fbpx

segunda, 18 de janeiro de 2021

Sessão virtual na Assembleia Legislativa dura apenas 22 minutos

Instabilidade na internet não permitiu que a sessão continuasse a ser transmitida pelos canais virtuais do legislativo estadual nesta quarta-feira.

10 de junho de 2020

Compartilhe

Divulgação Internet

A sessão plenária virtual da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) desta quarta-feira (10) foi marcada por problemas de instabilidade na internet. Após apenas 22 minutos de transmissão, e algumas quedas no sistema de transmissão, os trabalhos se encerraram ainda durante o pequeno expediente.

O assunto de destaque dos poucos debates que ocorreram ficou por conta da operação Apneia, deflagrada pelo Ministério Público na manhã desta quarta-feira. Além da saúde, estiveram na pauta a educação e o precário serviço oferecido pelas operadoras de telefonia móvel no interior do Estado.

O deputado João Luiz (Republicanos), que é presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Aleam, entrará com uma ação para suspender a venda, pelas operadoras, de novas linhas telefônicas nos municípios do interior do estado.

“Os serviços prestados pelas operadoras no interior são um desrespeito com a população daqueles municípios. Os indicadores de qualidade não são cumpridos há muito tempo”, declarou o deputado.

Outra situação que chama a atenção e que tem sido recorrente nessas sessões virtuais são os deputados atendendo telefonemas ou conversando com assessores e familiares (os que acompanham as sessões de casa) com seus “microfones ligados”.

Muitas vezes, a presidência precisa interromper os debates para solicitar que parlamentares desliguem o microfone.

Veja mais notícias

Vacinação contra Covid-19 começa na quarta-feira, anuncia Pazuello

Segundo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, serão inicialmente 3 milhões de pessoas a serem vacinadas, com duas doses cada uma, totalizando 6 milhões de doses da CoronaVac.

17 de janeiro de 2021

Pressionado por Dória, Pazuello promete enviar vacinas nesta segunda

Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou nesta domingo (17) que o Governo Federal irá enviar lotes da CoronaVac aos estados a partir das 7h da manhã desta segunda-feira.

17 de janeiro de 2021

Amazonas vai receber doses, mas população continuará sem vacinas

Aprovação para o uso emergencial, tanto da CoronaVac, que será enviada ao estado, quanto da vacina de Oxford, permite a imunização apenas de grupos prioritários.

17 de janeiro de 2021

Transferência para tratamento em outros estados traz esperança

A medida é alternativa para melhorar o fluxo nos hospitais e garantir atendimento ao maior número de pessoas.

17 de janeiro de 2021

São Paulo inicia imunização após aprovação de vacinas pela Anvisa

Enfermeira paulista Mônica Calazans foi a primeira pessoa a ser imunizada contra a Covid-19 no Brasil. Ela atua na UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo

17 de janeiro de 2021

Quando os amazonenses serão vacinados? Talvez no dia D, na Hora H

Secretarias de saúde do estado e do município estão de mãos atadas e aguardam informações do Governo Federal, que tem criado falsas expectativas na população.

17 de janeiro de 2021

Brasília recebe 15 pacientes com covid-19 procedentes de Manaus

Com o colapso do sistema de saúde na capital Manaus, amazonenses com covid-19 estão sendo transferidos para outros estados. Piauí e Maranhão também receberam pacientes.

17 de janeiro de 2021

Toque de recolher e demais restrições são prorrogados até 31 de janeiro

O cenário crítico do Amazonas em relação à pandemia da Covid-19 obrigou o Governo a prorrogar as medidas de enfrentamento, como a suspensão de serviços não essenciais.

17 de janeiro de 2021