fbpx

quinta, 09 de dezembro de 2021

Senador Plínio dará parecer favorável a criação do Estado do Tapajós

Projeto que autoriza a realização de um plebiscito para dividir o Pará em dois receberá parecer favorável do senador Plínio Valério. Ele é favorável a criação do novo Estado.

24 de novembro de 2021

Compartilhe

O senador Plínio Valério é o relator do projeto que autoriza a realização do plebiscito que discutirá com a população paraense a redivisão do Estado (Foto: Reprodução)

O senador Plínio Valério (PSDB) revelou ao RealTime1, nesta quarta-feira (24), que apresentará um relatório favorável ao projeto de lei que pede a realização de um plebiscito para a o população paraense decidir se quer a criação do Estado do Tapajós, na região Oeste do Estado do Pará.

Relator do projeto, o senador amazonense defende a criação do Estado por questões econômicas, além de ser uma luta histórica que começou há 170 anos. “Os 23 municípios dessa região geram uma renda de mais de R$ 1 bilhão em impostos para o governo do Estado, mas só recebem R$ 200 milhões em contrapartida”, afirma o senador.

Outro ponto destacado, é o desequilíbrio entre a riqueza que essa região produz e os investimentos que recebe do governo de Belém. De acordo com levantamento feito pela Associação Para a Defesa da Criação do Estado do Tapajós, todo mês 77 barcos saem dos 23 municípios em direção a Manaus, sendo que apenas oito vão em direção a Belém. “Quando querem atendimento de saúde eles vem para Manaus, quando querem emprego a mesma coisa, tanto que a colônia paraense aqui é muito grande”, afirma Plínio Valério.

O mesmo argumento é usado por Geraldo Gabirito dos Santos, integrante da Associação dos Obidenses Residente em Manaus. Ele conta que a maioria dos associados veio para Manaus em busca de estudo e emprego no Polo Industrial. “Dai casaram com amazonenses, trouxeram mais parentes, passam férias em Alter do Chão (praia do rio Tapajós localizada em Santarém), enviam dinheiro aos parentes. Toda nossa relação é com o Amazonas, difícil alguém ir para Belém”, constata.

Plínio Valério informou que o relatório dele será analisado ainda este ano.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Congresso promulga PEC dos precatórios e viabiliza Auxílio Brasil de R$ 400

A promulgação da PEC vai abrir um fôlego orçamentário de R$ 106,1 bilhões para o governo Bolsonaro gastar até R$ 50 bilhões com o pagamento de R$ 400.

8 de dezembro de 2021

Alfredo Nascimento diz não ter espaço para esquerdistas no PL

Nascimento, que é vice presidente do PL, contrariou acordo de Waldemar Costa Neto com Marcelo Ramos e disse que o cargo de vice-presidente é do partido e não do parlamentar.

8 de dezembro de 2021

Câmara aprova convite a general Heleno para explicar garimpo na Amazônia

O convite ao general Heleno vem depois que jornal revelou que ele liberou garimpo em terras indígenas ainda intocadas no interior na região de São Gabriel da Cachoeira.

8 de dezembro de 2021

Pesquisa coloca Lula na primeira colocação no primeiro turno

De acordo com a pesquisa da Genial/Quaest, o ex-presidente Lula tem 46% das intenções de votos, bem próximo de ganhar a eleição já no primeiro turno.

8 de dezembro de 2021

MDB lança Simone Tebet para concorrer à Presidência da República

Senadora pelo Mato Grosso, Simone Tebet fez um discurso criticando o governo de Jair Bolsonaro e enfatizando a necessidade de atenção aos mais vulneráveis do País.

8 de dezembro de 2021

Anulação da licença do Linhão Manaus-Boa Vista é pedida à Justiça

Falta de acordo para o pagamento de compensações aos Waimiris-Atroaris é apontado pelo Ministério Público Federal como grave violação das regras ambientais.

8 de dezembro de 2021

Telefonia na região Norte é tema de audiência na Câmara Federal

Autor do pedido de audiência, o deputado Pablo Oliva diz que precariedade do serviço de telefonia na região deixa as populações em situação de vulnerabilidade social.

8 de dezembro de 2021

Bolsonaro edita MP que cria benefício extraordinário para os pobres

Medida Provisória formaliza o pagamento do Auxílio Brasil já neste mês de dezembro e abre a possibilidade de prorrogação do programa até dezembro do próximo ano.

8 de dezembro de 2021