir informações de pessoas condenadas por pedofilia

Os dados serão levantados pelo Conselho Nacional de Justiça. Entre os crimes estão estupro de vulnerável; corrupção de menores; exploração sexual de criança ou adolescentes.

6 de dezembro de 2021

Após tramitação relâmpago, vereadores aprovam Secretaria de Segurança

A criação de 68 cargos para o funcionamento da Segurança Pública gerou críticas dos vereadores Amom Mandel e Rodrigo Guedes. Governistas defenderam a criação dos cargos.

6 de dezembro de 2021

Vitória de Keitton em Coari aumenta poder de fogo dos Pinheiros em 2022

Eleição de Keitton Pinheiro ajuda a 'turbinar' as candidaturas de Adail Pinheiro Filho para deputado federal e de Mayara Pinheiro para permanência da sua vaga na Assembleia.

6 de dezembro de 2021

Absorventes e fundão eleitoral: Congresso analisa vetos de Bolsonaro

Congresso Nacional analisa, nesta terça-feira (7), os vetos do presidente ao fundão eleitoral de R$ 5 bilhões e a distribuição de absorventes para estudantes de baixa renda.

6 de dezembro de 2021

Em novo pacote de projetos de lei, Governo garante pagamento de datas-bases

A reestruturação da Lei 3.510 era esperada há décadas. Com ela, é possível a atualização salarial de vencimento e gratificações. A correção era esperada por 1987 servidores.

6 de dezembro de 2021

Bolsonaro quer Governo Federal decidindo sobre passaporte da vacina

Uma MP assinada por Bolsonaro teria o poder de alterar imediatamente essa lei, interferindo na autonomia de Estados e municípios, mas poderia ser rejeitada pelo Congresso.

6 de dezembro de 2021

General Heleno autoriza avanço de garimpo em áreas preservadas da Amazônia

Ministro Augusto Heleno do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) permitiu sete projetos de pesquisa de ouro em região na fronteira, ato inédito nos últimos dez anos.

6 de dezembro de 2021